Competir ou Diferenciar-se? Qual você escolhe?

Competir ou Diferenciar-se? Qual você escolhe?

Estamos vivendo um momento em que as coisas acontecem com uma velocidade incrível. A cada dia surgem novas tecnologias, descobertas, inovações, o que acaba impactando na vida das pessoas, principalmente no que se refere à carreira. Então, entra em cena o questionamento do título do artigo: competir ou diferenciar-se, qual será o melhor caminho? Continue acompanhando e faça essa reflexão comigo sobre esse tema tão importante e atual.

Competir ou Se Diferenciar – O que muda nessas duas atitudes?

Em uma competição de corrida, o objetivo de um atleta é ser mais rápido do que os outros. Dessa maneira, por mais que ele se atente à sua própria velocidade, é natural que olhe para os lados e veja como está sua colocação em relação aos demais. Na vida, as coisas acontecem de modo um pouco diferente, afinal de contas existem muito mais fatores em jogo do que apenas uma pista e uma linha de chegada.

Cada indivíduo tem a sua história, os seus valores, os desafios que enfrentou e enfrenta diariamente e daí por diante. Assim, a competição se torna um tanto desigual e, até mesmo, sem sentido, sem contar que não há uma linha de chegada propriamente dita, já que cada um tem os objetivos que deseja alcançar, por motivos totalmente diferentes.

Dentro de uma empresa, quando um colaborador assume uma postura de competição, passa a se preocupar demais com o que os colegas estão fazendo, porque deseja ser melhor. Com isso, tem grandes chances de perder o foco no meio do caminho por se sentir menos capaz, além de correr o risco de parecer arrogante e individualista, o que não é nada bom para trabalhar em equipe.

Por outro lado, se esse mesmo colaborador decide que irá seguir por um caminho para se diferenciar, ele passará a olhar mais para si mesmo, identificando seus pontos fortes e aqueles que pode aperfeiçoar. Seu foco deixará de estar nas outras pessoas, afinal de contas não se pode mudá-las. Assim, passa a competir consigo mesmo, com quem um dia foi no passado, com a intenção de evoluir cada vez mais e se tornar a sua melhor versão.

Por que competir não é interessante?

No âmbito esportivo, as competições consideram todas as condições que podem interferir no resultado, a fim de torná-lo justo. Por essa razão, as lutas consideram o peso dos atletas, assim como esportes de quadra são separados em modalidades masculinas e femininas e no futebol existem os times sub-20 e profissionais, que são os que têm jogadores mais experientes. Já na vida, somos todos diferentes, tanto em aparência quanto em experiências.

Em uma sala de aula de um curso de medicina, por exemplo, os alunos têm acesso ao mesmo conteúdo, passam pelas mesmas avaliações e estão no mesmo período do curso. Contudo, é preciso considerar que cada um tem uma história pregressa. Pode haver um indivíduo que está em sua segunda formação e que já trabalha há anos na área da saúde, outro que veio de uma profissão totalmente diferente e um jovem que acabou de sair do ensino médio.

Considerando apenas esses perfis que citei como exemplo, você acha válido que um desses alunos se compare com os outros, seja para se sentir inferior ou superior? A resposta é não, simplesmente porque será uma atitude totalmente sem sentido e que não o levará a parte alguma. Porém, se esse mesmo aluno resolver que irá focar em dar o seu melhor, certamente acabará se tornando um dos destaques da turma, porque se concentrou no que podia mudar dentro de si, sem se distrair com o que os outros estão fazendo.

5 Dicas Para Se Diferenciar e Deixar a Competição de Lado

Agora que você já sabe que se diferenciar é a melhor escolha para alcançar o sucesso, confira dicas que te ajudarão a se destacar focando em si mesmo e no que pode fazer para se desenvolver e evoluir.

1 – Faça uma análise sobre o seu estado atual

Como está a sua carreira, os seus relacionamentos pessoais e sua conexão consigo mesmo? Reflita a respeito, porque é essencial reconhecer o seu estado atual para traçar estratégias e chegar ao estado desejado. Porém, lembre-se de fazer realmente uma análise e não uma sessão de culpa e arrependimentos. A intenção não é se sentir mal e sim entender o que pode fazer para melhorar.

2 – Identifique os objetivos que deseja alcançar

Depois de saber onde está, chega o momento de identificar o lugar em que deseja chegar. Quer ser promovido, abrir um negócio, ter mais tempo com sua família? Liste todos os seus desejos, mas sempre tendo em mente que é preciso que sejam vontades suas e não de terceiros. Assim, conseguirá se manter motivado durante todo o caminho, porque será incentivado pelos seus próprios sonhos.

3 – Questione-se sobre o que precisa fazer para realizar o que deseja

Agora que você já tem em mente o que quer realizar e como está agora, é hora de fazer a subtração e entender o que falta para concretizar os seus planos. Talvez precise se organizar financeiramente, fazer novos cursos, cuidar mais de si e daí por diante. Essas respostas são totalmente pessoais e são elas que te ajudarão a definir os caminhos que irá perseguir.

4 – Ouça feedbacks de outras pessoas

Muitas vezes, não nos damos conta de comportamentos que temos que possam estar nos prejudicando de alguma maneira. Desse modo, é interessante ouvir os feedbacks de outras pessoas também, para que os considere ao fazer o seu planejamento. Caso não tenha esse costume, no início pode ser desafiador ouvir o que dizem a seu respeito, mas, aos poucos, entenderá que as críticas podem, sim, serem usadas de modo positivo.

5 – Inspire-se naqueles que admira

Quando digo que se diferenciar é melhor do que competir, não estou sugerindo que feche totalmente os seus olhos para as outras pessoas, afinal, você pode aprender muito com elas. Entretanto, em vez de desejar competir, prefira se inspirar no foco do colega que sai do trabalho e vai para a faculdade, no amigo que foi promovido, na vizinha que abriu um negócio e está fazendo sucesso. Inspire-se nos bons exemplos e se mantenha motivado para alcançar todos os seus objetivos.

Gostou do artigo? Deixe o seu comentário abaixo falando a respeito da sua opinião sobre competir e se diferenciar.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/competir-diferenciar-se-qual-voce-escolhe/

BAIXAR O PDF
close-link