Jean Piaget (1896-1980) foi um psicólogo e filósofo suíço que passou a maior parte de sua carreira se dedicando a compreender o raciocínio das crianças, inclusive de seus filhos, descobrindo que os processos de pensamento delas possuem uma lógica própria, totalmente diferente dos adultos.

A partir de suas reflexões e buscas sobre como se constrói o conhecimento e se desenvolve a inteligência, Piaget gerou um grande impacto positivo no âmbito da psicologia e na construção de um sistema educacional efetivo para aprendizagem infantil.

Piaget é um dos psicólogos mais conhecidos da história, graças às suas descobertas na infância e ao desenvolvimento da inteligência em crianças. Ele dedicou sua vida a estudar os diferentes estágios de desenvolvimento e a entender como nossos padrões de aprendizado, pensamento e desenvolvimento cognitivo mudam.

Como você sabe se seu filho normalmente desenvolve habilidades cognitivas para a idade dele? Como as crianças pensam e quais são os estágios de seu desenvolvimento cognitivo? É normal que eles cometam erros na linguagem ou no raciocínio? A teoria de Piaget explica muito bem os diferentes estágios do desenvolvimento de uma criança. 

Este artigo explica a teoria de Piaget e descreve os diferentes estágios do desenvolvimento da criança.

Teoria de Piaget

De acordo com a teoria de Piaget, as crianças passam por diferentes estágios específicos de seu intelecto e sua capacidade de perceber relacionamentos maduros. Esses diferentes estágios do desenvolvimento infantil são os mesmos para todas as crianças, independentemente de sua origem ou cultura. Apenas a idade pode variar de uma criança para outra.

É comum que crianças muito jovens não demonstrem empatia. Em vez disso, elas têm pensamentos egocêntricos, de acordo com sua idade e habilidades.

Durante a infância, a criança aprende a pensar, ou seja, a interagir com o mundo ao seu redor. Este é o desenvolvimento cognitivo natural. Isso pressupõe uma série de mudanças evolutivas na vida da criança, cujas diferentes fases podem ser distinguidas durante a infância, do nascimento à pré-adolescência. Essas etapas, durante as quais as crianças desenvolvem suas habilidades cognitivas, são atualmente divididas de acordo com os estágios de desenvolvimento de Piaget.

Piaget fez muitos estudos sobre a infância. Segundo ele, a infância é dividida em diferentes etapas. A teoria de Piaget explica os diferentes estágios do desenvolvimento infantil de acordo com a idade.

As etapas de Piaget são um conjunto de fatos determinantes no processo de desenvolvimento humano que aparecem temporalmente, seguindo um ao outro. Assim, o tipo de linguagem utilizada pelas crianças pode ser diferenciado para cada faixa etária: gagueira, palavras inventadas, pseudopalavras, falar na terceira pessoa referindo-se a si mesmo e assim por diante. É o mesmo para o tipo de pensamento (pensamentos egocêntricos, onde tudo gira em torno do que a criança vê e acredita), ou para habilidades físicas (uso de reflexos, rastejando, andando, correndo …). Segundo a teoria de Piaget, esse desenvolvimento cognitivo aparece de forma contínua e gradual, em torno de uma idade aproximada.

Na teoria de Piaget, os estágios não aparecem necessariamente em um momento específico. No entanto, podemos dizer que há períodos em que é mais provável e normal que certas habilidades cognitivas se desenvolvam. É mais fácil aprender uma habilidade definida na idade que normalmente lhe convém. Para a aquisição da linguagem, por exemplo, as primeiras palavras são aprendidas no primeiro ano, mas a linguagem não é bem desenvolvida antes dos sete anos (vocabulário ainda muito pequeno, que aumentará à medida que se passarem os anos). 
De acordo com ele, Com base nesta ideia, Piaget formulou sua teoria de que o conhecimento evolui progressivamente por meio de estruturas cognitivas (raciocínio) que substituem umas às outras em estágios.

Estágios do desenvolvimento

De acordo com Piaget, “crianças não são depósitos vazios, mas sim construtores ativos de conhecimento. Pequenos cientistas que estão constantemente criando e testando suas teorias a partir de suas observações sobre o mundo”, ou seja, o indivíduo possui padrões de ações físicas e mentais que estão relacionados a fatos específicos de inteligência. Esse processo evolutivo é constituído por quatro estágios:VOCÊ É FELIZ?

1º Estágio: Sensório-motor: de 0 a 2 anos

Nesta fase, a inteligência é prática. O bebê assimila mentalmente o meio em que vive sem construção de pensamento, ele apenas define esquemas de ação por meio da repetição e imitação.

Este estágio de desenvolvimento nas crianças é caracterizado pela compreensão da criança sobre o mundo, coordenando experiências sensoriais com ações físicas. O desenvolvimento procede de reflexos inatos. A criança, nessa fase, prefere estímulos coloridos, que brilham e se movem.

A criança constrói seus esquemas tentando repetir um evento com seu próprio corpo, por exemplo, fazendo barulho tocando um brinquedo, jogando um objeto, puxando o cobertor para pegar um objeto, etc. Elas repetem ações ao acaso, experimentando através de seu próprio corpo.

O primeiro contato do bebê com a língua acontece no útero de sua mãe, durante os meses de gestação, quando ouve e se familiariza com a voz de seus pais. Pesquisas mostram que, nos primeiros dias de vida, os bebês preferem os sons de uma voz humana a qualquer outro som. É surpreendente o quanto eles já estão acostumados com a linguagem, já que desde o nascimento o bebê tem a capacidade excepcional de distinguir entre ruído e linguagem. 

Ao nascer, a melhor maneira de se comunicar com um bebê é chorar, porque o bebê não pode fazer outros sons pois, não está fisicamente preparado para isso. Durante os primeiros meses, tudo será gestos pré-lingüísticos, entre sorriso e careta, que serão usados ​​involuntariamente, ora ​​intencionalmente quando aprenderem a usá-los como meio de comunicação. Em todos os casos, os pais conseguem interpretar o riso e o choro do bebê, que já existe uma primeira forma de comunicação não intencional do bebê. As primeiras palavras surgem em torno dos 12 meses. 

2º Estágio – Pré-operatório: de 2 a 7 anos

Neste estágio, a criança possui uma inteligência simbólica e assimila suas ações por imagem, chegando a confundir aparência com realidade. Este estágio também é caracterizado pela centralização no próprio eu e sentimento de posse e egocentrismo, além de ser a famosa fase dos “por quês”, em que tudo precisa ter uma explicação.

É nessa idade que começa o segundo estágio de desenvolvimento da teoria de Piaget. A partir dos 3 anos, um evento importante e social acontece na vida da criança: ela vai para a escola. A criança começa a se relacionar com outras crianças de sua idade, enquanto, até então, sua relação era apenas com outros membros da família.

Nessa fase, aumenta consideravelmente o vocabulário entre 3 e 7 anos. As crianças na primeira infância pensam de acordo com as suas experiências individuais, elas são egocêntricas, com pensamentos estáticos, intuitivo e sem lógica. É por isso que é bastante comum uma criança de seis anos cometer erros na interpretação de um evento ou na hora de expressar algo. 

Falar na terceira pessoa referindo-se a si mesmo é bastante normal nesta idade, porque a criança ainda não compreende completamente o conceito do “eu” que o separa do resto do mundo. São curiosas e vivem perguntando o “por quê” de tudo. Nesse estágio, as crianças atribuem seus sentimentos ou pensamentos humanos a objetos. Esse fenômeno é conhecido como animismo.

Pensamento “egocêntrico” de Piaget explica por que as crianças não são capazes de se colocar no lugar dos outros durante esse estágio de seu desenvolvimento. Isso pode estar relacionado com a “teoria da mente”, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro. As crianças não desenvolvem essa habilidade cognitiva até os 4 ou 5 anos de idade. Elas pensam que os outros veem e pensa como ela. Essa teoria nos ajuda a explicar por que as crianças não podem mentir ou usar ironia até os cinco anos de idade.

3º Estágio – Operacional concreto: de 7 até 11 ou 12 anos

Nesta etapa, a criança é capaz de fazer análises lógicas, não age apenas por observação imagética e começa a atingir um nível cognitivo mais elevado, desenvolvendo habilidades de empatia, concentração, responsabilidade, organização, colaboração, respeito mútuo e relacionamento interpessoal.

Nesta penúltima etapa da teoria de Piaget, as crianças começam a usar o pensamento lógico apenas em situações concretas. Neste estágio as crianças são capazes de executar tarefas de um nível mais complexo usando lógica, como por exemplo para realizar operações matemáticas. Neste estágio de desenvolvimento cognitivo não pode aplicar a lógica com algumas limitações: o aqui e agora lhes parecem mais fácil. Elas ainda não são capazes de usar o pensamento abstrato. Ainda é bastante difícil para elas aplicar seus conhecimentos sobre um tema desconhecido. 

4º Estágio – Operacional formal: de 12 anos em diante

Ao contrário da fase anterior, o adolescente tem um raciocínio lógico e sistemático. Possui capacidade de desenvolver conceitos, ideias e deduções sem precisar de um referencial concreto.  A partir deste estágio, a maior característica é a habilidade de criar hipóteses sobre um assunto que não sabem concretamente e de buscar explicações e soluções para os problemas por meio das possibilidades: “o que poderia ser” ou “como fazer diferente”.

Aqui começa a aprender como um “todo”, não em etapas como nos estágios anteriores.

Jean Piaget deixou um legado extraordinário para a educação, que nos beneficia até os dias de hoje e possibilita o entendimento sobre o desenvolvimento dos pequenos pensadores e, assim, contribui para um mundo cada vez melhor!

E você? Qual legado pretende deixar? Comente e compartilhe com seus amigos em suas redes sociais.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/o-desenvolvimento-humano-na-teoria-de-piaget/

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.

Comentários

comentários

BAIXAR O PDF
close-link
CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.
Close