Ansiedade: Sintomas no Corpo

Ansiedade: Sintomas no Corpo

Quais são os principais sintomas físicos de quem sofre de Transtorno de Ansiedade? Como esses sintomas afetam a vida de pessoas ansiosas? Como é possível saber que estamos enfrentando um quadro de Ansiedade?

A Ansiedade é um distúrbio psicológico, totalmente ligado às emoções. Todas elas, sejam quais forem, alegria, medo, tristeza, raiva, podem ativar a “chave” da Ansiedade, caso a pessoa não consiga ter domínio sobre o que sente.

Ter consciência de nossas emoções e da forma como elas interagem com nossos pensamentos, é fundamental para que haja controle sobre uma possível Crise.

Existem emoções e sentimentos específicos que apesar de serem considerados negativos, agem em nossa vida como mecanismos de proteção, como por exemplo o medo. Se não fosse por ele, o que seria de sua vida? Quantas e quantas vezes na vida você já pode ter salvado sua própria vida, por sentir medo, não é mesmo? O problema não é o que sentimos, mas sim o que fazemos com aquilo que sentimos.

Se eu por exemplo, sinto medo, mas honro e respeito esse sentimento e mantenho o controle sobre ele, ele não vai me dominar. Mas se ao sentir medo, eu me deixo tomar por ele e o alimento com pensamentos e crenças que me limitam e bloqueiam, sem pensar nas consequências disso, quando eu menos esperar, estarei nervoso, ansioso e em pânico.  

Não é incomum que as pessoas só se deem conta de que tiveram uma Crise de Ansiedade, quando vão para o hospital com sintomas de taquicardia, sudorese e boca seca, e o médico lhes informe o que verdadeiramente está acontecendo em seus organismos. Por isso, perceba seu corpo, perceba os sinais que seu organismo te envia.  

A seguir, descrevo alguns dos sintomas físicos mais comuns, relatados por pessoas diagnosticadas com Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG).

  1. Insônia – isto acontece porque a mente não consegue desligar-se dos problemas. Com isso, sua energia entra em processo de redução, aumentando os riscos da crise ansiosa.
  2. Tensão muscular – a ansiedade eleva a produção de hormônios que afetam a musculatura. Por isso a pessoa sente dores, o que consequentemente afeta seu sono por exemplo.
  3. Estado de alerta – preocupar-se demais mantém seu corpo em estado de alerta, e isso te impede de relaxar. Busque, sempre que possível, focar seus pensamentos no positivo.
  4. Irritabilidade – quando o mal humor se torna constante, é preciso investigar as causas. Irritabilidade geralmente é um sintoma que precede a Crise de Ansiedade.
  5. Agressividade – esse sintoma geralmente se manifesta em meio à Crise de Ansiedade, quando a pessoa se percebe incomodada ou desconfortável e não encontra meios de solucionar esse “problema”.
  6. Falta de ar – respiração ofegante e a falta de ar costumam atingir seu pico durante o transtorno de ansiedade, entretanto, estes sinais podem ser sentidos ao longo dos dias em situações comuns, em decorrência do estresse diário.
  7. Tontura – tontura, vertigem e formigamento, geralmente são decorrentes da pressão psicológica que a ansiedade traz, podem causar sensação de desespero, e desencadear uma crise ansiosa.
  8. Enjoo – em casos de extremo estresse, o corpo tende a ficar debilitado, gerando sensação de enjoo. Esse sintoma pode ser facilmente confundido com outra doença, por isso, perceba seu corpo.
  9. Calafrios – sensação de frio acompanhada por tremores pode indicar a chegada de uma crise. Se isso acontecer, feche seus olhos e busque respirar intensa e calmamente.
  10. Fadiga – o corpo tende a perder energia quando submetido ao estresse, por isso a pessoa costuma sentir indisposição e cansaço para realizar suas tarefas diárias.
  11. Dor ou aperto no peito – é comum que uma pessoa ansiosa sinta esse tipo de sintoma. Isso acontece porque as vezes o batimento cardíaco acelera ou reduz, e pode causar palpitações.
  12. Dor de barriga – a tensão causada pela Ansiedade pode desencadear alterações bruscas em nosso trato digestivo, causando azia, diarreia e até mesmo constipação intestinal.
  13. Fala exageradamente rápida – a urgência interna de pessoas ansiosas é tão grande, que por vezes elas acabam atropelando seus pensamentos. Esse “atropelamento de si mesmo” acaba ficando mais nítido em momentos de crise.
  14. Transpiração – a sudorese é um dos sintomas mais evidentes em pessoas ansiosas. Entretanto, a transpiração excessiva pode também ser um fator decorrente de outros “problemas”, por isso fique de olho e se necessário, busque ajuda médica.
  15. Agitação ou tremores (visíveis ou internos) – estes sintomas físicos são decorrentes de sintomas psicológicos de extrema urgência. Geralmente ocorrem em momentos de crise, e podem também estar relacionados `a Hiperatividade.
  16. Erupções cutâneas – a Ansiedade causa mudanças químicas em nosso cérebro, e consequentemente em nossos hormônios, por isso podem acontecer episódios de erupção cutânea. Atente-se e em caso de dúvidas, consulte um especialista.
  17. Boca seca – toda alteração química em nosso cérebro tende a reverberar em nosso corpo de diferentes formas, a boca seca pode ser uma delas. Se você sente sede constantemente, de forma exagerada, talvez seja válido investigar as causas.
  18. Angústia – também chamado de “nó na garganta”, esse sintoma da Ansiedade causa na pessoa ansiosa a sensação de dificuldade para engolir, podendo chegar a evoluir para casos de inibição do apetite.
  19. Medo de morrer ou perder o controle – pessoas ansiosas tendem a ser mais controladoras, por isso, muitas delas relatam até mesmo o “medo de sentir medo”. Elas sabem que ter uma Crise de Ansiedade é o mesmo que perder o controle sobre suas emoções e isso as deixa ansiosas.
  20. Aumento da depressão e sentimentos suicidas – quando não diagnosticada à tempo, ou tratada inadequadamente, a ansiedade pode vir a se tornar Depressão. Por isso é necessário sempre buscar especializada para identificar o que pode estar desencadeado esse tipo de sentimento.
  21. Gripes constantes – a Ansiedade pode tanto abrir nosso apetite, quanto reduzir. A falta de alimento causa deficiência de vitaminas e por essa razão nossa imunidade fica debilitada, podendo causar sensação de estarmos gripados.
  22. Problemas hormonais – todo processo físico que cause alterações em nosso cérebro, causa mudanças químicas em nosso corpo. Hormônios não são nada além de processos químicos. Sendo assim, podem ser afetados pela Ansiedade.
  23. Dor de cabeça – esse tipo de sintoma costuma se manifestar antes ou depois de uma Crise de Ansiedade, em decorrência da alteração na pressão sanguínea da pessoa. Entretanto, dores de cabeça podem ter outros fundamentos. Atente-se aos sinais.
  24. Dor na face, semelhante a uma dor de dente – esse tipo de sintoma geralmente é decorrente de episódios de bruxismo causados por tensão e medo.
  25. Despersonalização – pessoas ansiosas tendem a focar tanto no mundo externo, que deixam de cuidar de seu mundo interno, podendo até mesmo desenvolver pensamentos, comportamentos e atitudes que não vão de encontro aos seus reais valores pessoais.

Independentemente dos sintomas percebidos, é importante lembrar dia após dia que a Ansiedade é causada pela importância que as pessoas costumam dar para o que está “fora de nosso controle”. Por isso, é importante prestar atenção à respiração em momentos de angústia, e voltar o olhar para dentro de si, buscando compreender o que está acontecendo.  

Uma pessoa ansiosa é uma pessoa que vive com excesso de futuro, por isso respirar fundo nos ajuda a manter a calma e a trazer nossa mente para o momento presente. Respire fundo tantas vezes quantas forem necessárias no dia. Busque respostas dentro de si e mantenha-se em paz e equilíbrio.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/ansiedade-sintomas-no-corpo/

BAIXAR O PDF
close-link