5 Tipos de Empreendedorismo - coaching - casule
5 Tipos de Empreendedorismo e Suas Principais Características
16/04/2018
resiliência - coaching -casule
Significado de Resiliência e Como ela se Aplica no Meio Profissional
20/04/2018

Como Ter Resiliência no Trabalho?

Como Ter Resiliência no Trabalho- coachig -casule

De acordo com o dicionário, a resiliência física significa a propriedade de um corpo recuperar sua forma original mesmo depois de ter sofrido algum tipo de deformação. No sentido figurado, o dicionário fala que é a capacidade de superar adversidades. Em um ambiente corporativo, a resiliência está totalmente ligada à habilidade que um profissional tem de ultrapassar dificuldades pessoais ou profissionais para realizar determinada tarefa.

O cotidiano na teoria e na prática

É fato que não podemos nos apegar as pedras que aparecem no nosso caminho. É preciso as retirar para que a trilha fique limpa e pronta para você andar. Ou seja: é preciso resolver os problemas e seguir em frente. É bem mais fácil discursar sobre a superação de dificuldade do que realmente resolvê-las.

Para resolver esse obstáculo de teoria e prática, gostaria de mostrar a situação com outro ponto de vista para você, pessoa querida! Lembre-se de que todos os dias o local em que trabalhamos nos força a irmos além de diversas formas.

Aumento do escopo por conta da demissão, férias ou licença de outro colaborador, crescimento desproporcional de demandas por não ser possível contratar mais pessoas no momento, mudança constante da gestão ou liderança, dificuldade de relacionamento com a gestão e liderança e falta de planejamento dos proprietários são alguns dos pontos que podem aparecer no seu cotidiano profissional e se tornar uma verdadeira pedra no sapato. Além disso, ainda existem os problemas corriqueiros relacionados à profissão, desentimentos com outros profissionais e até problemas pessoais podem contribuir para a construção de uma situação desagradável.

Independentemente da causa, seu problema irá continuar lá se você não o resolver. Mais do que isso: você continuará sendo avaliado mesmo se não está no seu melhor momento.

Como ser forte e resiliente

A sua resiliência e força estão ligadas a diversos fatores, tais como inteligência emocional. Com algumas atitudes, é possível desenvolver essa capacidade e nos tornar colaboradores mais assertivos mesmo em meio a crises e dificuldades. Continue lendo para saber quais são minhas dicas!

Abra sua mente: todas as adversidades nos trazem não só desafios, mas também oportunidades reais de aprendizado e crescimento. Tente enxergar os obstáculos como formas de acrescentar experiência para sua carreira. Para conseguir absorver toda a informação é importante se concentrar na execução das atividades e sempre estar atento aos resultados. Para entender se estes foram satisfatórios ou não, é preciso ir muito além do número que bateu ou a meta. É preciso entender como o processo aconteceu e qual foi o seu envolvimento e desenvolvimento nele. Na prática, isso representa aprender a ouvir os feedbacks, concordando ou não com eles, e tirar algo de positivo deles. Além disso, observar os pontos fortes e de melhoria ao seu redor e buscar inspiração para evoluir suas próprias capacidades.

Faça do limão, uma limonada: isso quer dizer ser inventivo e usar a sua criatividade para resolver os problemas no trabalho e propor soluções, especialmente nos momentos de crise. Seja empreendedor, mostre sua força interior e que você pode e deseja colaborar com os resultados. Essa força mostra quem realmente está dentro do barco ou não. Isso é parte do que a psicologia positiva diz ao indicar que você escolha olhar com mais atenção para os pontos positivos para tirar algo bom de todas as situações.

Desenvolva sua inteligência emocional: brigar, gritar ou chorar não vai resolver suas adversidades na empresa. Pelo contrário, só irá comprometer sua imagem profissional. Com certeza, isso não faz parte do seu marketing pessoal. Por isso, é essencial desenvolver e aprimorar constantemente sua inteligência emocional, de modo que ela permita lidar com estes momentos com calma e sagacidade. Um exercício interessante para praticar isso é fazer o autoconhecimento. Com ele, será possível entender quais são seus pontos fortes e fracos. A partir daí, será possível desenvolver habilidades que desenvolvam os pontos fortes e outras para driblar os pontos fracos.

Seja flexível: por mais que desejemos nem tudo está ao nosso alcance ou depende de nós na empresa. Por isso, é essencial ter esta consciência e trabalhar com um cenário realista e ser flexível aos próprios limites e as limitações de nossos gestores e colegas. Isso garante mais qualidade de vida no trabalho e menos ansiedade por ações que ainda não aconteceram.

Aprender a lidar com as críticas: na hora de receber um feedback, ouça tudo com atenção. Analise os pontos negativos e os positivos para entender se realmente já os conhecia ou se são novidades para você. Reflita sobre o que poderia fazer para otimizar os pontos positivos e quais são as ações que poderiam diluir os pontos negativos. Caso precise de ajuda profissional, o coaching é um método bem eficiente nesse setor. Um especialista estará pronto para analisar e entender tudo que pode influenciar no sua vida profissional. Se você deseja conquistar evolução profissional em todos os sentidos e potencializar ainda mais os seus resultados. Não perca seu tempo. Faça a Formação Professional & Self Coaching – PSC: desenvolva suas habilidades técnicas, emocionais e comportamentais e seja o profissional efetivo e resiliente que toda empresa deseja ser. Além de mostrar sua capacidade de reconhecer suas falhas, esse comportamento mostra que você está realmente disposto a melhorar, vencer as críticas “negativas”e crescer cada vez mais na sua carreira.

Gostou das dicas que eu passei? Elas podem ser o início do seu caminho para chegar a resiliência.

Outro ponto importante para se lembrar: ser resiliente não significa trabalhar com uma gestão abusiva ou em um ambiente insalubre. Saiba refletir e separar as coisas. Se precisar de ajuda, fale com profissionais da área de Recursos Humanos ou Gestão de Pessoas.

Agora é sua vez

É hora de arregaçar as mangas e fazer o discurso na prática. Com o tempo, todas as situações de dificuldade poderão ser superadas se você começar a acreditar no seu próprio esforço. Siga as recomendações e não tenha vergonha ou medo de buscar por ajuda profissional, se precisar. Investir na sua carreira é investir no seu futuro.

Se você tiver mais alguma dica de como praticar a resiliência, escreva nos comentários. Vou adorar ler!

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/como-ter-resiliencia-no-trabalho/

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.

Comentários

comentários

Tiago Curcio
Tiago Curcio
É Coach e empreendedor nas áreas de saúde e tecnologia. Especialista em Inteligência de Negócios e em Programação Neurolinguística (PNL), adora pedalar e ficar com a família.

Os comentários estão encerrados.

BAIXAR O PDF
close-link
CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.
Close