A importância da gestão por competência para as empresas

A importância da gestão por competência para as empresas

No artigo de hoje, vou apresentar uma tendência nas empresas, a Gestão por Competências. O método consiste na administração e organização como objeto de avaliação para os colaboradores, mais especificamente seus conhecimentos, habilidades e comportamentos. Continue lendo o texto para saber mais sobre a teoria e a prática do procedimento!

Por que gerir competências?

Essa modalidade de gestão, permite que a empresa trabalhe em diferentes frentes para identificar todos os tipos de competências profissionais que existem nos seus colaboradores. A análise deve ir além de simplesmente indicar as características para também apresentar soluções para que o funcionário consiga explorar melhor suas virtudes e exterminar os pontos sabotadores.

Basicamente, essa é uma forma que a área de recursos humanos (RH) e de gestão e liderança obtém uma referência concreta para a construção de treinamentos de desenvolvimento, políticas de educação continuada e modelos de plano de carreira.

No fim das contas, esse precioso trabalho forma funcionários mais completos tecnicamente, conscientes da importância do seu papel e importância na empresa e envolvidos com a cultura organizacional. Tantos benefícios se acumulam para trazer mais resultados positivos.

Passo a passo do funcionamento do modelo

Nesse modelo de gestão, as etapas visam sistematizar o processo de reconhecimento das competências e as ações para empreender as adequações necessárias através do treinamento. Conheça cada uma delas agora:

  • Mapeamento das competências organizacionais.
  • Identificação das competências exigidas por cada função.
  • Determinação das competências de cada colaborador.
  • Estabelecimento de comparação entre as informações obtidas a fim de identificar as competências a serem alcançadas por meio de treinamento, tornando o funcionário apto a realizar as atividades do cargo.

A partir daí a organização deve investir nos seus colaboradores para capacitá-los não só para que eles exerçam muito bem o escopo definido pela vaga. Mais do que isso, faz parte do objetivo que esses profissionais se tornem mais completos e complexos, com habilidade para trazer ideias, efetuar melhorias, serem proatividade e exibirem criatividade no dia a dia.

Durante esse processo, o RH e a gestão e liderança vão entender quem está no cargo correto, quem precisa de promoção e quem deveria ser realocado. Também durante o estudo, essas áreas entendem quais são as carências dos funcionários em relação a investimento em educação continuada e tratamento da empresa com eles. E tem mais! A gestão por competências abrange ainda outras práticas de administração da organização, tais como: remuneração por competências, contratação e seleção por competências e, treinamento por competência.

As organizações mais avançadas em termo de gestão organizacional já perceberam que o bom rendimento e sucesso da empresa está diretamente relacionado à capacidade que a organização tem de desenvolver as competências de seus colaboradores, propiciando a eles o crescimento profissional necessário, e também evolução pessoal e ascensão na carreira.

10 benefícios para o colaborador

Entenda como os benefícios para o colaborador da gestão por competências funcionam na prática dentro de uma empresa:

  1. Sentimento de valorização com o seu conhecimento e experiência;
  2. Sentimento de reconhecimento do trabalho realizado;
  3. Estímulo para aderir com mais dedicação à cultura organizacional;
  4. Mais vontade de pensar fora da caixa e trazer novidades para o setor;
  5. Mais ânimo para elaborar estratégias que ajudam a otimizar o dia a dia;
  6. Consciência de que o desenvolvimento é um processo constante e eterno;
  7. Ciência de que o estudo regular sobre a área em que trabalha é essencial;
  8. Entendimento de que é importante separar a vida pessoal da profissional;
  9. Compreensão de que a saúde no trabalho e o bem-estar pessoal são fundamentais;
  10. Percepção de que é um profissional importante para a organização e para o mercado de trabalho.

10 benefícios para a empresa

Toda ação de desenvolvimento de funcionário traz benefícios também para a corporação, afinal ela adquire uma pessoa muito mais competente para o cargo com altas chances de trazer mais resultados. Confira os principais pontos positivos dessa política de desenvolvimento:

  1. Maior aderência à cultura organizacional;
  2. Índices positivos das pesquisas de saúde de trabalho e de clima organizacional;
  3. Construção de um ambiente mais tranquilo para se trabalhar;
  4. Retenção de talentos;
  5. Processos seletivos mais assertivos;
  6. Contratação de novos talentos;
  7. Surgimento de novos métodos para a evolução de processos diários;
  8. Criação de novas ideias para a melhoria dos produtos e serviços;
  9. Desenvolvimento natural de futuras lideranças mais preparadas;
  10. Alcance simplificado de metas e objetivos específicos das áreas e globais da empresa.

Como chegar lá

É importante que as áreas de recursos humanos, gestão e liderança entendam que chegar nesse nível não é uma tarefa fácil, mas não é impossível e é muito necessária para o progresso humano e financeiro da empresa.

Uma das maneiras mais eficientes para preparar os funcionários é o coaching. O método, que pode ser executado de forma individual ou em grupo, ativa características importantes das pessoas, elevando-as e despertando o alto desempenho.

Usar uma Solução Corporativa, por exemplo, pode ser uma boa ideia para organização que busca pelo progresso por meio do capital humano. Há diversas formas de treinamento que podem ser personalizadas de acordo com a necessidade e o objetivo do projeto.

Dessa forma, os funcionários trabalham em conjunto em prol de ações que irão melhorar o dia a dia deles no trabalho, ao mesmo tempo em que estão aprimorando suas competências. Se todas as ações forem planejadas e alinhadas ao que a empresa deseja e ao que o coaching propõe, é mais simples chegar em resultados positivos.

Relevância do tema

A minha intenção com o artigo de hoje foi de mostrar porque esse modelo é relevante e propicia tantos ganhos às empresas. Basicamente, o pressuposto básico dele é desenvolver o ser humano e os adequar às atividades que desempenha com maior eficácia.

Ao realizar corretamente sua função e perceber a sua importância para a empresa, o colaborador constrói um sentimento de realização e motivação para alcançar suas metas, gerando um desempenho extremamente satisfatório para a organização.

E você, já conhecia esse modelo de gestão? Comente e compartilhe esse conteúdo com seus amigos.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/importancia-da-gestao-por-competencia-para-empresas/

Ideias Para Melhorar a Empresa

Ideias Para Melhorar a Empresa

O conceito de melhoria contínua tem sido cada vez mais adotado pelas organizações, pois, através dessa busca, é possível atingir resultados extraordinários. Existem diversas medidas que podem ser adotadas com o intuito de aperfeiçoar os processos internos e os produtos ou serviços entregues ao consumidor. Pensando nisso, irei compartilhar algumas práticas efetivas e ideias para melhorar a empresa como um todo, incluindo os colaboradores, que são uma parte tão importante na busca pela excelência.

7 Ideias Para Melhorar a Empresa e Buscar a Excelência

Um projeto de melhorias em uma empresa deve ter como objetivo mais do que apenas aumentar a produção, é preciso ir além para se chegar ao máximo da eficiência. Existem diversos aspectos que devem ser considerados para que as mudanças sejam verdadeiramente efetivas e que promovam uma transformação positiva. Veja quais são eles.

1 – Pesquisas de Satisfação Com Clientes

Considerado o “Pai da Administração Moderna”, Peter Drucker afirmou que tudo aquilo que pode ser medido pode ser melhorado. Isso significa que, ao realizar pesquisas de satisfação com clientes, por exemplo, é possível conhecê-los melhor e entender o que realmente desejam. Afinal, aqueles que consomem os seus produtos ou serviços são os que mais podem contribuir com um projeto de melhorias.

Hoje em dia, a internet possibilita que pesquisas de satisfação sejam realizadas com muita praticidade e de forma gratuita, por meio de formulários online. É uma ideia que pode ser colocada em prática em qualquer negócio. Minha sugestão é que seja reunida uma equipe para definir as questões a serem abordadas, sempre levando em consideração aquilo que for mais importante para a organização avançar.

2 – A Importância da Gestão de Pessoas

Considerar os colaboradores por um viés humanizado é parte importante para que as melhorias sejam colocadas em prática. Dizem que a motivação é algo que está dentro de cada indivíduo, entretanto, deve-se considerar que os fatores externos também têm sua influência sobre a forma com que cada um se sente e se comporta. Numa empresa isso não é diferente.

Quando são verdadeiramente valorizados, os funcionários se sentem muito mais motivados a darem a sua contribuição para melhorar a companhia em que trabalham. Então, é fundamental inclui-los no processo, pedindo suas sugestões e, depois, apresentando as mudanças que serão posteriormente implementadas. Os treinamentos são outra opção que podem trazer muitos benefícios para o desenvolvimento da equipe.

3 – Liderança Positiva

Se os colaboradores são parte importante de um processo de melhoria, os líderes também devem ser considerados. Afinal, eles são como maestros e atuam guiando a equipe no caminho que devem percorrer para se atingir os resultados esperados. O ideal é que a liderança seja focada em construir relacionamentos positivos e produtivos para todos, proporcionando um clima agradável e de desenvolvimento e fomentando sempre grandes resultados.

Oferecer cursos de liderança para os gestores é uma ótima maneira de prepará-los para agir com a equipe de forma mais assertiva e para que sejam mais do que apenas chefes. É fundamental que eles saibam como construir uma relação de confiança com seus liderados, para que o compartilhamento de feedbacks seja algo que estimule o crescimento e não visto como uma ferramenta usada apenas para apontar defeitos.

4 – Identificação de Desperdícios

Os desperdícios vão muito além de deixar luzes acesas sem necessidade. Dentro de uma empresa existem diversos aspectos que devem ser considerados para eliminar custos desnecessários, em todos os setores. Em se tratando de TI, por exemplo, é interessante analisar se todas as assinaturas dos softwares adotados pela organização estão sendo usadas. Esse é um detalhe que poucos consideram, mas que pode ser um gerador de despesas desnecessárias.

É preciso enxergar os custos através de outro prisma, pois, muitas vezes, o costume de realizar determinada tarefa de uma mesma forma impede que se perceba que estão sendo utilizados mais recursos do que o necessário. O chamado job rotation, que é a troca temporária dos colaboradores de função, é uma maneira interessante de obter uma nova visão a respeito dos processos e identificar desperdícios.

5 – Investimentos em Marketing Digital

Atualmente, qualquer empresa que deseje se destacar no mercado precisa ter presença online. Além de ter a possibilidade de utilizar diversos tipos de ferramentas para chegar onde o seu cliente está, é possível criar campanhas com orçamento bem menor do que seria em outros veículos de comunicação. Outro ponto positivo está na facilidade de medir o desempenho dos anúncios, possibilitando que se conheça o que traz melhores resultados.

Algumas formas efetivas de marketing digital incluem o uso das redes sociais, anúncios no Google e a inserção de banners em sites que tenham relação com os interesses do seu público. Essa sugestão irá ajudar a melhorar a sua empresa em dois aspectos: otimização de custos e a possibilidade de destinar os anúncios para pessoas que realmente possam vir a se interessar pelo seu produto.

6 – Inovar é Preciso

A inovação é um conceito que tem sido cada vez mais adotado nas empresas. Com a grande concorrência do mercado, é preciso oferecer algo novo para conquistar a preferência dos clientes. Isso pode ser realizado tanto por meio dos produtos ou serviços, quanto através de um atendimento personalizado, para que o consumidor sinta que está sendo valorizado.

Cada organização pode encontrar formas diferentes de inovar, de acordo com os seus objetivos e área de atuação. Como citei em outros dois itens deste artigo, contar com a participação dos colaboradores e ouvir a opinião dos clientes também são formas efetivas de planejar melhor as inovações a serem desenvolvidas e colocadas em prática.

7 – Estabelecer uma Cultura Empresarial

Toda empresa possui uma cultura e ela pode ter sido ou não criada pelos seus donos e líderes. Basicamente, cultura empresarial é o conjunto de comportamentos e valores seguidos pelos membros de uma mesma organização. Quando não há uma cultura oficial, por assim dizer, abre-se espaço para que comportamentos inadequados sejam adotados como um padrão.

Estabelecer uma nova cultura em uma companhia é algo que pode demorar certo tempo e requer muito trabalho. Entretanto, os benefícios obtidos através dessa ação compensam todo o esforço. Uma empresa em que colaboradores e gestores são guiados pelos mesmos valores, consegue melhorias nos mais diversos aspectos, que vão desde um clima mais agradável e produtivo até uma maior satisfação dos seus clientes.

Para que as ideias de melhoria sugeridas sejam implementadas com sucesso, é fundamental que haja o envolvimento em todos os níveis dentro da organização, das lideranças aos funcionários. A contribuição de cada um é realmente capaz de promover transformações positivas e resultados extraordinários. Lembre-se disso, aproveite e coloque estas ideias e melhore sua empresa continuamente.

Copyright: 373330723 – https://www.shutterstock.com/pt/g/skintonestudio

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/ideias-para-melhorar-a-empresa/

BAIXAR O PDF
close-link