Home Office – Dicas para aumentar a produtividade

Home Office – Dicas para aumentar a produtividade

O chamado home office, que nada mais é do que o profissional trabalhar a partir de sua casa, já é realidade para uma parcela significativa da população mundial. Existem aqueles que optam por essa modalidade por serem autônomos e outros que são contratados por empresas e se dividem entre o escritório e o home office, em determinados dias da semana, ou permanecem fixos em suas casas.

Os profissionais que já estão habituados ao home office, possivelmente já têm suas estratégias para se manterem produtivos em casa. Contudo, outros que estejam precisando lidar com essa realidade pela primeira vez, podem se sentir um pouco confusos sobre como se adaptar ao trabalho sem terem que ir até outro local. Se esse é o seu caso, continue acompanhando para conferir dicas que te ajudarão a aumentar a produtividade nessa nova modalidade.

10 Dicas para se manter produtivo no home office

Acordar, se arrumar, tomar o café da manhã e sair para ir ao trabalho, essa é a rotina de grande parte dos profissionais. Porém, existem aqueles que seguem praticamente os mesmos passos, com o diferencial de não precisarem sair de casa e sim irem até o cômodo que destinaram para ser seu home office.

Por se tratar de uma rotina e um ambiente totalmente diferente de uma empresa, é importante adotar algumas medidas para evitar que as distrações do lar comprometam a produtividade, como as que verá a seguir.

1 – Mantenha a mesma disciplina com horários de quando ia até a empresa

Existem pessoas que pensam que trabalhar em casa é viver sem regras, mas a realidade é totalmente diferente, pois, se não houver uma disciplina em relação aos horários, a produtividade vai por água abaixo. Nesse sentido, procure ter o mesmo cuidado que tinha quando precisava enfrentar o trânsito para ir trabalhar. Coloque o despertador para tocar com tempo suficiente para que acorde, tome seu café da manhã e se prepare para iniciar o expediente.

2 – Peça a colaboração das pessoas que moram na mesma casa que você

Se você mora com mais pessoas, precisará conversar com elas e explicar que precisa que colaborem e evitem te chamar todo o tempo ou realizar atividades que gerem muitos ruídos. Colocar esses limites é preciso porque, se começar a abrir exceções, quando chegar o final do dia irá perceber que não conseguiu fazer quase nada do que precisava. Explique que, quando terminar seu trabalho, poderá dar toda a atenção que desejarem.

3 – Determine horários para fazer pausas ao longo do dia

Existem pessoas que acabam extrapolando os horários e, simplesmente, não sabem a hora de parar de trabalhar. Fazer isso em ocasiões específicas, como quando realmente há uma grande demanda a ser cumprida em um curto espaço de tempo, é até compreensível. Contudo, é preciso tomar cuidado para que isso não se torne um hábito, pois pode prejudicar gravemente a sua saúde. Fazer pausas ao longo do dia é essencial para renovar as energias e manter a mente produtiva.

4 – Torne o ambiente propício ao trabalho

O local em que irá trabalhar precisa ser preparado para tal. Se for possível, defina um cômodo para isso, em que possa fechar a porta e isolar o barulho gerado pelos outros moradores da casa. Atente-se à iluminação, organização e todos os detalhes que possam influenciar no seu conforto ao longo do dia. Acredite, um ambiente desorganizado e escuro pode comprometer sua produtividade e bem-estar.VOCÊ É FELIZ?

5 – Atente-se à ergonomia no espaço de trabalho

Um fator que não pode ser deixado de lado no home office é a ergonomia, ou seja, o conforto para que possa se concentrar sem causar danos ao corpo. Verifique se tem cadeiras e mesas com as especificações corretas. Improvisar usando cadeiras da cozinha não é o ideal, já que são assentos que não foram feitos para que uma pessoa permaneça horas sentada. O mesmo vale para a mesa, que precisa ter uma altura que permita que seus olhos fiquem de frente para a tela do computador.

6 – Evite permanecer de pijama

Parece tentador sair da cama e ir direto para a mesa de trabalho sem tirar o pijama. Porém, essa não é uma ideia muito indicada, visto que pode comprometer o ânimo e a produtividade. Prefira acordar, tomar um banho e vestir roupas adequadas para o trabalho, dá para fazer isso sem comprometer o conforto. Isso se torna ainda mais necessário no caso de profissões que envolvem videoconferências com colegas de trabalho e clientes.

7 – Faça suas refeições nos horários corretos

Da mesma forma que quando está na empresa tem horários para tomar café e almoçar, isso também precisa ser mantido no home office. Afinal, seu corpo continua tendo as mesmas necessidades. Portanto, respeite os horários das refeições, aproveite que está em casa para cozinhar e se alimentar de modo saudável e equilibrado.

8 – Elimine as distrações

Uma coisa é fato: em casa existem mais distrações do que em um escritório. Entretanto, isso não precisa ser motivo de preocupação, desde que saiba eliminá-las do seu ambiente de trabalho. Televisão, rádio e notificações das redes sociais devem ser mantidos desligados. O único tipo de som que não atrapalha são aqueles criados especificamente para ajudar na concentração.

9 – Tenha acesso à internet de alta velocidade

Não existe home office sem internet, pois é através dela que profissionais de todas as áreas conseguem se comunicar com seus pares de trabalho, clientes, parceiros de negócios, além de realizarem mais uma série de tarefas. Desse modo, é muito importante que verifique a conexão que tem em casa e veja se a velocidade atual é capaz de suprir suas necessidades.

10 – Utilize aplicativos de gerenciamento de projetos

Uma ótima maneira de se manter organizado em relação às tarefas que precisa cumprir e seus prazos é usar aplicativos de gerenciamento de projetos. Trello, Asana, KanbanFlow e Bitrix24 são alguns exemplos. Grande parte deles oferece versões gratuitas, que são mais básicas, e pagas, com mais funcionalidades. Verifique qual está mais de acordo com o que precisa e mantenha a organização no trabalho.

É totalmente possível manter a produtividade no home office. Inclusive, se tiver disciplina, pode ser ainda mais produtivo em casa do que dentro de uma empresa, já que se trata de um ambiente em que você pode controlar as distrações, além de se cansar menos por não precisar se deslocar todos os dias.

Aproveite para compartilhar essas dicas com amigos que também estejam em busca de meios de aumentarem a produtividade no home office!

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/home-office-dicas-aumentar-produtividade/

Coaching na transição de carreira – Como vai ajudar?

Coaching na transição de carreira – Como vai ajudar?

O mundo está mudando a uma velocidade impressionante, o que impacta diretamente na vida das pessoas, incluindo principalmente o trabalho. Uma demissão, promoção ou mesmo uma mudança para uma área totalmente nova são situações que têm se mostrado cada vez mais comuns, contudo, ainda assim, geram muitas dúvidas e inseguranças. Se está passando por algo do tipo, saiba que o Coaching pode te ajudar muito nessa fase de transição, tornando o processo mais rápido e eficaz.

Principais motivos para realizar uma transição na carreira

Existem alguns motivos que levam um profissional a precisar realizar uma transição na carreira, veja quais são os mais comuns.

1 – Demissão

O final de um ciclo se mostra como uma ótima oportunidade para repensar as coisas e definir os caminhos que serão seguidos dali para frente. É por isso que muitos profissionais realizam uma transição na carreira após serem demitidos, aproveitando aquele fim para construir um novo começo, que pode ser na mesma área ou em outra diferente.

2 – Profissões que estão se tornando ultrapassadas

Os avanços tecnológicos fizeram com que certas profissões se tornassem ultrapassadas e, em outros casos, mudaram a forma com a qual muitas funções são executadas. Assim, a transição se mostra necessária como uma forma de o indivíduo se atualizar dentro daquela área ou buscar outra nova para explorar.

3 – Profissões com limite de idade

Existem profissões em que a idade tem um peso muito grande, o que faz com que elas tenham prazo de validade, como é o caso dos atletas, por exemplo. Quando se veem no fim desse prazo, muitos desses profissionais buscam se preparar para uma nova carreira. No âmbito esportivo, é bastante comum vermos ex-atletas que se tornaram treinadores, empreendedores e apresentadores de TV.

4 – Excesso de estresse

Certas profissões são extremamente desgastantes e exigem uma maior entrega por parte do profissional que, muitas vezes, sacrifica momentos com a família e de descanso para se dedicar ao trabalho. Depois de algum tempo nessa rotina, pode acontecer de surgir a necessidade de mudar de área para viver de forma mais leve.

5 – Desejo de se realizar fazendo algo novo

Outro motivo que pode levar uma pessoa a desejar realizar uma transição na carreira é a vontade de querer fazer algo novo. Com a quantidade de novas profissões surgindo, é natural que muitas queiram inovar, principalmente aquelas que possuem um perfil mais criativo.

7 Pontos em que o Coaching pode ajudar na transição de carreira

Depois de entender quais são os principais motivos que levam os profissionais a realizarem mudanças na carreira, saiba como o Coaching pode fazer a diferença e te ajudar nesse processo.

1 – Reconhecimento do seu valor profissional

autoconhecimento é um ponto de grande importância dentro do processo de Coaching e, em se tratando de uma transição de carreira, será essencial para que reconheça o seu valor profissional e utilize isso para definir os próximos passos. Entender os seus pontos fortes e os de melhoria, além dos seus maiores erros e acertos na carreira até aqui, permitirá que obtenha uma visão clara e ampla sobre si e sua trajetória, levando a uma tomada de decisão mais inteligente e consciente.VOCÊ É FELIZ?

2 – Identificação dos novos caminhos a serem seguidos

Como disse anteriormente, a transição de carreira pode ser decorrente de uma demissão ou de qualquer outro tipo de necessidade, o que tende a gerar muitas dúvidas. Assim, poder contar com o suporte de um coach especializado nesse tipo de situação, certamente fará uma grande diferença. E um grande benefício da metodologia é que o profissional não traz respostas prontas, ele ensina a pessoa a buscá-la dentro de si, o que é altamente empoderador.

3 – Criação de um planejamento prático

As questões práticas são uma parte bastante importante dentro de um processo de transição de carreira e incluem desde definir as atitudes a serem tomadas após uma demissão, por exemplo, passando até mesmo pela organização das finanças pessoais. Ter tudo muito bem planejado é essencial para que se sinta seguro para dar o seu melhor em todas as oportunidades que surgirem e, assim, aumentar as chances de sucesso.

4 – Desenvolvimento de novas habilidades

Se conhecer é ter a oportunidade de entender os pontos no quais você já é bom e os que pode melhorar ainda mais. Uma das etapas do processo de Coaching envolve exatamente desenvolver novas habilidades, no caso específico da transição de carreira, com o objetivo de se preparar para os desafios do novo trabalho.

5 – Construção de uma carreira sólida

Recomeçar é desafiador, mas, ao contar com o suporte de um coach, tem como benefício o fato de permitir que construa uma carreira sólida, consciente e com planejamento. Além disso, como a transição geralmente ocorre em uma fase da vida em que já se tem mais maturidade, isso se torna um grande trunfo. Afinal de contas, a bagagem de experiências acumuladas ao longo dos anos traz mais serenidade e inteligência para fazer escolhas.

6 – Preparação para situações pontuais

Durante o processo de transição de carreira, existem algumas situações pontuais pelas quais o profissional poderá passar, como, por exemplo, entrevistas de emprego, confecção de currículo, apresentações de projetos, entre outras. Ter o suporte de um coach com expertise em carreiras na preparação para essas ocasiões fará toda a diferença, sem dúvidas.

7 – Fortalecimento da motivação

Por último, um ponto bastante relevante dentro da transição de carreira que pode ser beneficiado através do Coaching é o fortalecimento da motivação, que é fundamental para que se mantenha engajado durante todas as etapas. Trata-se de um impulso que é despertado através da certeza em relação aos próprios objetivos e da capacidade de alcançá-los. Ter a oportunidade de se conhecer, identificar seus pontos fortes e outros em que pode melhorar te dará a força que precisa para ousar e ir além.

Independente se a sua transição de carreira esteja sendo motivada por uma necessidade ou por uma vontade de mudar, acredite em si e não tenha medo de fazer diferente. Se houver planejamento e a certeza em relação ao que deseja, nada será capaz de te parar e impedir que chegue onde deseja.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/coaching-transicao-carreira-como-vai-ajudar/

A Importância de Fazer um Bom Planejamento da Empresa

A Importância de Fazer um Bom Planejamento da Empresa

Muito se fala em plano de carreira dos colaboradores, mas você já parou para pensar em qual é o seu planejamento da empresa? Assim como é importante pensar em nosso futuro profissional, também é fundamental definir quais são os passos que levarão a organização a crescer, se desenvolver, tornar-se lucrativa e conquistar um espaço de destaque no mercado.

Muitos empreendimentos, no Brasil, fecham as portas antes de completar cinco anos de vida exatamente devido a esta falta de planejamento. Colocar o negócio no papel é pensar em longo prazo, conhecer suas oportunidades e desafios, entender como preparar-se para eles, aproveitar suas chances e se colocar a trabalhar, assertivamente, para tomar as melhores decisões.

Planejamento não é teorizar ou engessar a empresa, mas sim dar um melhor direcionamento a ela. Imagine como seria uma viagem para um lugar desconhecido sem um mapa que te guiasse até o local onde deseja chegar. Com certeza você levaria bem mais tempo e gastaria muito mais seu combustível, paciência e energia. É exatamente isso que o planejamento visa impedir; que você se perca e, com isso, leve junto o seu negócio.

Plano de Ação: disciplina na hora de realizar

Alcançar grandes resultados, ascender na carreira, realizar metas e objetivos com efetividade. Com certeza, esses elementos são desejados por todo profissional que busca o sucesso. Para conseguir tudo isso, no entanto, é necessário planejar todos os passos e ter disciplina para cumpri-los. Nessa perspectiva, elaborar um plano de ação é uma forma de separar as etapas de elaboração da execução, obtendo um estudo mais detalhado de todas as atividades necessárias para atingir o objetivo.

Mas o que é um plano de ação? Como seu próprio nome já diz, trata-se de um projeto em que estejam consolidadas todas as informações sobre o objetivo desejado, desde as atividades para concretizá-lo, passando pelos recursos físicos, monetários e humanos necessários. Essa ferramenta permite que todas as decisões sejam tomadas antes mesmo de colocadas em prática, garantindo mais assertividade e correção prévia de eventuais problemas. Um bom plano de ação pode ser até base para um planejamento estratégico.

O plano de ação pode ser utilizado por profissionais que querem atingir alguma meta em suas carreiras ou por empresas que precisam investir em soluções mais complexas. É indicado, ainda, para alcançar soluções a curto prazo, mas nada impede de ser utilizado também em outras circunstâncias. Ele possibilita que o executor siga uma sequência de tarefas mais claras e lógicas previamente delimitadas, o que leva à concretização dos objetivos de forma mais rápida e prática.

No entanto, elaborar um plano de ação exige do executor uma boa coleta e análise de dados, de forma a projetar o futuro levando em consideração fatores básicos que devem ser respeitados por quem o executará. Essa coleta poderá ser realizada por meio de uma autoanálise sobre suas capacitações profissionais e pessoais, caso você esteja interessado em utilizar a ferramenta para alavancar sua carreira. Já se sua finalidade for propor soluções para sua empresa, atas de reuniões, pesquisas, relatórios de auditoria entre outros documentos podem ser muito úteis.

7 Dicas Para Fazer um Bom Planejamento da Empresa

Defina metas e objetivos – Onde você quer estar daqui a 10, 20, 30, 50 anos? Quanto deseja faturar anualmente? Quantos funcionários deseja ter? Em quais áreas vai investir mais ou menos dinheiro? Qual o prazo de retorno? Onde deseja expandir? Como pretender fazer isso? Em resumo, quais são as suas metas e objetivos em curto, médio e longo prazo? Do mesmo modo como projetamos nossa carreira, devemos projetar o futuro da empresa e trabalhar com foco, determinação, resiliência, inteligência e motivação para fazer o negócio crescer e decolar.

Busque orientação –Pensar no negócio é diferente de pensar o negócio. Ou seja, podemos até ter uma ideia de como uma empresa funciona, mas isso não é o bastante para fazer seu gerenciamento de forma assertiva. Por isso empreendedor, busque fazer cursos e treinamentos e ter a orientação de mentores: de preferência empresários mais experientes e que possam lhe dar dicas e passar conhecimentos sobre como gerir bem uma empresa.

Jamais subestime um bom planejamento – Se você tem apenas cinco mil reais em caixa, mas precisa de 10 mil para pagar um fornecedor; como você irá resolver esta questão sem planejamento financeiro?  Isso é só uma hipótese, mas pense como seria alarmante viver uma situação como esta em seu dia a dia, sem estar preparado. Planejar é administrar e diz respeito a todas as áreas da empresa, pois ajuda a organizar as demandas, gerenciar os processos, liderar melhor as pessoas e, inclusive, a provisionar pagamentos, que é planejar e antecipar os valores que deverão ser pagos em tal dia e evitar que a empresa seja pega desprevenida.

Planeje, mas sem engessar – Na prática isso significa que você deve sim planejar suas ações, mas não encaixotar suas ideias e deixar seu negócio metódico demais. Planejamento é o que antecede a ação, pois de nada adiante ter tudo planejado no papel e na cabeça se você não coloca tudo isso em prática. Pense nisso e sempre coloque datas e prazos para agir e, especialmente, para obter os resultados esperados. A cada vitória você se sentirá ainda mais motivado.

Estude empreendedorismo – Muitos empreendedores simplesmente ignoram o que acontece fora do seu negócio e deixam de olhar para seus concorrentes ou mesmo para a infinidade de bons exemplos, boas práticas e inovações que o mundo oferece constantemente. Reserve um tempo para estudar empreendedorismo, pesquisar as mudanças no mercado, conhecer melhor o perfil dos seus clientes e também para identificar quais são as oportunidades de negócio que pode aproveitar. Fique ligado sempre!

Invista em você – Quanto mais você cresce, mais o seu negócio cresce também. Por isso, busque sempre aprender coisas novas que agreguem valor, otimizem seus processos e melhore a gestão da empresa como um todo. Um bom líder é aquele que sempre está evoluindo, eliminando suas deficiências e potencializando suas habilidades e competências técnicas, gerenciais e comportamentais. Reconheça esta importância e esteja sempre em busca de mais.

Contrate os melhores – O melhor profissional nem sempre é aquele que domina todas as técnicas e teorias, mas sim aquele que veste a camisa da empresa, tem disponibilidade, deseja aprender e crescer junto com o negócio. As grandes empresas valorizam estes perfis de colaboradores, retém estes talentos, pois tem neles um exemplo positivo para os demais de como é possível crescer e se desenvolver junto com a organização se tiver foco, empenho, determinação e boa vontade.

Conheça o Sistema 5W2H

Um dos métodos mais utilizados para organizar e colocar em prática um plano de ação é o sistema 5W2H, que permite fazer um mapeamento detalhado de todas as suas atividades do início até o alcance de sua meta. Veja abaixo as definições de cada passo e comece a montar seu plano de ação seguindo essa organização, respondendo às seguintes questões:

  • What – O que deve ser feito: descreva todas as etapas necessárias para atingir o objetivo proposto.
  • Why – Por que será feito: solicita que o executor do plano de ação justifique a necessidade de se alcançar o objetivo definido.
  • Where – Onde será feito: você deverá determinar onde serão executadas as tarefas para a concretização do plano.
  • When – Quando será feito: determine um período para finalização de todas as ações, de modo a garantir que elas sejam executadas no prazo estipulado para atingir o objetivo.
  • Who – Por quem será feito: delegue as atividades adequadamente a cada profissional envolvido, caso haja, para evitar que problemas com atribuições interfiram no andamento do projeto.
  • How – Como será feito: definir os métodos que serão necessários para execução de cada etapa proposta no plano de ação.
  • How Much – Quanto o custo: determinar o valor do investimento necessário para executar as etapas exigidas, o que inclui recursos financeiros e humanos.

Por meio desse esquema, é possível organizar um plano de ação e elencar as principais informações para planejar, com assertividade, o passo a passo de sua carreira. Entretanto, esse é apenas um modelo e você pode desenvolver outro que atenda especificamente seus objetivos.

De todo modo, procure estar sempre atualizado sobre seu mercado de atuação, fazer novos cursos e aprimorar suas competências comportamentais, especialmente no que tange o trabalho em equipe, automotivação, foco, gestão do tempo e comunicação interpessoal. Nessa perspectiva, uma excelente aposta é o Coaching, que trabalha um plano de ação de maneira detalhada, ou seja, de acordo com as metas e os objetivos profissionais e pessoais do cliente, sempre respeitando suas crenças e valores e alinhando-os, de forma sistêmica, aos resultados desejados.

Gostou das dicas? Então aproveite e leve todas para gerenciamento efetivo do seu negócio. Planeje sua empresa, tenha bem claro quais são as suas metas e objetivos e busque a cada dia transformar tudo isso em ações certeiras.

Com certeza, isso ajudará a alavancar seus resultados, expandir suas possibilidades, aumentar sua lucratividade, sua presença no mercado e alcançar feitos extraordinários. Planeje, entre em ação e conquiste mais!

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/a-importancia-de-investir-no-planejamento-da-empresa/

Faça a Diferença em Seu Trabalho!

Faça a Diferença em Seu Trabalho!

A empresa em que você trabalha tem equipes grandes ou reduzidas? Saiba que, independente do número de colaboradores, você pode e deve fazer a diferença. Claro que não com o intuito de parecer melhor que os demais e sim por desejar dar o seu melhor. Assim, conseguirá se desenvolver a cada dia mais, construir uma carreira sólida e aumentar as chances de conquistar aumentos e promoções. Continue acompanhando e saiba como se destacar.

Faça a Diferença e Ouse Ir Além!

É bastante comum vermos pessoas falando que fazem apenas o que é pedido no trabalho, pois continuarão recebendo o mesmo salário e, portanto, cumprem apenas com as obrigações que lhe cabem. Saiba que esse é um pensamento um tanto quanto limitado, pois você pode, sim, fazer a diferença sem acumular funções, se tornar um bajulador do chefe ou tomar para si tarefas que não são da sua alçada. Para isso, basta que tenha o desejo de aprender, se aperfeiçoar e dar o seu melhor sempre.

Pense bem, se você pode fazer um trabalho excelente, por que motivo faria algo mediano? Se vai ter que realizar uma tarefa e concentrar as suas energias nela, que seja para fazer o melhor que puder. Lembrando apenas que é importante tomar cuidado para evitar pecar pelo excesso e começar a buscar uma perfeição inalcançável, pois isso pode gerar frustração e desmotivação, fazendo perder todo o sentido de querer realizar o melhor dentro das suas possibilidades.

7 Atitudes Poderosas Para Fazer a Diferença no Trabalho

Esqueça o passado e foque no presente, no aqui e agora, que é quando você pode agir e ir em busca dos seus objetivos. Desse modo, se costumava entregar apenas o que é pedido no trabalho e não pensava em se superar e ir além, deixe isso para trás e se concentre no que passará a fazer a partir de agora. Parece simples e, de certa forma, é, só será complicado se você permitir que seja.

Confira, a seguir, sete atitudes que te ajudarão nessa missão de dar o seu melhor e fazer a diferença. Coloque-as em prática e veja o quanto sua relação com o seu trabalho irá se transformar.

1 – Reconheça o Seu Potencial

Muitas pessoas deixam de dar o seu melhor porque desconhecem a existência desse poder. Por isso, é importante que, antes de tudo, reconheça o seu potencial, para que saiba que é capaz de fazer além. Procure olhar mais para dentro de si, refletir sobre os seus feitos e conquistas que te trouxeram até aqui, enfim, se conhecer. Quanto mais souber a respeito das suas qualidades e pontos fortes, mais preparo terá para utilizar tudo isso a seu favor.

2 – Faça Por Você

Muitas das pessoas que afirmam fazer apenas o que é pedido usam como justificativa o fato de não gostarem do chefe, dos colegas ou do trabalho em si. Saiba que, por mais que seja importante manter boas relações, é natural não se simpatizar com alguém, afinal somos todos diferentes. Por essa razão, evite pautar as suas ações em terceiros, faça o seu melhor por você, porque sabe que tem capacidade e deseja aprender e se desenvolver.

Isso é importante mesmo que não tenha o emprego dos sonhos, pois através da sua dedicação poderá conseguir outras oportunidades e, então, entrar na área que deseja, seja na empresa atual ou em outra. Lembre-se: ninguém perde por se dedicar e desejar entregar o melhor, pelo contrário, pois, quanto mais se esforçar, maiores serão as recompensas.

3 – Enxergue Além e Antecipe as Coisas

A proatividade é a característica daqueles que não esperam uma ordem chegar para tomarem uma atitude, pois conseguem enxergar além e, assim, anteciparem as coisas. E o que diferencia um proativo de um bajulador é a sua motivação para tal, pois o primeiro age dessa maneira por si mesmo, por querer contribuir com o sucesso da organização da qual faz parte. Diferente do segundo, que o faz para mostrar para os outros que é capaz.

4 – Ame o Que Faz

Em uma escala de 0 a 10, o quanto você ama o que faz? Saiba que, mesmo que não esteja trabalhando exatamente com o que gostaria, é possível realizar suas atividades com amor. Inclusive, quanto mais se esforçar para isso, melhores serão os resultados que irá alcançar, pois a dedicação será natural e, até mesmo, prazerosa. Desse modo, ao invés de passar o dia se lamentando, prefira aceitar o seu estado atual, dar o seu melhor dentro daquela realidade e, então, ir em busca daquilo que deseja.

5 – Saiba Se Comunicar e Vender o Seu Peixe

Ser é realmente mais importante do que parecer, entretanto, dentro do ambiente corporativo, é necessário que saiba se comunicar e vender o seu peixe, para que percebam e reconheçam o seu potencial. Para isso, você não precisa sair anunciando aos quatro ventos tudo o que está fazendo, e sim apresentar os seus feitos nas horas certas, como, por exemplo, em reuniões, quando o gerente pergunta o que cada colaborador está fazendo e assim por diante.

6 – Evite Se Comparar Com Seus Colegas de Trabalho

Uma atitude bastante prejudicial quando se trata de fazer a diferença no trabalho é se comparar com colegas, pois fazer isso pode te levar a dois caminhos que não são nada positivos, como: se sentir superior ou inferior em relação aos demais. Portanto, prefira se concentrar em si, em fazer a diferença dentro das suas possibilidades, comparando-se apenas com quem era no passado para reconhecer a sua evolução.

7 – Assuma os Seus Erros e Aprenda Com Eles

Por último, é fundamental deixar claro que um profissional que faz a diferença continua sendo um ser humano, que pode cometer erros. Nesse caso, o melhor a se fazer é assumir suas responsabilidades e evitar apontar culpados. Assim, o foco se volta para encontrar uma solução que resolva o problema e não em terceirizar a culpa. Depois, é importante refletir sobre o que aconteceu para aprender a lição e evitar que a situação se repita, sempre com objetividade e foco no que é realmente necessário.

Entre ser apenas mais um na empresa e fazer a diferença, fique com a segunda opção. Faça isso não para se mostrar superior em relação aos colegas e sim para provar para si mesmo que é capaz de ousar e ir além!

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/faca-diferenca-em-seu-trabalho/

10 livros de Coaching para te fazer uma pessoa melhor

10 livros de Coaching para te fazer uma pessoa melhor

Ler é um ótimo hábito, querida pessoa. Além de nos enriquecer com conhecimento, ler também nos proporciona momentos de relaxamento e tranquilidade. Os livros são sempre ótimas fontes para buscar informações sobre os mais variados temas e assuntos. Relacionamentos, educação parental, autoajuda e carreira são alguns dos assuntos abordados nas mais variadas obras publicadas no país e no mundo. Pensando na leitura como uma importante aliada para quem deseja uma carreira de sucesso, sei que não erro em dizer que todo profissional bem-sucedido precisa mergulhar em uma vasta bibliografia, principalmente naquelas que estiverem relacionadas a sua área de atuação. Além do aumento do conhecimento e aprimoramento das técnicas, essas obras oferecem aumento da cultura e do vocabulário, contribuindo para melhorar a comunicação escrita e verbal.

Uma das leituras que podem contribuir de maneira significativa com o sucesso profissional são livros da área do desenvolvimento humano e coaching. Nas páginas dos livros de coaching, profissionais de diversas áreas encontram uma verdadeira bússola para guiá-los em suas escolhas rumo ao sucesso de sua carreira. Ao abordar temas como liderança, identidade, felicidade, dinheiro, entre outros, essas obras contribuem para o desenvolvimento profissional e até pessoal de seus leitores.

Mas, você deve estar aí pensando: “Zé, quais livros você me indica?”. Pensando nisso, separei 10 dicas de livros de coaching que vão te ajudar a identificar e aprimorar tanto as suas habilidades quanto as suas competências relevantes. Preparei esta lista com dicas poderosas para você possa conquistar os seus objetivos profissionais, querida pessoa. Nessa seleção, interessados em seguir a carreira de coaching encontrarão obras para conhecer mais sobre a técnica e dicas para ser bem-sucedido em sua área de atuação. Confira a lista e boa leitura!

1 – Coaching & Carreira: Técnicas Poderosas e Resultados Extraordinários

O livro Coaching & Carreira – Técnicas Poderosas e Resultados Extraordinários, de minha própria autoria, traz uma abordagem diferenciada do coaching como carreira. A obra contém conceitos e métodos eficazes para ajudar os coaches a despertar o potencial infinito de seus clientes. A leitura oferece uma formação em que os interessados não somente podem potencializar os seus conhecimentos e técnicas no assunto, como também passam por uma experiência de valorização das suas próprias capacidades e habilidades, o que os transforma como seres humanos.

2 – Leader Coach – Coaching como Filosofia de Liderança

Também de minha autoria, Leader Coach – Coaching como Filosofia de Liderança foi considerado pela revista Exame como um dos 10 melhores livros para turbinar a carreira. O texto traz a filosofia do Coaching aplicada na formação de líderes coaches, gestores com novas habilidades e que oferecem um modelo de liderança nova e diferenciada para as empresas.

3 – Empreendedorismo e Coaching – Pessoas Inovadoras Empreendem

O livro Empreendedorismo e Coaching – Pessoas Inovadoras Empreendem traz os caminhos para quem deseja empreender no Brasil, abordando possibilidades, formas de planejamento e mostrando como o Coaching pode ajudar o empreendedor a planejar seu negócio de forma assertiva.

4- Coaching para Empresas em Transformação

A obra Coaching para Empresas em Transformação traz uma abordagem holística do profissional inserido nas empresas, mostrando suas nuances, desejos, necessidades e explicando como as empresas podem alcançar grandes resultados se souberem compreender quem são os seus colaboradores.

5-Os Segredos do Coaching

Nas páginas de O Segredo do Coaching estão reunidas experiências, relatos e cases de sucesso de Master Coaches formados por mim. O livro ilustra processos de Coaching realizados com foco na carreira, vida pessoal e espiritual.

6 -O Poder do Coaching – Ferramentas, Foco e Resultados

Em o Poder do Coaching – Ferramentas, Focos e Resultados, o leitor conhece cases de coaches profissionais que, a partir de sua formação no Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, começaram a fazer seus atendimentos e levar os benefícios do Coaching a seus clientes.

7- Coaching e Carreira Jurídica

A obra Coaching e Carreira Jurídica trata do Coaching aplicado ao universo jurídico, mostrando como a metodologia pode ajudar profissionais dessa área a conquistar resultados.

8- Coaching – Desenvolvendo Pessoas e Acelerando Resultados

Coaching – Desenvolvendo Pessoas e Acelerando Resultados é mais um livro da série de exemplares coletivos, escrito por Coaches com experiências diversas e que compartilham cases e ferramentas usadas no seu trabalho.

9- Coaching Positivo – Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching

Na obra Coaching Positivo – Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching, revelo o estudo comparado entre a metodologia do Coaching e as ferramentas de desenvolvimento humano da psicologia positiva, do qual se originou o termo “Coaching Positivo”. A leitura ajuda a compreender como esse conceito pode contribuir na maximização dos aspectos positivos de cada pessoa, em detrimento de seus problemas e traumas interiores.

10 – Coaching – Desenvolvendo Excelência Pessoal e Profissional

Em Coaching – Desenvolvendo Excelência Pessoal e Profissional, um dos maiores especialistas em coaching do mundo, James Flaherty, expõe os principais fundamentos, modelos de avaliação e aplicações do coaching. Para isso, o autor fixa sua análise no ser humano.

Se você deseja potencializar ainda mais os seus resultados e aliar o conhecimento adquirido na leitura com o conhecimento prático, minha dica final é: Faça o Professional & Self Coaching, que reúne todas as ferramentas, técnicas e metodologias do Coaching contidas nos livros indicados neste artigo, querida pessoa. De forma prática, rápida e planejada, essa formação o apoiará na conquista de resultados extraordinários e plenos em todos os campos de sua vida, especialmente no campo profissional. Caso queira saber mais sobre Coaching, vou deixar uma dica extra aqui:

Baixe agora gratuitamente o e-book TUDO SOBRE COACHING

Espero que este conteúdo possa contribuir de maneira verdadeiramente poderosa e positiva com a sua ascensão profissional. Que estes livros possam fazer a diferença na sua vida, querida pessoa! Agora, me conte aqui nos comentários:qual dos livros apresentados aqui você já leu? O que achou? Tem algum livro que você leu e que você acredita que merece ser indicado para outras pessoas? Utilize o espaço abaixo para deixar a sua dica e opinião. Se este conteúdo te ajudou de maneira positiva e você acredita que ele poderá ajudar outras pessoas, curta e compartilhe em suas redes sociais.

 

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/10-livros-de-coaching-para-te-fazer-uma-pessoa-melhor/

BAIXAR O PDF
close-link