A Vida e as Lições Deixadas Por Louise Hay

A Vida e as Lições Deixadas Por Louise Hay

Cada pessoa tem o seu propósito e a missão de vida de Louise Hay foi realizada com maestria. Ela é reconhecida como uma das criadoras do gênero autoajuda na literatura e publicou diversos livros que tinham como objetivo ajudar seus leitores a se amarem mais, honrarem sua história, se conhecerem melhor e se empoderarem.

É sempre inspirador saber mais a respeito da trajetória de pessoas como Louise e é exatamente por isso que hoje irei compartilhar com você um pouco da história dessa mulher extraordinária.

A Trajetória de Superação de Louise Hay

Nascida no ano de 1926 em Los Angeles, nos Estados Unidos, Louise Hay veio de uma família simples e teve uma infância marcada por abusos e problemas familiares. Casou-se ao completar 28 anos de idade, acreditando que o passado realmente tinha ficado para trás. Contudo, quando pensou que estava no auge de sua felicidade, foi deixada pelo marido. Para se recompor, Louise buscou forças em um grupo religioso que estudava as emoções e a mente humana.

Assim, a mulher que teve um passado de sofrimento começou a ver uma luz no final do túnel porque ela encontrou o seu lugar e viu ali algo que realmente a motivava a seguir em frente. O resultado disso foi que descobriu o quanto o pensamento positivo era transformador e que podia, inclusive, impactar na saúde física. Cada vez mais envolvida e interessada por essa área, tornou-se uma especialista e publicou diversos livros sobre o assunto.

Em uma de suas publicações mais conhecidas, chamada “Você Pode Curar a Sua Vida”, Louise compartilha como é possível aplicar sua teoria no dia a dia e eliminar os sentimentos ruins que fazem mal para o corpo e a mente. Esse livro tornou-se um best seller e vendeu milhares de cópias, tendo sido traduzido para trinta idiomas. Suas obras somadas venderam mais de um milhão de exemplares em todo o mundo.

A trajetória dessa grande mulher se encerrou no dia 30 de agosto de 2017, quando faleceu aos 90 anos de idade, durante um sono tranquilo, em sua casa. Entretanto, seu legado ficará marcado para sempre na memória e no coração daqueles que foram, e ainda serão, tocados por suas obras.

7 Lições Poderosas Que Podemos Aprender Com Louise Hay

Depois de conhecer um pouco mais a respeito da história de Louise Hay, confira 7 lições poderosas que podemos aprender com ela.

1 – Amar a Si Mesmo é Milagroso

O amor, por si só, é um sentimento extraordinário e quando se ama a si mesmo muitos milagres podem acontecer. Esse é o fio condutor de todos os livros de Louise, porque é através da autoestima e do amor-próprio que ela afirmava que cada um tinha o poder de transformar a sua vida. Portanto, procure sempre se tratar com carinho e evitar se inferiorizar ou se culpar por suas falhas. Escolha se amar e verá a mágica que pode acontecer!

2 – A Aceitação Leva à Transformação

Algumas pessoas acreditam que a insatisfação seja necessária para levar à transformação, mas para Louise o que acontece é completamente o contrário. Se um indivíduo deseja emagrecer, por exemplo, se maltratar e afirmar que não gosta do seu corpo apenas fará com que o processo seja desgastante, o que possivelmente irá comprometer o seu sucesso. Contudo, quando há aceitação, a mudança de hábitos se transforma em algo prazeroso e agradável, tornando-se uma verdadeira demonstração de autocuidado.

3 – Quanto Mais Se Agradece Mais Se Recebe

Louise Hay afirmou que ao observar a sua vida e a das pessoas ao redor percebeu o quanto o universo valoriza a gratidão. Então, viu que quanto mais agradecia, mais benefícios recebia. Por isso, comece agora mesmo a agradecer por este dia que está vivendo, por estar respirando, fazendo a leitura deste artigo. É assim, através de coisas simples, que tornará o ato de ser grato um hábito. A propósito, receba minha gratidão pela visita em meu blog, é uma honra compartilhar conhecimento com você.

4 – Faça da Felicidade o Seu Maior Objetivo

Se formos parar para pensar, o objetivo de todos nós é sermos felizes. Foi pensando nisso que Louise disse que devemos fazer da felicidade e da alegria o centro do nosso mundo. Dessa maneira, viver na prática essa busca é de grande importância para que a meta seja alcançada. Por isso, lembre-se sempre das coisas que te faziam sorrir na infância e leve-as por toda a vida, encontrando maneiras de se divertir em tudo o que fizer.

5 – O Poder Reside no Presente

O passado ficou para trás, o futuro é desconhecido e é no presente que as coisas acontecem, por isso não é à toa que ele tem esse nome. Nesse sentido, receba o seu presente de braços abertos e desfrute dele ao máximo, fazendo coisas que te deixem verdadeiramente feliz. Vá em busca dos seus sonhos, esteja ao lado dos seus entes queridos, aprenda coisas novas, cuide de si. Dedique-se a isso e descubra o universo de possibilidades que a vida pode oferecer.

6 – Dê o Primeiro Passo

Independente do quão grandioso seja o seu objetivo, dê o primeiro passo, mesmo que seja pequeno, ele pode ser o início de uma grande conquista. Lembre-se que feitos grandiosos também tiveram um começo, pois, assim como uma grande construção um dia foi um amontoado de tijolos, você tem todas as condições para se desenvolver e buscar o que deseja. Apenas comece e verá onde é capaz de chegar.

7 – Você é o Mestre da Sua Vida

O último dos 7 ensinamentos deixados por Louise Hay que gostaria de compartilhar é que você é o mestre e protagonista da sua mente e, portanto, da sua história. Por isso, honre o seu papel, assuma a responsabilidade pelo que lhe acontece e descobrirá o quanto é forte, capaz de superar qualquer obstáculo e criar a sua própria realidade.

Espero que tanto a história de vida quanto as lições deixadas por Louise Hay tenham te inspirado a buscar se amar e se desenvolver cada vez mais. Aproveite para compartilhar este artigo em suas redes sociais para que mais pessoas conheçam o legado desse ser de luz extraordinário!

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/vida-e-as-licoes-deixadas-por-louise-hay/

Depressão tem cura?

Depressão tem cura?

Em nossa vida, de modo geral, sempre acontecem coisas que nos deixam tristes e meio abatidos. Até ai, ok, afinal, estes acontecimentos fazem parte da nossa história e são inevitáveis. Entretanto, quando a tristeza se torna uma presença constante, isso já não é normal, e pode ser sinal de depressão.

Esta doença é um distúrbio psicológico grave que afeta nossa motivação, nosso sono, nossa vontade de se alimentar, trabalhar, se relacionar e fazer as coisas que antes nos davam entusiasmo, felicidade, prazer e bem-estar. Segundo estudiosos no assunto, os fatores que levam à depressão podem ser de origem biológica, genética ou psicossocial e, quando somados, eles podem potencializar ainda mais o quadro e ajudar no processo depressivo da pessoa.

Outra pesquisa aponta ainda que 50% das pessoas que têm depressão acabam tendo uma ou mais recaídas mesmo após realizarem uma intervenção adequada. Olhando por esta perspectiva, podemos dizer que a doença não tem cura, mas sim tratamento. Entretanto, o que dizer dos indivíduos que se dizem realmente curados da depressão?

São estes fatores que vamos analisar e levar em consideração ao longo deste artigo, para que você entenda um pouco melhor os mecanismos desta, que é uma das doenças que mais têm atingido as pessoas nos últimos tempos. Confira:

 

 

Como diferenciar tristeza de depressão?

 

É comum, ao longo de nossa vida, em momentos específicos, que nos sintamos tristes. Seja por ter perdido um ente querido, pelo término de um relacionamento, pela perda do emprego, por achar que não conseguimos alcançar objetivos e realizar sonhos, enfim, todos estes podem ser motivos que causam tristeza em todos nós, em maior ou menor grau. Porém, é comum também que, conforme o tempo passa, a gente vá se recuperando e encontrando novos motivos para sorrir e seguir em frente diariamente, concorda comigo?

Neste caso, estamos falando de momentos de tristeza e que logo vão passar. Entretanto, quando falamos em depressão, estamos falando de um quadro de angústia, misturado com ansiedade, falta de interesse em realizar atividades que antes eram prazerosas, desânimo, sentimentos de medo, entre outros, que simplesmente demoram a passar ou realmente não passam. Tudo isso, pode ser acompanhado de dores constantes, no corpo, na cabeça, no estômago, e outras, que surgem e não possuem explicação médica.

Estas são algumas das diferenças que podem ser identificadas entre depressão e tristeza. Ficando atento a estes pontos e sintomas, você vai conseguir identificar se você mesmo ou alguém ao seu redor está passando por algum momento de dificuldade e tristeza ou se trata-se de algo mais sério, que necessita de acompanhamento médico e especializado.

 

O que pode causar a depressão?

 

São diversos os fatores capazes de desencadear um processo depressivo. Para identificá-los, é necessário um acompanhamento de perto, por especialistas como, psiquiatras, psicólogos, neurologistas, entre outros, para que assim seja determinado o diagnóstico de depressão ou não. Veja a seguir o que pode causar esta doença:

 

Alterações cerebrais

 

Sabe-se que pessoas que sofrem com depressão, passam por alterações físicas em seus cérebros, o que pode ser uma das explicações para a causa da doença. Entretanto, é importante ficar atento, pois ainda não há conhecimento sobre quais são exatamente as mudanças que ocorrem.

 

Genética

 

Pesquisas apontam que é mais comum que a depressão aconteça em indivíduos que têm

parentes que também estão sofrendo com a doença. Porém, ainda existem estudos para determinar quais são os genes que estão envolvidos no surgimento de um processo depressivo.

 

Causas hormonais

 

Algumas alterações físicas podem causar certo desequilíbrio em determinados hormônios, o que pode ser uma das explicações para o surgimento da depressão. O que se sabe, é que estes desequilíbrios podem surgir tanto na gravidez, quanto no aparecimento de distúrbios, como os da tireóide, e também o surgimento da menopausa e andropausa.

Químicas cerebrais

 

A química natural do cérebro humano é causada diretamente pelos neurotransmissores. Ao longo do tempo, as mudanças em suas funções, seus efeitos, bem como a maneira como estes neurotransmissores interagem com os demais circuitos cerebrais, vão sofrendo modificações, o que pode ser uma das causas da depressão.

 

Depressão – Superação pelo Poder Interior!

 

Além de terapia, do acompanhamento psicológico e psiquiátrico e, do uso de medicamentos, muitas pessoas também buscam outros recursos como apoio espiritual e tratamentos alternativos para ajudar a vencer a doença. O apoio da família e dos amigos também é essencial neste processo de melhoria, pois os fatores que levam ao desenvolvimento da doença são diversos e o respeito à pessoa é essencial para que ela ganhe novas forças, compreenda seu estado e aprenda a lidar com o problema de maneira assertiva.

À primeira vista ressignificar esta tristeza frequente parece uma tarefa impossível para quem está sentindo-se tão vazio e não vê nenhum sentido na vida, mas acredite, se a pessoa for motivada, acolhida, compreendida, amada e respeitada, ela se sentirá mais forte e capaz de encarar sua depressão e substituir esta melancolia por mais otimismo em relação a si e ao mundo.

A junção de intervenções, aliada a uma compreensão maior de quem a pessoa é e do que ela ainda pode ser, é essencial. Digo isso porque a depressão apaga das nossas expectativas, sonhos, motivações, planos e nos faz crer que tudo acabou, quando na verdade, a vida é um infinito de possibilidades.

Todos nós temos pontos de melhoria, problemas, dilemas, falhas e crises com as quais temos que lidar. O segredo é não se entregar. A força está em conhecer o nosso poder interior, nossos dons, talentos e valor próprio, pois quando nos valorizamos e nos reconhecemos; também nos tornamos mais próximos de nós mesmos, aprendemos quais são os nossos limites, direcionamos melhor os nossos passos e podemos viver de forma mais plena.

Perdas, mágoas, traições, dores, por piores que sejam; não podem ser uma sentença para uma doença tão grave e avassaladora, que tira a nossa luz e tenta apagar a nossa chama, toma conta da nossa vida. Precisamos sempre caminhar, seguir em frente, se não conseguirmos sós, que seja com a ajuda de especialistas, família e amigos, só desistir que não pode ser uma opção.

A vida é um descobrimento diário e até o que acontece de ruim pode nos ajudar a crescer. Permita-se reconhecer que precisa de ajuda, trate o que maltrata você, resista e lute por si mesmo. Quando o sorriso voltar ao seu rosto verá como o bom da vida é viver, aprender, crescer, cair, levantar e prosseguir. Siga por você e por aqueles que ama. Valerá a pena!

 

Copyright: 572362216 – https://www.shutterstock.com/pt/g/yupa%20watchanakit

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/depressao-tem-cura/

O Autoconhecimento e o Poder do “Conhece-te a ti mesmo”

O Autoconhecimento e o Poder do “Conhece-te a ti mesmo”

A expressão “conhece-te a ti mesmo” é a definição mais simples do autoconhecimento. Eu acredito que quanto mais me conheço, mais tenho a capacidade de me curar e de me potencializar. E isso coopera ativamente para o meu empoderamento. Essa filosofia é verdadeiramente poderosa e muito significativa na minha vida, pois vivo tudo isso diariamente.

Experimento o desenvolvimento desse pensamento com a minha família, amigos, colaboradores e alunos durante minhas atividades de trabalho e em todos os treinamentos, palestras e cursos que ministro. Com essas atividades, eu descubro novas possibilidades em mim mesmo, intensifico e potencializo o meu eu interior. Além disso, fico em constante redescoberta de maneiras que me tornam um ser humano e de luz cada vez melhor.

 

O que é se conhecer por dentro

 

O autoconhecimento é uma profunda investigação interna de características, desejos, medos, habilidades e sonhos. Não é apenas saber o que compõe nossa personalidade, mas também aqueles as virtudes e os elementos sabotadores que podem estar escondidos. A principal intenção é a evolução incessante: compreender quais são os pontos para se desenvolver e quais são aqueles que devem ser controlados, pois não estão ajudando.

 

Conhece-te a ti mesmo e tenha benefícios

 

Praticar o conhecimento de si mesmo é um know-how (“saber como”, em português) que capacita a percepção que temos de nós mesmos. Quanto mais nos entendemos, mais nos aprimoramos e nos conectamos com a nossa essência. Saber como somos no mais profundo de nosso ser é uma forma de criar honra, amor e respeito pela luz e sombra que nos formam.

Esse estudo interno denso é determinante para que saibamos atuar como dono das próprias decisões e escolhas e para que sejamos condutores do próprio caminho. Só dessa maneira, é possível direcionar forças para evoluir e caminhar ao encontro do que você tem de melhor e a transcender os pontos que precisam ser aperfeiçoados.

Uma famosa frase do livro “O Pequeno Príncipe”, escrito por Antoine de Saint-Exupéry, define bem a necessidade de entender a si mesmo: “É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros.”. E não é verdade, pessoa querida? A autocorreção de características sabotadoras só é possível quando há esse entendimento. Sem arrogância e com humildade é possível encontrar o que há de errado com nós mesmo. Sem esse progresso é provável que fiquemos dando voltas e voltas com coisas que podem ser irrelevantes. É perda de tempo, gasto de energia e falta de foco.

Toda ação está em contexto, pois há sempre algum acontecimento agradável ou desagradável por trás dos comportamentos. Para direcionar e domar corretamente as emoções e equalizar o nosso comportamento com práticas assertivas é fundamental conhecer melhor a si mesmo.

Essa consciência é essencial para a vida profissional e pessoal. Imagine como é mais fácil lidar com problemas no ambiente de trabalho. Afinal, não haverá desespero para resolver uma situação desconfortável se você já sabe quais características possuem que podem ajudar s solucionar o que não está certo. Mais do que isso: ter a humildade de pedir ajuda para a pessoa certa, caso seja necessário.

 

O poder do autoconhecimento

 

Nas circunstâncias que enfrentamos os nossos maiores segredos, medos e alegrias, o autoconhecimento é um aliado poderoso e eficiente que ajuda a domar os impulsos desordenados, proporcionando um maior equilíbrio de nossas emoções. Saber o fundamento das ações e reações que praticamos mostra o quanto temos conhecimento do que sentimos e domínio sobre as nossas atitudes.

Ter conhecimento de si próprio é como se olhar a cada momento com uma lupa e perceber os detalhes invisíveis aos olhos nus. O autoconhecimento é aprofundar a forma que olhamos para nós mesmos, porque cada ser humano tem uma dualidade própria, construída a partir dos seus valores, crenças e experiências de vida. Olhar com clareza é reconhecer qual é o seu limite e quem você é de verdade. É algo transcendental, porque você sai da superficialidade e mergulha profundamente em sua essência, nas suas maiores capacidades e limitações.

 

Conhece-te a ti mesmo

 

Há mais de dois mil anos, o filósofo Sócrates disse “conhece-te a ti mesmo” e isso é uma reflexão importante até hoje. Essa é a única maneira como você se conhece através dos sentidos e de tudo aquilo que exterioriza em palavras, gestos e ações. É a chave para assumir o que já possui de extraordinário e o que ser melhorado e unir essas duas capacidades para alcançar sonhos.

É nesse momento que voltamos às questões centrais da humanidade, tais como: “Quem sou eu?”, “Por que o mal existe?”, “O que é a vida e o que posso fazer dela?”, “Qual o sentido da minha existência?” e “O que posso deixar de bom para as pessoas que convivem comigo?”.

Todas estas questões existenciais e filosóficas dão uma abertura para que a pessoa passe a analisar seu próprio estado de vida. São os argumentos universais que há séculos despertam a curiosidade de saber mais sobre nós mesmos e sobre o mundo.  É no autoconhecimento que o ser humano passa a se observar e a se importar como as práticas exteriores, ou melhor dizendo, com o que comunica ao mundo por meio dos seus comportamentos e valores.

Mas para que tudo isso?

 

Dentro do autoconhecimento, importar-se consigo mesmo não é algo voltado somente para o próprio umbigo, vai muito além. É uma percepção da importância que temos nos grupos aos quais pertencemos.

Quais e como são as atitudes e os seus reflexos? Qual é a postura que você tem nas mais diversas situações? O que causa felicidade, amor, tristeza, euforia e raiva em você? O que faz você levantar de manhã? Saiba que o autoconhecimento é a solução para todas essas questões, pois nos deixa bem mais fortes e mais seguros sobre a nossa condição enquanto seres humanos em evolução.

O autoconhecimento faz parte de um processo de mudança, da alteração de mindset, da transformação do pensamento, da descoberta da auto capacidade de utilizar os pontos fortes e os pontos de melhorias a favor do crescimento pessoal e humano.  Use-o a seu favor e permita-se ir além!

Deixe seu comentários e compartilhe esse artigo nas redes sociais!

Copyright: 319263485 – https://www.shutterstock.com/pt/g/vmelinda

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/o-autoconhecimento-e-o-poder-do-conhece-te-a-ti-mesmo/

20 Músicas de Superação Que Vão Te Inspirar!

20 Músicas de Superação Que Vão Te Inspirar!

A música é uma arte extraordinária e capaz de suscitar em nós as mais diversas emoções. Quem é que nunca suspirou ao ouvir uma bela canção de amor ou se sentiu animado com uma batida mais agitada, não é verdade? Além disso, muitas letras e melodias são capazes de nos fazer viajar no tempo, recordando memórias e revisitando o passado. Neste artigo falarei a respeito de um estilo em especial, que são as músicas de superação, que podem nos inspirar e motivar a vencer obstáculos e seguir em frente.

 

Músicas de Superação Para Te Inspirar a Seguir em Frente

 

Selecionei uma lista com 20 músicas para te inspirar em uma situação delicada que possa estar passando. Sugiro que dedique um momento do seu dia para ouvi-las na essência, sentindo a melodia e absorvendo as belas mensagens das letras.

 

1 – Tente Outra Vez – Raul Seixas

 

Uma das canções brasileiras mais icônicas quando o assunto é superação, é bastante emocionante e fala que todos têm força para se levantar após uma queda e tentar novamente. Ela diz que é necessário ter fé na vida, em si mesmo e entender que nunca é tarde para cruzar a ponte e vencer.

2 – Mais Uma Vez – Legião Urbana

 

Através de uma bela metáfora, Renato Russo diz que é claro que o sol irá voltar a brilhar. Assim como em nossas vidas, mesmo quando estamos vivendo uma situação delicada, é importante sempre se lembrar de nunca se esquecer que as coisas irão se encaixar e tudo ficará bem.

3 – Amanhã – Guilherme Arantes

 

Outra bela música que usa a metáfora do sol para representar a vida e seus desafios. Guilherme Arantes diz que apesar das dificuldades de hoje, amanhã surgirá uma nova estrada para se trilhar.

4 – Tema da Vitória – Maestro Eduardo Souto Neto

 

Uma bela canção instrumental que costumávamos ouvir aos domingos, sempre que nosso eterno campeão Ayrton Senna entrava nas pistas. Inspire-se com o tema da vitória desse homem que foi, e continua sendo, um grande exemplo de dedicação e perseverança.

5 – Já Deu Tudo Certo – Padre Marcelo Rossi

 

Independente da sua religião permita-se ouvir e se inspirar com essa bela canção. Ter fé de que tudo o que te aflige dará certo irá acalmar o seu coração e fazer com que as soluções se tornem mais próximas.

6 – Anjos – O Rappa

 

A canção da banda brasileira diz que para aqueles que têm fé a vida nunca tem fim. E que, apesar de todos os desafios, a vida é maravilhosa. É o tipo de música que traz uma mensagem positiva e te anima através da melodia que é cheia de nuances.

7 – O Sol – Jota Quest

 

A letra dessa música traz lições que você deve levar para a sua vida. Ela diz que não se deve escutar a dor e o medo, pois eles não levam a nada. Ao invés disso, se deve seguir o caminho do sol, da luz, pois é ele que irá te levar para um lugar que realmente vale a pena estar.

8 – Sorri – Fábio Jr.

 

Uma canção que fala sobre a importância e o poder do sorriso, mesmo quando estamos passando por situações delicadas. Trata-se de uma versão da música Smile, de Charles Chaplin, que diz que quando se sorri é possível perceber que a vida continua.

9 – A Festa – Ivo Mozart

 

Esse é o tipo de música que motiva e anima ao mesmo, pois fala da vida comparando-a a uma festa. É importante deixar as preocupações de lado, o medo, as opiniões dos outros e manter o foco em ser feliz, sempre aprendendo com os erros e tirando lições positivas deles.

10 – Tudo Novo de Novo – Paulinho Moska

 

Uma canção que fala sobre a importância de recomeçar após sofrer uma desilusão ou qualquer outro tipo de sofrimento, sem medo de que aconteça novamente. Além disso, ela diz que se formos pensar bem, nada é tão triste assim, e as dores podem ser superadas.

11 – Um Dia Após o Outro – Tiago Iorc

 

A música fala a respeito da importância de desacelerar, evitar que as preocupações dominem a mente. Assim, é possível se abrir para o novo, que virá para rearmonizar e colocar tudo em seu devido lugar.

12 – Quando o Sol Bater na Janela do Seu Quarto – Legião Urbana

 

Se está passando por um momento delicado, achando que tudo está perdido, ouça essa canção e veja que é possível começar tudo de novo, agora mesmo. Permita que o sol entre pela janela do seu quarto e ilumine a sua vida novamente.

13 – O Sol Nascerá – Cartola

 

O grande mestre Cartola nos fala, através dessa singela canção, que devemos levar a vida sempre de forma positiva, cultivando bons pensamentos e com um sorriso no rosto.

14 – Eye of the Tiger – Survivor

 

Uma canção que se tornou um ícone quando o assunto é superação, pois foi tema do filme Rocky: Um Lutador, um grande sucesso do cinema. Assim como o personagem venceu, você também é capaz de se tornar um campeão nas suas batalhas diárias. Acredite!

15 – Chariots of Fire – Vangelis

 

Esta é uma música instrumental, mas, mesmo sem letra, tenho a certeza de que a melodia irá te inspirar. É conhecida como o hino dos maratonistas, atletas que superam seus limites diariamente, seja nos treinos ou nas competições.

16 – Hero – Mariah Carey

 

Uma canção que fala sobre o herói que existe dentro de ti e que todas as respostas que busca estão em sua alma. Permita-se encontrar esse herói e verá que nenhuma dificuldade será capaz de te vencer.

17 – We Are The Champions – Queen

 

A música fala sobre os erros que fazem parte da vida e que, depois ao superá-los, todos tornam-se verdadeiros campeões. Permita-se se tornar também um vencedor, você é capaz!

18 – Man In The Mirror – Michael Jackson

 

A canção nos convida a fazer uma reflexão a respeito de quem somos, como se estivéssemos olhando no espelho. Esse é o primeiro passo para construirmos um mundo melhor, repensarmos as nossas atitudes para que a transformação se inicie dentro de cada um.

19 – Beautiful Day – U2

 

Uma canção que fala sobre o quanto o dia pode ser maravilhoso, basta que saibamos apreciá-lo e não o deixemos escapar. Aproveite para observar o mundo ao seu redor, à paisagem, o céu, aprenda a apreciar cada detalhe e terá um dia extraordinário.

20 – Happy – Pharrell Williams

 

A superação requer força e uma das melhores maneiras de recarregar as energias é através da positividade. Essa música do cantor norte americano Pharrell Williams vai te contagiar. Aproveite para arrastar os móveis da sala e dançar, sem julgamentos, permita-se.

21 – Grandes Coisas – Fernandinho

 

 

Por fim, um bônus especial, pois quero compartilhar esta bela canção do Fernandinho, da qual eu gosto muito, e que, para mim, é uma verdadeira lição de motivação, fé, esperança, amor e que nos ensina a acreditar que o melhor sempre está por vir sempre.

Espero que essas músicas te ajudem a renovar suas esperanças e a sentir-se mais otimista em relação a si mesmo e à sua vida. E você, quais são as músicas que não podem faltar na playlist de inspiração? Comente abaixo quais são as suas favoritas e, claro, compartilhe também essa seleção de canções de superação e passe as boas energias adiante!

Copyright: 252854674 – https://www.shutterstock.com/pt/g/everythingpossible

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/motivacao/20-musicas-superacao-vao-inspirar/

Conheça as Armadilhas da Mente Humana

Conheça as Armadilhas da Mente Humana

mente humana é maravilhosa e capaz de realizar coisas extraordinárias. Contudo, aqueles que não têm o controle sobre seus pensamentos e emoções tornam-se vulneráveis às armadilhas da mente, que são fruto de crenças limitantes e de uma mentalidade bloqueadora. Quando um indivíduo se deixa levar por ideias do tipo “eu não vou conseguir” ou “isso não é para mim”, por exemplo, está permitindo que elas o aprisionem e impeçam o seu desenvolvimento em todos os sentidos.

Se você deseja se libertar de uma vez por todas dessas armadilhas nocivas, comece por identificar e entender cada uma delas, pois a melhor forma de lidar com o “inimigo oculto” e conhecendo-o em suas profundezas. Busque este caminho, uma vez que o reconhecimento dos pensamentos incapacitantes é o primeiro passo para se livrar deles e vencer.

 

As 4 Armadilhas da Mente Humana e Como Superá-las

Apresento a você as quatro armadilhas da mente humana. Enquanto lê, reflita se tem repetido alguma delas em seu comportamento. Se estiver, evite se culpar e se sentir incapaz, pois, assim, estará se aprisionando cada vez mais. Faça diferente, ouse mudar a sua atitude e torne-se livre de tudo o que te impede de crescer.

 

Armadilha 1: Conformismo

Os conformistas são aqueles que aceitam a todos os acontecimentos de suas vidas por acreditarem que são obras do destino e que, por essa razão, nada podem fazer para mudá-los. Realmente existem situações que não temos o poder de mudar, mas sempre é possível decidir como as coisas irão te afetar, se de uma forma positiva ou negativa. Qual você escolhe? Além disso, grande parte do que acontece conosco é fruto de nossas ações e podemos sim agir na direção de buscar o que julgamos ser o melhor para nós.

Continuar em um emprego que não te dá satisfação por estar acostumado com aquela situação é um exemplo de conformismo. O mesmo vale para relacionamentos e mais uma infinidade de questões relacionadas a todas as áreas da vida. As pessoas se aprisionam em suas zonas de conforto e acreditam que, dentro delas, estarão livres de sofrimento. O preço a ser pago é alto: privar-se de conquistas e realizações e viver sempre pensando no que poderiam conquistar se tivessem agido de forma diferente.

 

Armadilha 2: Coitadismo

O coitadismo se refere a aqueles que, quando estão passando por uma situação delicada, sentem pena de si mesmos, colocando-se sempre como vítimas. Trata-se de um nível um pouco mais elevado de conformismo, pois, além de não fazerem nada para mudar, colocam-se como coitados, seres incapazes de agir. Então, eu lhe pergunto: que história você quer contar da sua história? Deseja ser o protagonista ou a vítima de tudo o que acontece?

Se no conformismo o indivíduo cria crenças limitantes, no coitadismo ele as utiliza como argumentos para a sua falta de ação. Com isso, está o tempo todo repetindo que não é capaz, que tudo dá errado para ele, que é azarado e mais uma série de frases ditas por alguém que se considera um verdadeiro derrotado. Pessoas com um potencial maravilhoso desperdiçam seus talentos através dessa armadilha da mente.

 

Armadilha 3: Medo de Reconhecer Falhas

Todo ser humano tem uma série de qualidades, mas também tem aqueles pontos que precisam de melhoria, isso é natural e faz parte da vida. Entretanto, existem indivíduos que se tornam prisioneiros de outra armadilha da mente, que é o medo de reconhecer suas falhas. Eles acham que falhar é um sinal de fraqueza e se esquecem de que é algo que faz parte do processo de crescimento. Então, além do desejo de esconder os erros, ainda se sentem inferiores por tê-los cometido.

Saiba que, através das falhas, é possível aprender lições valiosas e, também, tornar-se resiliente. Lembre-se que a força de uma pessoa não é medida através da perfeição, mas sim da forma como ela reage perante as adversidades. Pense naqueles indivíduos que admira, seja pela profissão ou pela história de vida, ao procurar saber mais a respeito deles, tenho a certeza de que descobrirá que eles também erraram. O sucesso chega para aqueles que não têm medo de reconhecer suas falhas e sabem utilizá-las como fonte de aprendizado, amadurecimento e crescimento em todos os sentidos.

 

Armadilha 4: Medo de Correr Riscos

Sempre digo o quanto é importante ousar e fazer diferente, ir além. Ser ousado é completamente diferente de agir sem pensar e medir os riscos. Aqueles que estão presos na quarta armadilha da mente, deixam de ir atrás da realização dos seus sonhos por terem medo de falhar e de sofrer. É importante dizer que, quando bem dosado, esse receio ajuda a agir com mais cautela, porém, quando em doses exageradas, se torna incapacitante.

A inovação e a criatividade, características tão apreciadas nos dias de hoje, podem ser comprometidas pelo medo dos riscos. Nesse sentido, um indivíduo que tem uma ideia brilhante deixa de colocá-la em prática por acreditar que pode dar errado, que pode não ser bem aceita. Com isso, deixam de conquistar coisas extraordinárias e que poderiam transformar as suas vidas.

 

Adquira a Consciência do Poder Que Você Tem

As armadilhas da mente fazem com que as pessoas deixem de acreditar em si mesmas e no poder de mudança que possuem. Elas ficam presas a essas ideias nocivas de que não têm capacidade, de que nada dá certo para elas, de que suas ideias não são boas o suficiente. Muito potencial é desperdiçado através desse tipo de pensamento.

Em primeiro lugar, aconselho que invista no autoconhecimento, para que adquira a consciência do quão incrível você é e de todas as qualidades que possui. Evite se cobrar demais, se colocar como inferior e vítima, pois tenho a certeza de que é muito mais do que isso. Assuma o protagonismo da sua história, seja alguém que sabe o que deseja para a sua vida e age para tornar tudo isso real.

Para confirmar que o que eu digo é verdade, pense comigo: assim como a sua mente conseguiu te aprisionar através dessas armadilhas, ela também tem o poder de te levar além. Adote um mindset campeão e permita-se descobrir todo o potencial infinito que possui. Dessa forma, você irá descobrir que o céu é o limite para os seus sonhos.

Se você se identificou com uma ou mais armadilhas da mente, pare agora mesmo de se culpar e se tornar ainda mais vítima das circunstâncias. A melhor forma de vencê-las é agindo e lutando pelo que acredita e que deseja realizar. Comece com pequenas mudanças no seu comportamento e pensamento, se conheça melhor e logo perceberá a evolução acontecendo. Você é um ser brilhante e cheio de luz, não permita que nada e nem ninguém te convença do contrário. Alimente crenças positivas e construa seus resultados extraordinários.

Copyright: 694270600 – https://www.shutterstock.com/pt/g/somjai%20jaithieng

 

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/conheca-armadilhas-mente-humana/

BAIXAR O PDF
close-link