Dicas coaching de empreendedorismo

Dicas coaching de empreendedorismo

Certamente, Bill Gates não tinha ideia de quando ele desistiu de Harvard para iniciar a Microsoft que ele se tornaria um sucesso como foi. Da mesma forma, o florista que precisa encarar a falência também nunca previu que este seria o seu destino.

Business Coaching tem o propósito de otimizar e desenvolver competências, alinhar a atuação profissional de acordo com as metas de seu negócio, estimular e acompanhar o desenvolvimento, tanto pessoal, quanto profissional, além de aumentar e melhorar a automotivação, o desempenho e o potencial de sucesso. Para ser um empreendedor, é preciso ter muitas qualidades, se não pelo menos tolerância ao risco. Existem algumas formas para reduzir o risco.

A chave para isto é fazer avaliações de forma apropriada. O primeiro passo é enxergar a ideia de forma fria e firme, para isso responda as seguintes perguntas:

Você está satisfazendo a necessidade do mercado criando este negócio? Quem comprará seus produtos ou serviços? Eles podem pagar? Eles querem? Onde eles adquirem isto atualmente? Por que eles migrarão para você? O que pode dar errado e se der errado, qual será o seu custo? Você pode pagar? Como está a competição no mercado? Qual a qualidade do trabalho deles e como você pode competir contra eles? Quanto tempo você levará da ideia a partir do seu desenvolvimento até a sua implementação? Qual será precisamente o custo disto? Você pode pagar por isto? E se levar mais tempo do que o necessário? A sua ideia é nova ou é algo tradicional? Se nova, há demanda para isto? Se não, o mercado está muito saturado? Qual a experiência e perspectiva única que você tem que o permitirá a realizar o seu sonho? Você pode aprender o que você não sabe?

A demanda para este produto ou serviço está para crescer de forma precisa? Se não, o que você fará? O propósito dessas perguntas são os de proporcionar uma reflexão verdadeira e profunda sobre as possibilidades de empreender e de se localizar no mundo business.

Sei que existem várias razões para uma pessoa se interessar pelo universo empreendedor, em meio a essas diversas motivações todas as pessoas que desejam empreender devem ter em mente que empreender é uma tarefa que exige comprometimento, planejamento, estudo, dedicação, cautela, saber trabalhar sozinho e também em equipe, entre outras habilidades que são apreendidas e desenvolvidas ao longo da experiência.

A partir dessas premissas quero a apresentar aqui algumas dicas de Business Coaching que muito me ajudaram e que também o ajudarão nessa incrível jornada de empreender.

Prepare-se para a abertura da sua empresa

Você sabia que o Brasil é um dos seis países com a população mais engajada em querer empreender? Para tornar esse desejo de empreender em realidade palpável é importante se atentar que somos também o país que está à frente quando o assunto é burocracia para abrir uma empresa. Isso mesmo! Para um empreendedor abrir sua empresa, é preciso no mínimo a ajuda de uma assessoria jurídica contábil, e todo esse processo pode levar mais ou menos 150 dias dependendo de região para região do país. Diferentemente da Austrália que só precisa de 2 dias dedicados a isso. Viu só como os desafios surgem logo no início? Mas não desista do seu sonho! Se prepare, esteja pronto para as eventualidades, faça pesquisas, esteja a frente de todas as normas e padrões que sua empresa precisa seguir, peça ajuda a outros empresários do mesmo ramo, se dedique ao máximo nessa etapa, afinal, seu sonho estará se concretizando, você será um empreendedor!

Esteja aberto para novos aprendizados

Acima, falei que seria interessante que as pessoas desenvolvam competências transversais, isso é estar aberto a novos aprendizados. Ou seja, significa que você vai estar de braços, corpo e mente abertos para que novos ensinamentos cheguem até você, o que será ótimo para sua carreira de empreendedor. Por exemplo, um arquiteto precisa entender de gestão de pessoas para conseguir gerir sua própria empresa, até porque ele terá colaboradores e clientes, por isso, é fundamental que ele enquanto empreendedor saiba lidar não somente com as demandas do universo da arquitetura, como também com as necessidades que sua empresa possui, e a gestão de pessoas é uma dessas obrigações.VOCÊ É FELIZ?

Tenha as melhores pessoas ao seu lado e valorize-as

Desde o início da sua carreira como empreendedor, é essencial ter pessoas confiáveis ao seu lado. Seja para auxiliar com dicas e opiniões sobre negócios, para ajudar com inovações e até mesmo outros desafios que surjam. Nesse sentido, essa dica também vale para seus colaboradores. Saiba contratar as pessoas certas, foque nos perfis ideais para o seu modelo de negócio e o principal, valorize quem está ao seu lado, mostre sua gratidão por quem está junto a você nessa caminhada. Seja criterioso, saiba cobrar, seja gentil, educado, saiba motivá-los, dê feedbacks e transmita confiança para cada um dos seus funcionários, isso é fundamental para o sucesso da sua equipe, e claro, para sua empresa.

Saiba lidar com seu concorrente

Você e sua empresa encontrarão inúmeras empresas concorrentes no mercado. Contudo, o ideal é que você conheça a maioria delas, ou ao menos as principais antes de abrir o seu próprio negócio. Saber os pontos fortes e os pontos fracos de cada concorrente direto, é verdadeiramente algo excêntrico dentro do universo econômico. Muitos empreendedores não gastam tempo pesquisando o que seus concorrentes possuem de qualidades e defeitos. O que não é uma boa ideia. Para se ter uma ideia, existem empresas que possuem um excelente serviço, mas que deixam a desejar no atendimento, isso é uma falha gigantesca para uma empresa, basta pensar no marketing negativo que isso pode acarretar para essa organização.

Outra questão que também é bastante corriqueira, é a de que algumas empresas ainda trabalham na informalidade, ou seja, elas praticam algumas atividades que as favorecem perante o mercado e criam assim um favoritismo em relação as demais empresas. Algumas dessas atividades são: não pagam alguns impostos, não registram funcionários, ou seja, trabalham informalmente. Esse tipo de concorrente é sem dúvida o mais desleal. Nesse sentido, conheça o seu concorrente, estude cada passo dele, ou melhor esteja a frente dele sempre que possível. Não os trate como inimigos, veja-os como um incentivo, uma inspiração para manter suas ideias, critérios e inovações sempre na ativa. Trabalhe com o pensamento positivo sobre cada um de seus concorrentes e sua empresa só terá bons resultados.

Esteja preparado para pequenos e grandes imprevistos

Nem tudo pode sair como o planejado e isso é muito mais que compreensível. Você como um bom empreendedor deve manter a calma para saber tomar decisões, pois sempre surgirão pequenos ou grandes imprevistos, dessa forma, independentemente do grau de complexidade desses imprevistos, cabe a você encontrar a melhor forma de resolvê- los, pensando sempre no bem da sua empresa e da sua equipe.

Tenha sabedoria para conciliar vida pessoal e profissional

Um dos principais desafios que um empreendedor enfrenta é justamente o de conciliar sua vida pessoal com a vida profissional. Levar trabalho para casa tem sido cada vez mais comum, contudo, essa é a regra número 1 para uma vida saudável (seja em casa ou no trabalho), não leve trabalho para casa e não leve problemas pessoais para o seu trabalho. Altos e baixos existem! Isso é uma das primeiras coisas que o empreendedor deveria ter em mente, conseguindo lidar com todos eles o empreendedor terá uma das chaves do sucesso.

Saiba gerir seu tempo

Essa é uma dica que poderá auxiliar grandemente em relação ao que falamos anteriormente, sobre conciliar vida pessoal e profissional. Sabendo gerir o seu tempo, controlando e organizando todas as suas atividades diárias você terá mais facilidade em manter cada área da sua vida em perfeito estado. Ao iniciar uma jornada como empreendedor, com certeza você irá trabalhar muito mais que oito horas por dia até que consiga contratar e montar uma equipe completa. A dica é ser organizado e produtivo. Ou seja, evite fazer vários compromissos para um mesmo dia, tenha uma agenda sempre em mãos, selecione e faça suas atividades mais importantes primeiro, evite perder tempo.

Mantenha-se motivado

Talvez esse seja um dos maiores desafios de um empreendedor, afinal, a quantidade de desafios que eles enfrentam diariamente é relativamente grande, não é à toa que muitos dizem que “matam um leão por dia” para se manter no mercado. Entretanto, mesmo diante de tantos desafios os empreendedores brasileiros conseguem se manter motivados para continuarem exercendo suas atividades da melhor forma possível. Para se manter motivado, uma das dicas mais valiosas que dou é: pense positivo sempre, e entenda que para todo problema há uma solução. Um colaborador quando precisa de auxílio pode recorrer ao departamento de recursos humanos, mas e o empreendedor?

Ele precisa se motivar diariamente para encontrar formas de seguir seu sonho sem interrupções. Nesse sentido, acredito verdadeiramente que desenvolver seu controle emocional, sua capacidade de resiliência, sua habilidade com planejamentos e até mesmo sua flexibilidade podem ser excelentes maneiras de praticar e desenvolver suas competências transversais das quais falamos anteriormente. E como conseguir tudo isso sem que esse processo tome um tempo enorme do empreendedor que quer crescer cada vez mais? A resposta disso está em saber identificar as leis espirituais do sucesso, o que nada mais é do que compreender como se dá a Pirâmide do Processo Evolutivo.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/dicas-coaching-empreendedorismo/

Mitos sobre Empreendedorismo

Mitos sobre Empreendedorismo

A figura do empreendedor é carregada de estereótipos, criando no ideário da população que ter um comportamento empreendedor é algo para poucos, quase um lance de sorte de ter nascido com esse comportamento ou de uma oportunidade ter surgido do nada e mudado a vida da pessoa.

A partir da minha experiência de vida e também do contato que tive com as milhares de pessoas as quais tive a oportunidade de conviver, ensinar e também ser ensinado que não há nada na vida que não podemos aprender se tivermos verdadeiro foco e determinação. Eu aprendi a ser empreendedor, aprendi a quebrar com antigas crenças limitantes que me barravam e hoje sou considerado um dos grandes empreendedores do ramo Coaching.

Essas crenças limitantes ou como popularmente são chamadas esses mitos não foram capazes de me barrar rumo ao sucesso, e eu desejo que eles também não tenham essa força sobre a sua vida profissional e/ou sua empresa.

Para isso eu quero apresentar aqui os principais mitos sobre empreendedorismo que devem ser superados:

1. Empreendedor já nasce sabendo

Um dos maiores mitos sobre a arte de empreender é que a pessoa já nasce sabendo como as coisas funciona, o caminho a ser seguido. Essa é uma grande inverdade. Embora exista traços comportamentais, como falado anteriormente, que ajudem no processo de empreender eles não dão uma garantia de sucesso, muito menos invalida todo o arcabouço teórico existente sobre empreender. A busca por informações e pesquisas são fundamentais para ser um empreendedor de sucesso, ninguém nasce sabendo de tudo, é importante ter em mente que estamos em processo contínuo de formação.

2. Sem muito dinheiro não dá!

Um dos pontos que mais impedem as pessoas a se tornarem empreendedoras é sobre o capital. Conheço diversas pessoas que postergam ou até anulam a ideia de abrir seu próprio negócio ou de inovar em algum negócio já existente por não ter todo o capital necessário. O segredo para fazer um negócio dar certo está na criatividade de conseguir fazer mais com menos, garantindo a qualidade. Ser inovador, buscar soluções mais baratas e, principalmente, não ter vergonha de ir atrás de quem pode te ajudar é fundamental para empreender.

3. Ter uma ideia genial

Muitos pensam que só quando se tem uma ideia genial é que podemos empreender, e que sem essa ideia você está fadado a ficar preso trabalhando para uma empresa. Isso é um grande mito, um mito que precisa ser superado rapidamente. Hoje com todo o acesso a informação que temos não é muito difícil fazer uma análise de mercado, observar quais são as áreas do mercado que estão em crescimento. Pesquisar é fundamental, pois ela possibilita a abertura de olhos para novas ideias e oportunidades de empreendedorismo.VOCÊ É FELIZ?

4. Empreendedores são independentes e não dão satisfação a ninguém

Eu não conseguiria mensurar aqui a quantidade de vezes que já ouvi a frase “está na hora de abrir meu próprio negócio, trabalhar para mim e nunca mais ter que dar satisfação a ninguém! ”. Essa é uma das maiores ilusões que alguém pode ter sobre empreendedorismo e ter sua própria empresa. Quando se decide empreender o trabalho quase, ouso dizer que nunca, é feito sozinho sempre há o envolvimento de mais pessoas para fazer um negócio dar certo, fora a relação estabelecida com os clientes. Isso quer dizer que os empreendedores dão sim satisfação para muitas pessoas.

5. Se falhar quer dizer que não sabe empreender

Ao apostarmos em uma ideia, consequentemente, assumimos o risco dessa ideia não dar certo. O caminho para o sucesso na maioria das vezes é cheio de trechos difíceis e armadilhas, um negócio pode falir; o comportamento empreendedor, não! A falência pode ser como combustível da experiência e do aprendizado do empreendedor. Saber aprender com os erros é uma das maiores virtudes que uma pessoa pode ter.

6. Empreender é coisa de rico

Outra crença totalmente errada é que empreendedorismo é coisa de gente rica. A verdade é que muitas pessoas se tornaram ricas como consequência de atitudes empreendedoras, mas não há nenhuma lei que garanta que pessoas ricas terão esse comportamento e isso será garantia de sucesso. Como já disse algumas vezes empreender é um comportamento que pode ser desenvolvido com a ajuda de muito estudo, dedicação e orientação de profissionais.

7. É preciso ser jovem para empreender

Não existe uma idade certa para empreender, hoje podemos ver crianças, jovens e adultos na terceira idade empreendendo e tendo sucesso. A idade não deve ser vista como barreira, pois o que realmente importa é o know-how, a experiência e a forma como as relações são estabelecidas. Independentemente da idade, o empreendedor deve buscar construir uma empresa tendo como foco a realização de um bom trabalho, não na conquista imediata de um grande salário.

8. Abrir uma empresa no Brasil é difícil

Voltando nosso olhar para o cenário nacional, há esse grande mito que no Brasil é muito difícil abrir uma empresa, que demora muito, que é muito burocrático etc. Não é só no Brasil que há uma burocracia para abrir uma empresa e nem por isso outros países deixam de abrir novos negócios. No Brasil há uma variação em relação ao tempo estimado para arrumar toda a documentação de uma empresa, há lugares que podem demorar até 100 dias, em contraposição, há lugares que todo esse processo se dá em 7 dias. Quando um negócio é bem pensado e elaborado a burocracia deve ser encarada como mais um passo a ser percorrido, não como um empecilho.

9. Para ter sucesso é necessário apenas fazer o que gosta

Realmente quando estamos trabalhando em algo que nos dá prazer nos sentimos mais motivados a aprender mais sobre o assunto, nos sentimos mais engajados em fazer dar certo são maiores. Mas isso não é tudo. Fazer análises de mercado, verificar a viabilidade do negócio também são determinantes. Outro fato que é importante saber é que podemos aprender a gostar de algo que jamais pensamos em gostar ou trabalhar. Esteja aberto a novidades, a ser surpreendido e se surpreender com o universo de possibilidades que temos a nossa volta.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/mitos-sobre-empreendedorismo/

BAIXAR O PDF
close-link