Provavelmente você já ouviu dizer que o mercado está mais exigente. Mas você sabe o que isso realmente significa? Na prática, as empresas estão buscando por profissionais mais capacitados tecnicamente e intelectualmente e que ainda consigam se adaptar à cultura organizacional sem muitos obstáculos.

Isso tem ocorrido, pois essas requisições contribuem diretamente para o aumento dos níveis de produtividade e qualidade das entregas, além de ajudar a tornar o clima organizacional mais harmonioso. Ou seja, o impacto de um processo seletivo rigoroso influencia diretamente na saúde financeira positiva da corporação.

Já que os cargos estão sendo ocupados por quem mostra mais aptidão em desenvolver o trabalho satisfatoriamente, a procura pela capacitação é uma consequência lógica. E não é o colaborador que deve contribuir para essa ideia. Continue lendo o texto para entender quem faz parte da equação do desenvolvimento do funcionário. Saiba ainda como o coaching pode ser benéfico nesse processo. Acompanhe!

Colaborador e empresa construindo a educação continuada

Agora, você já compreendeu que tanto o líder quanto o liderado devem participar do processo de desenvolvimento da educação em um ambiente profissional. Isso é essencial, pois ajuda a criar um espaço de troca de conhecimento e experiências muito rico e extremamente importante para todos do processo de trabalho. 

Vou te mostrar agora como todos os envolvidos do processo de trabalho podem ser uma parte desse lindo processo educacional. Veja:

Colaboradores que não são líderes ou gestores: estes devem buscar por formações complementares fora do ambiente de trabalho para progredirem no setor comportamental, intelectual e técnico. Para isso, é essencial que eles se planejem e guardem o dinheiro para conseguirem o necessário para o investimento na educação própria. 

Caso exista uma política de ajuda educacional, o funcionário que ainda não é um líder ou gestor pode contar com ela para dar continuidade aos estudos. Se não houver uma política desse tipo, é interessante que o colaborador converse como gestor para entender se há alguma possibilidade da empresa investir na educação dele. Em ambos os casos, é essencial que o curso e os objetivos dele sejam bem argumentados, afinal a corporação não pode investir em algo que não traz retorno. 

Gestão e liderança: é papel de um bom gestor e de um bom líder estarem atentos às necessidades os seus colaboradores para entender como ajudá-los. Em alguns casos, essa contribuição pode ser em forma de educação. Para isso, o profissional deve trabalhar em conjunto com a área de recursos humanos (RH), exercendo ou criando políticas que atendam a esse tipo de necessidade.

RH: como eu disse acima, os gestores e líderes devem trabalhar em conjunto com a área de recursos humanos para identificarem os pontos que precisam de evolução e criar planos para que sejam resolvidos. Porém, antes da gestão ou liderança falar qualquer coisa, é recomendado que o RH já esteja pronto, pois a empresa deve se preocupar com seus funcionários, oferecendo oportunidades para seu desenvolvimento, treinamento e capacitação.

Isso significa que o departamento pode elaborar uma política de educação voltada para o desenvolvimento dos colaboradores, planejamento financeiro visando essa linha no orçamento, processos que ajudam os líderes e gestores a identificarem onde estão os gaps e avaliações constantes. 

O papel do coaching em ambiente corporativo

Conforme eu disse antes, agora vou mostrar como o coaching pode ajudar no processo de educação dos colaboradores. Antes de mais nada, é importante que você entenda que o método é um momento de interação e reflexão, em que a pessoa se coloca em foco e repensa seu caminho, contribuindo para o amadurecimento pessoal e profissional.

O coaching é a ferramenta mais poderosa para construir e potencializar equipes e pessoas de alta performance. Dentro de uma empresa, o método pode aprimorar não só os colaboradores, mas também a instituição como um todo devido ao alto desempenho alcançado. Interessante, não é mesmo? 

Qual é o efeito do método

Agora, que você já entende mais o conceito da metodologia, vou te mostrar a relevância dele para o mundo corporativo. O processo de coaching é um momento privilegiado de interação e reflexão em que o profissional conta com sua percepção, estando aberto a se colocar em foco e repensar a trilha que escolheu para fazer na vida. 

O coachee (aprendiz) aprende com o coach (profissional de coaching) a descobrir e optar por novas e melhores formas de se desenvolver e promover o progresso à sua volta. Um profissional mais assertivo é um grande ponto positivo em qualquer empresa, pois ele é parte importante do cumprimento das metas e da saúde financeira da organização. 

Grandes e conhecidas instituições como a Petrobrás, Fiat, Leroy Merlin e Banco do Brasil adotam processos personalizados de coaching como parte de sua cultura, buscando formar líderes e desenvolver os seus executivos. A possibilidade de personalização representa a variedade de possibilidades que essa grande metodologia traz como a assessoria de um coach. As formações e treinamentos In Company contribuem com diversos fatores, tais como:

  • Desenvolvimento de visão e missão da empresa;
  • Estabelecimento de planejamento estratégico e de marketing;
  • Trabalho específico para melhoria da performance de um grupo de profissionais;
  • Evolução de capacidades de liderança dos executivos da empresa;
  • Melhoria no desempenho de profissionais com dificuldades de desempenho;
  • Estabelecimento de uma cultura de coaching no ambiente profissional;
  • Resolução de conflitos internos e externos.

Já deu para perceber que o processo de coaching dentro da empresa pode trazer inúmeros benefícios, acrescentando sucesso e assertividade ao local, não é mesmo? Então, não perca mais tempo! Não espere que a sua oportunidade de evoluir na parte educacional caia do céu. Afinal, como eu disse: o mercado está cada vez mais exigente.  

Esteja sempre atento às novidades e busque por formações de coaching que podem fortalecer o seu lado profissional e pessoal. O coaching é um caminho efetivo para isso. Sugira a implementação do método e contribua com a sua educação contínua.

Esse texto foi útil pra você? Compartilhe com seus amigos em suas redes sociais e ajude outras pessoas.

Conteúdo postado originalmente em setembro. Atualizado com novo conteúdo.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/como-funciona-o-coaching-nas-empresas/

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.

Comentários

comentários

BAIXAR O PDF
close-link
CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.
Close