Endomarketing como Estratégia de Gestão

Endomarketing como Estratégia de Gestão

Em minhas formações e em meus artigos sobre gestão costumo dizer que empresas são resultados de pessoas. São as pessoas que fazem a organização empresarial ter razão de existir. Em todas as etapas da cadeia de produção, as pessoas são fundamentais para garantir o funcionamento de uma empresa. Além disso, são elas que consomem o produto final (ou o serviço) oferecido pela empresa.

Mas, muito mais que criar estratégias para conquistar e encantar clientes, é fundamental que as empresas pensem em estratégias voltadas para um outro cliente: o interno. E é nesse contexto que é importante conversar sobre endomarketing. Se você deseja saber mais sobre esta poderosa estratégia de gestão, confira!

O que é Endomarketing?

Para entender o conceito de Endomarketing é importante conhecer suas origens etimológicas. Enquanto o prefixo “endo” deriva da língua grega e significa “dentro”, a palavra marketing vem de origem inglesa e significa “mercado”. Partindo do princípio etimológico, Endomarketing pode ser compreendido como um conjunto de ações internas voltadas tanto para a qualidade de vida dos colaboradores dentro da empresa quanto para fomentar o consumo e o engajamento dos mesmos dentro da organização.

Um dos principais objetivos do endomarketing é garantir a motivação dos colaboradores e assim, contribuir com a redução do turnover. Vale destacar que o endomarketing é uma poderosa estratégia de marketing institucional que promove a melhoria da imagem da empresa junto aos colaboradores – também chamado de público interno. Mas porque é importante investir em estratégias de endomarketing?

Assim como o público externo, os colaboradores também são representantes da marca em potencial. Por conhecer o produto e toda a cadeia de produção, os colaboradores podem se tornar poderosos advogados da marca – dentro e fora da empresa. As estratégias de endomarketing visam tornar os colaboradores em representantes e defensores não só dos produtos, mas da organização empresarial. Mas, para isso é importante que os colaboradores estejam cientes e envolvidos e com as políticas internas de trabalho, missão, visão, valores e estratégias da empresa.

RH ou Marketing: quem é o responsável pelo endomarketing?

Essa é uma dúvida frequente, querida pessoa! Afinal, no ambiente corporativo muitas vezes as demandas internas são de responsabilidade do departamento de Recursos Humanos ou Gestão de Pessoas. Mas em muitas corporações, o endomarketing está sob a gestão do departamento de marketing. Fica a pergunta: quem deve assumir o endomarketing de uma empresa?

A resposta para esta pergunta é: todos são responsáveis. Trabalhar com endomarketing requer o envolvimento destes departamentos já que cada um possui contribuições importantes para o sucesso das estratégias de endomarketing. Enquanto o departamento de Recursos Humanos busca atender as necessidades dos colaboradores, o departamento de marketing possui as habilidades e competências necessárias para elaborar ações que atendam estas demandas. É um trabalho que deve ser feito à muitas mãos.

O ideal é que estes departamentos – Recursos Humanos e Marketing – trabalhem juntos. Assim, as estratégias de endomarketing serão mais eficazes e alcançarão seus principais objetivos.

Conheça os Três Pontos Centrais do Endomarketing

Para entender melhor toda a estrutura do endomarketing, listei aqui os pontos centrais para que você veja como esta estratégia pode ser aplicada em sua empresa de maneira eficiente e segura. Confira!

1-    Estratégico

Este ponto tão importante do endomarketing tem como base o cumprimento das metas e objetivos definidos a partir das estratégias e planos de ações da empresa. Por isso que é fundamental que Recursos Humanos e Marketing trabalhem juntos. Isso garante a coerência das ações que serão executadas dentro da empresa.

2-    Motivacional

Este ponto está voltado para a qualidade de vida no trabalho (QVT) na satisfação profissional, produtividade – tanto individual quanto coletiva -, relações interpessoais e a própria motivação de cada colaborador. Se for preciso, reúna com a equipe responsável pelo endomarketing e elabore pesquisas para identificar o que motiva e o que precisa ser melhorado para que a motivação e a satisfação dos colaboradores cresça gradativamente.

3-    Gestão

Muito se engana quem pensa que os trabalhos de endomarketing não envolvem a gestão das empresas. Rever os processos de gestão e demais processos internos de trabalho fazem parte dos pilares do endomarketing. Várias organizações empresariais elaboram novos processos internos, suas respectivas normas e até mesmo  modo e ferramentas utilizadas para realizar tarefas através das ações de endomarketing. Por isso, é fundamental que a gestão esteja envolvida e seja encarada como um ponto de extrema importância para o endomarketing.

Conheça algumas ações de endomarketing

Para te inspirar neste processo, separei aqui algumas ações de endomarketing que podem ser implementadas em sua organização empresarial. E que ações são estas, querida pessoa? Confira a seguir e inspire-se!

1 – Pesquisa de satisfação

Esta pode ser considerada o primeiro passo para a elaboração de futuras ações de endomarketing. Além disso, tal iniciativa mostra aos colaboradores que a opinião de cada um é importante para a organização. Existem ferramentas gratuitas disponíveis na internet para pesquisas e mensuração dos resultados. A partir das informações obtidas com a pesquisa, será possível pensar e traçar estratégias de endomarketing que atendam os anseios tanto da organização quanto dos colaboradores.

2 – Ofereça benefícios para os colaboradores

Existem uma vasta gama de benefícios que podem ser oferecidos aos colaboradores. Planos de saúde, descontos em estabelecimentos – academias, farmácias, faculdades e universidades, por exemplo – são alguns dos muitos benefícios que podem ser ofertados para os colaboradores. Programas de benefícios são importantes para que o colaborador entenda que seu trabalho tem valor e é reconhecido pela empresa. Além disso, demonstra que a empresa tem cuidado não só com o colaborador como também com as pessoas importantes para ele – como os familiares.

3 – Planos de carreira

A criação e implementação de um plano de carreira dentro da organização é uma eficiente maneira de motivar os colaboradores. Afinal, o plano de carreira é uma valorosa oportunidade de reconhecer talentos e promover o crescimento profissional dos colaboradores. Empresas com planos de carreira mostram aos colaboradores e ao mercado de trabalho que os talentos profissionais são valorizados e devidamente reconhecidos.

4 – Invista na capacitação dos colaboradores

Com base nas pesquisas e feedbacks, será possível identificar quais habilidades precisam ser desenvolvidas pelos colaboradores. É importante investir na capacitação dos colaboradores pois o conhecimento é fundamental para o êxito dos processos internos. Além disso, oferecer oportunidades de capacitação é uma forma de reconhecer o potencial dos colaboradores e também demonstrar gratidão pela dedicação do mesmo.

5 – Integração é importante

Tão importante quanto promover oportunidades de crescimento é também promover momentos de descontração. Afinal, as relações interpessoais também são necessárias no cotidiano dos colaboradores. Momentos para um happy hour, comemoração de aniversariantes do mês ou de datas importantes para a organização – como o aniversário da empresa, por exemplo – contribuem de maneira positiva para estreitar laços entre os colaboradores e gestores, além de permitir novas experiências dentro e fora do ambiente de trabalho. Aproveite também as datas comemorativas para promover a integração entre as pessoas que fazem parte da empresa.

Espero que este conteúdo contribua de maneira positiva com o sucesso da sua empresa, querida pessoa. Utilize o espaço abaixo para contar a sua experiência com o endomarketing. Se quiser, conte os resultados obtidos com esta poderosa estratégia. Se você acredita que este conteúdo pode ajudar outras pessoas e organizações, curta e compartilhe em suas redes sociais.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/endomarketing-como-estrategia-de-gestao/

Por que faltam profissionais qualificados no mercado de trabalho?

Por que faltam profissionais qualificados no mercado de trabalho?

Constantemente vemos nos mais variados meios de comunicação sobre a busca por profissionais qualificados. Mas, o que faz um profissional ser considerado qualificado para o mercado de trabalho? O que é preciso fazer para atender as expectativas do mercado? Para responder estas e outras dúvidas sobre este importante assunto, preparei este conteúdo para você, querida pessoa.

O que significa ser um profissional qualificado?

Se você olhar qualquer texto sobre gestão, marketing pessoal ou carreira, em algum tópico estará o termo “profissionais qualificados”. Mas, quem são estes profissionais qualificados e que são sempre procurados pelas empresas do país inteiro? Basicamente, os profissionais qualificados são aqueles que estão em sintonia com as exigências do mercado. Profissionais que investem em sua capacitação, que possuem pensamento estratégico e inovador e que possuem habilidades que o destacam dos demais.

Tais características valem para todos os profissionais de todos os segmentos do mercado. Mas, esta não é uma novidade. Não é de hoje que estes fatores são buscados e exigidos por diversas organizações empresariais. E se não é uma novidade, então porque ainda faltam profissionais qualificados?

A resposta para esta pergunta está em uma série de questões. Um conjunto de fatores contribui para que esta busca seja constante. Um deles é a ausência de motivação para construir uma carreira consolidada. Muitos profissionais começam suas vidas profissionais sem ter objetivos claros, sem grandes aspirações. Para muitos profissionais falta uma dose de ambição. Sem ela, não há metas e objetivos para alcançar. Há um ditado que fala “quando não se sabe para onde ir, qualquer caminho serve”. Este ditado define bem a situação de profissionais sem ambição e metas de carreira: qualquer função, qualquer cargo, qualquer lugar serve.

Existe um outro fator importante que faz com que os profissionais qualificados sejam cada vez mais escassos: a falta de valorização dos empregadores. Muitas empresas contam em seu quadro de colaboradores profissionais qualificados e com inúmeras habilidades, mas que acabam se transformando em profissionais desmotivados ou que vão para empresas concorrentes por ver que não terão o devido reconhecimento onde estão. É importante que as empresas busquem formas saudáveis de reduzir o turnover e reconhecer os talentos profissionais que possui. Planos de carreiras, programas de benefícios, feedbacks pontuais e positivos são algumas das inúmeras formas de reverter este quadro.

Quero me tornar um profissional qualificado: o que fazer?

Para aqueles que desejam ser profissionais qualificados, preparei uma lista com algumas ações que contribuirão de maneira positiva com a ascensão profissional. Você faz parte desse grupo de futuros profissionais qualificados? Então, confira as dicas a seguir:

1- Busque aperfeiçoamento constante

O aperfeiçoamento é fundamental a qualquer profissional que busca uma boa colocação e uma carreira de sucesso. Invista em especializações, cursos em sua área de atuação, aprenda novas línguas, leia sobre os autores e pesquisadores do mercado que você faz parte, participe de palestras. Quanto mais conhecimentos você adquirir, maiores serão suas chances de ter uma carreira profissional verdadeiramente promissora. Conhecimento é algo valioso e de extrema importância para que se tenha ideias inovadoras. É ele (o conhecimento) que difere meros profissionais dos profissionais verdadeiramente qualificados.

2 – Obtenha experiência

Uma das causas mais frequentes da não contratação de profissionais – principalmente jovens em início de carreira – é a falta de experiência, mesmo profissionais com graduação e pós-graduação. Conhecimento é importante, mas sem experiência profissional, ele não significará muita coisa. É fundamental que haja um elo entre conhecimento técnico e prático.Por isso a experiência profissional conta muito na hora de buscar uma vaga no mercado de trabalho e, principalmente, para galgar promoções de trabalho.

Portanto, uma dica para quem deseja ganhar experiência é optar pelos estágios ou programas de aperfeiçoamento de curta duração – como os programas de trainee. Esteja aberto para as novas experiências profissionais. Busque extrair o máximo que puder de cada experiência de trabalho. Elas serão importantes para que você se consolide no mercado de trabalho.

3 – Leia bastante

Ler é importante não só para obter o conhecimento necessário, mas também para garantir uma boa conversa. Pessoas que leem mais possuem maior facilidade para desenvolver argumentos – algo importante na hora de apresentar ideias para a gestão de uma empresa ou até mesmo para mostrar as razões pelas quais você merece ser contratado. Outra contribuição importante da leitura para aqueles que desejam ser profissionais qualificados é a informação. Quem lê se mantém bem informado. Lembre-se que informação nunca é demais e, quanto mais você souber, melhor para o seu currículo e desempenho profissional.

Pesquise novidades do mercado e, principalmente, da sua área. Busque fontes de informações confiáveis – tanto na internet quanto nos demais veículos de comunicação. Ter informações relevantes e importantes podem ajudar muito em vários momentos da sua carreira – desde a contratação até a negociação de um reajuste salarial, por exemplo. Antecipe-se!

4 – Seja proativo e inovador

Segundo pesquisas, o talento profissional é um dos principais pontos que diferenciam um candidato do outro. Talento está ligado a competências adicionais, a entregar algo a mais às organizações. Isto significa que não basta apenas que você tenha a qualificação técnica para a vaga oferecida, é fundamental também que você tenha a expertise necessária para pensar além disso. Ter um pensamento a frente do que é esperado de você mostra a sua habilidade de ser inovador, estratégico e comprometido com os resultados da organização. Além de mostrar as suas habilidades profissionais, ter atitudes proativas e inovadoras fará com que os gestores da empresa tenham suas expectativas superadas.

Vale dizer aqui que os profissionais qualificados são aqueles que fazem a diferença nos seus respectivos ambientes de trabalho. Se tornar um profissional qualificado requer dedicação, comprometimento, foco e, principalmente, determinação de cada um. Sem isso, não será possível reverter essa situação. Lembre-se de que você é o único responsável pelos seus sonhos e também pelos seus fracassos.

O Coaching para profissionais qualificados

O Coaching pode ser um ótimo aliado neste processo, pois é uma excelente metodologia de desenvolvimento humano indicada a todos aqueles que buscam aperfeiçoamento e desenvolvimento tanto pessoal quanto profissional. O Coaching pode contribuir de maneira positiva e poderosa com a ascensão de sua carreira, querida pessoa! Muitas são as habilidades profissionais exigidas, mas é importante também ter habilidades pessoais. A empatia e a inteligência emocional são algumas destas habilidades importantes neste processo.

Ao vivenciar o processo de Coaching é possível aprimorar competências e desenvolver novas habilidades como:

  1. Comunicação eficiente
  2. Delegação e Negociação assertivas
  3. Visão sistêmica
  4. Planejamento estratégico
  5. Metas e objetivos tangíveis
  6. Gestão de tempo e foco
  7. Criatividade
  8. Capacidade para trabalhar em equipe
  9. Ouvir na essência
  10. Conquista da liderança mais almejada nas organizações,

Se você acredita que o Coaching pode fazer a diferença na sua carreira, entre em contato com nossos consultores e confira as formações disponíveis para você!

Espero que este conteúdo contribua de maneira poderosa e positiva com a sua ascensão profissional. Desejo que você faça parte do time de profissionais qualificados do mercado de trabalho. Acredita que tenha mais alguma dica para ser seguida? Quer compartilhar conosco a sua experiência no mercado de trabalho? Conte no espaço abaixo um pouco da sua trajetória rumo ao sucesso profissional. Se você acredita verdadeiramente que este conteúdo poderá ajudar outros profissionais, curta e compartilhe em suas redes sociais.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/por-que-faltam-profissionais-qualificados-mercado-de-trabalho/

BAIXAR O PDF
close-link