Se errar faz parte, aprender com os erros é essencial!

Se errar faz parte, aprender com os erros é essencial!

Sim, errar é humano. Desculpar-se pela falha é um ato de reconhecimento e humildade. Porém, mais do que apenas sentir muito pelo erro, é essencial buscar pela correção do mesmo. Seja por meio de ações que possam consertar a situação ou de estratégias que evitem a repetição. Então, o artigo de hoje vai ensinar a como não se enganar? De modo algum, pessoa querida! Você, eu e todo mundo vamos errar ainda até o fim da vida. Meu objetivo é que você crie a consciência de alguns pontos fundamentais a respeito de situações negativas que não estamos esperando. Saiba quais são eles ao continuar a ler esse texto.

Permita-se aprender com seus erros

Errar faz parte da nossa história, dos nossos aprendizados, do processo evolutivo e de ressignificação. A grande questão é não fazer das suas dificuldades como motivo para cometer erros. Será mesmo que você não está se programando para cometer errosno lugar de acertos? Pense nisso, pois quando nos acostumamos a nos desculpar, é possível que, desde o início de algo, podemos estar nos programamos mentalmente para errar.

Se ontem você cometeu um erro no trabalho, o que vai fazer hoje para que este mesmo erro não se repita? Se você falou algo negativo para seu amigo e acabou ofendendo a pessoa, você vai continuar a repetir o que lhe desagradou? Do mesmo modo, se você se atrasou um compromisso muito importante e perdeu uma grande oportunidade de negócio ou trabalho, vai fazer o mesmo da próxima vez?

O problema não é errar, mas sim estar ciente do seu erro e não fazer nada de diferente para evitar repeti-lo no futuro. Quando ignoramos nossos pontos de melhoria acabamos fazendo sempre tudo igual, tendo os mesmos resultados e sofrendo da mesma forma as consequências desta falta de mudança.

Pense nisso e procure desenvolver um comportamento mais assertivo em sua vida pessoal e profissional, observe onde você está errado, como está errando, onde pode melhorar e defina o que pode fazer a partir de agora para mudar isso. Livre-se do rótulo daquele ou daquela que “sempre faz tudo errado” e não pelos outros, mas por você, por sua vida, por sua felicidade, por seus sonhos e resultados.

 

Passo a passo para consertar as falhas

Confira um guia simples de como reagir aos erros na sua vida pessoal ou profissional:

  1. Previsão: o primeiro passo é fazer de tudo para não errar! É óbvio que tanto no âmbito pessoal quanto profissional devemos fazer o possível para evitar os erros. Seja revisando o planejamento, pedindo conselhos ou refletindo sobre as nossas decisões.
  2. Aceitação: aconteceu algo negativo que estava fora do esperado? Acalme-se! É muito importante entender que, apesar de todo o trabalho físico ou mental, é possível que uma falha aconteça. Simplesmente aceite, afinal ninguém ou nada é perfeito.
  3. Resolução: achou o engano? Hora de corrigir e não de se lamentar! Faça uma análise detalhista, chame por ajuda, reflita, planeje e coloque suas ideias em ação. Seja para corrigir o erro ou para evitar que ele aconteça de novo.
  4. Reconhecimento: essa hora é interessante também pensar sobre quem pode ter ficado magoado com a ação errônea para fazer um pedido de desculpas. Esse é um passo que deve ser avaliado se é necessário, pois depende da situação. Digo isso, pois vale lembrar de que não adianta nada pedir desculpas ao seu chefe, pois o seu superior precisa apenas de uma solução. O pedido de “sinto muito” é válido caso a empresa tenha ferido os sentimentos de um cliente específico ou de um grupo de pessoas. Em âmbito pessoal, o pedido é essencial na maioria das situações.
  5. Culpabilidade: quando o erro está exposto não adianta gastar tempo e sinapses buscando pelos culpados ou se lamentando, caso a culpa seja sua. É necessário fazer a análise clínica que falei acima e tentar resolver da melhor forma possível. Depois, se ainda for preciso, busque pelo “culpado” não para simplesmente apontar o dedo, mas para fazer uma crítica construtiva. Mais um passo em que é preciso avaliar em cada cenário.

Evolua com o coaching

Se você já leu outros textos meus sabe que sou master coach senior, fundador e presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC). Escrevo isso com muito orgulho, pois realmente acredito no trabalho que eu e outros profissionais maravilhosos realizamos no IBC. São horas e horas dedicadas ao estudo e aos melhores formatos de ensinar sobre autoconhecimento, autodesenvolvimento e empoderamento.

Inclusive, o método pode ser uma ótima ferramenta para que você entenda porque você está errando em determinadas situações. Ao conhecer melhor a si mesmo você será capaz de compreender a origem de determinados comportamentos que você tem e como eles podem se transformar para serem menos sabotadores no seu dia a dia. Nesse sentido, a formação Psicologia Positiva, baseada no moderno estudo feito pelo professor Martin Seligman, é muito interessante, pois ela ensina a:

  • Controlar suas reações e sentimentos com a inteligência emocional;
  • Despertar o potencial máximo dos pontos fortes da sua personalidade e das suas capacidades técnicas;
  • Entender quais são suas verdadeiras motivações e reavaliar objetivos de vida;
  • Criar e sustentar planos de ação possíveis e estimuladores;
  • Compreender quais são os efeitos de exercer o pensamento e comportamento positivo no dia a dia;
  • Desenvolver hábitos energizadores;
  • Obter conhecimento de neurociência;
  • Aprender a exercer o autoconhecimento e o autodesenvolvimento diariamente, afinal estamos em constante evolução.

Você irá compreender todos esses conceitos em aulas teóricas e práticas e com atividades. Mais impressionante que o conteúdo exclusivo são os resultados que você terá após as 150 horas de curso. São consequências positivas que poderão ser verificadas em curto, médio e longo prazo tanto no ambiente de trabalho quanto fora dele.

O seu sucesso depende de você

O sucesso é a soma de acertos e erros e, especialmente, dos aprendizados e ensinamentos que tiramos das nossas falhas. São elas que nos fazem crescer, ressignificar, ser mais autoconscientes e ir além. Pense nisso e ouse errar menos e aprender mais!

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/se-errar-faz-parte-aprender-com-seus-erros-e-essencial/

Nem Tudo é Como a Gente Quer!

Nem Tudo é Como a Gente Quer!

É bastante comum que algo que planejamos saia diferente do esperado, afinal, nem tudo é como a gente quer e devemos entender isso. Em muitos casos, essa quebra de expectativa que, em um primeiro momento pode ser decepcionante, se transforma em algo bom, porque nos leva a parar para refletir, rever atitudes, traçar novas rotas e, assim, descobrir novos caminhos. A vida está sempre pronta para nos surpreender, contudo, é importante que saibamos enxergar o lado positivo das reviravoltas que ela dá para utilizá-las ao nosso favor.

Aceitação é Diferente de Comodismo

Em primeiro lugar, é necessário deixar claro que entender que nem sempre as coisas sairão como desejamos é completamente diferente de ser acomodado. Essa aceitação irá permitir que pense melhor a respeito para identificar se não existe alguma atitude sua que esteja comprometendo os resultados. Já a insistência, muitas vezes, te cega e faz com que continue agindo da mesma maneira sem parar para refletir, considerar e redefinir caminhos melhores para conseguir o que deseja.

A ideia ao aceitar que nem sempre tudo acontece como queremos não é a de que se apegue a isso e apenas aceite o que te acontecer, sem reagir ou questionar, tornando-se um mero expectador. Mas sim que veja os sinais que a vida está te enviando e os utilize para pensar, buscar respostas dentro de si e, então, prosseguir, seja seguindo o mesmo plano ou criando um trajeto completamente novo.

Se você tem o sonho de conquistar uma vaga em determinada empresa, por exemplo, e outro candidato é escolhido no processo seletivo, ter a consciência de que nem tudo depende apenas de você irá te fazer refletir. Então, poderá buscar dentro de si respostas a respeito do que realmente deseja, se aquela é mesmo a melhor opção e o que pode fazer para se preparar melhor para a próxima oportunidade. Essa noção de realidade faz com que substitua o sentimento de frustração pela motivação e depois pela ação.

Que Bom Que Nem Tudo é Como a Gente Quer!

Imagino que você deve ter lido com certa estranheza essa afirmação, afinal o que todos querem é que os seus desejos sejam transformados em realidade. Mas, antes de fazer julgamentos, te convido a refletir sobre o seu passado. Pense a respeito de coisas que já desejou em algum momento da vida e que hoje não fazem sentido para a sua realidade. Talvez um emprego, um relacionamento, um projeto ou qualquer outra coisa. Já imaginou se todos esses seus pedidos tivessem sido atendidos? Certamente sua história seria completamente diferente do que é hoje. Tudo tem o tempo certo!

Muitas vezes, desejamos coisas que não são boas para nós e só vamos enxergar isso no futuro, quando olhamos para traz e agradecemos pela forma como tudo aconteceu. Além disso, se tudo fosse sempre como a gente quer, não precisaríamos batalhar para conquistar nossos objetivos, perdendo a chance de aprendermos e nos desenvolvermos.

Portanto, que bom que nem tudo é como a gente quer, pois assim podemos trabalhar para transformar nossas metas em realidade, para adquirir experiências e nos tornarmos cada vez melhores como pessoas, profissionais e seres humanos.

Como Aceitar Que Nem Tudo é Como a Gente Quer

No início, é realmente bastante desafiador aceitar que nem tudo é como a gente quer. Afinal, poucas coisas são tão frustrantes quanto ver suas expectativas sendo quebradas. Contudo, com persistência é possível aprender a lidar com isso de uma forma mais tranquila e construtiva. Confira, a seguir, dicas que irão te ajudar a encontrar essa aceitação.

1 – Desapegue-se

Em primeiro lugar, é importante que aprenda a não depender tanto de outras pessoas ou circunstâncias específicas para ser feliz ou se sentir seguro. Ao deixar de depositar a responsabilidade sobre a sua felicidade em terceiros e tomá-la para si, conseguirá lidar com situações que te fogem do controle com muito mais serenidade. Para conseguir isso é fundamental que se conheça verdadeiramente e desenvolva a autoconfiança. Dessa forma, o inesperado deixará de ser tão assustador e você passará a lidar com ele sem medo e estresse.

2 – Tenha Humildade

Entender que nem tudo é como a gente gostaria que fosse é, acima de tudo, um ato de humildade. Quando tomamos consciência em relação à nossa pequenez diante do universo, passamos a aceitar melhor que, em algum momento, precisaremos traçar novas rotas e recomeçar. Portanto, acredite no seu potencial, nas suas qualidades e habilidades, mas seja humilde para reconhecer que sempre haverá algo novo para aprender, descobrir e aperfeiçoar.

3 – Repense os Seus Objetivos

Antes de se sentir decepcionado por algo ter acontecido de forma oposta ao que esperava, repense suas expectativas e desejos. Afinal, as fases de turbulências e incertezas sempre oferecem grandes oportunidades de transformação. Ao fazer essa reflexão, considere os elementos internos, que são seus sentimentos e emoções, e também os externos, que são as coisas que gostaria que se tornassem realidade. Assim, terá a oportunidade de rever suas prioridades e seus sentimentos em relação a elas, a fim de continuar insistindo ou mudar os planos.

4 – As Perdas Podem Ser Livramento

Outra forma bastante eficaz de aceitar que nem tudo é como queremos é considerando que muitas das situações que acreditamos que são perdas, na verdade, são livramento. Para isso, basta que pense em algo que gosta muito atualmente e que só conquistou após um ciclo ter chegado ao fim no passado. Relacionamentos, oportunidades profissionais, amizades, tenho a certeza de que encontrará ótimos exemplos em sua vida que irão te convencer.

5 – Mantenha o Pensamento Positivo

Por fim, a última dica para que comece a aceitar com naturalidade o fato de que muitas vezes irá perder o controle sobre o que te acontece é que mantenha o pensamento positivo e acredite sempre que o melhor está por vir. O otimismo irá te ajudar a atravessar momentos delicados com serenidade sem perder a fé em si mesmo e na vida de uma forma geral.

Espero que este artigo tenha te inspirado a aceitar e entender que a beleza da vida está também nas incertezas e nas surpresas que ela pode nos revelar. Por isso, busque sempre dar o melhor de si em tudo o que fizer, mas saiba aceitar quando os resultados forem diferentes do esperado, sem se culpar ou culpar outras pessoas. Desejo a você serenidade, sabedoria e luz!

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/nem-tudo-e-como-gente-quer/

BAIXAR O PDF
close-link