20 Dicas de Como Ter uma Mente Forte - coaching - casule
20 Dicas de Como Ter uma Mente Forte
30/04/2018
Lições de Coaching Para Viver Melhor - coaching - casule
Lições de Coaching Para Viver Melhor
04/05/2018

Traumas de Infância – Como o Coaching Ajuda a Lidar

Traumas de Infância – Como o Coaching Ajuda a Lidar - coaching -casule

Grande parte da personalidade de um indivíduo adulto é moldada no início da vida, por meio da educação recebida através dos pais ou responsáveis e, também, das experiências vividas quando ainda era uma criança. Nesse sentido, os traumas de infânciacostumam ser o principal fator gerador de crenças limitantes e dificuldades emocionais, com destaque para a insegurança, carência, ansiedade, depressão e dificuldade de se relacionar.

A boa notícia é que através da metodologia do Coaching e de suas técnicas efetivas é possível obter ajudar para identificar muitos desses traumas, para entender suas consequências negativas em sua vida atual, como também desenvolver ferramentas específicas para superar ou mesmo ressignificá-los. Na prática, isso representa ter ajuda para curar essas feridas e transformá-las as em oportunidades de desenvolvimento, superação e evolução como ser humano. Sempre é tempo para dar um novo rumo à sua vida, deixar para trás velhos dilemas, pessoas e lembranças negativas e para se tornar o protagonista da sua história!

O Que São os Traumas de Infância?

A palavra trauma costuma ser utilizada para se referir a grandes acontecimentos, como os relacionados a abusos e perdas. Contudo, no âmbito do comportamento humano, os traumas de infância podem ser gerados, também, por situações consideradas por muitos como irrelevantes, como críticas constantes à aparência e ao desempenho escolar, por exemplo, que podem se refletir em autoestima baixa e insegurança na vida adulta.

A verdade é que um trauma pode ser gerado das mais diversas formas na infância, pois se trata de uma fase de inúmeras descobertas, em que o indivíduo está começando a conhecer o mundo e as pessoas ao seu redor. Uma situação considerada comum, como “ser esquecido” pelos pais na escola, pode ser registrada na mente com um sentimento de abandono e rejeição. Então, os acontecimentos vão se somando e podem levar uma pessoa a desenvolver um bloqueio, que poderá impactar no seu comportamento nos mais diversos aspectos no futuro.

Tipos de Traumas de Infância

Existem diversos tipos de situações que podem desencadear em traumas para uma criança. Geralmente, eles são desenvolvidos de forma inconsciente e passam a fazer parte do comportamento do indivíduo sem que ele perceba. Neste sentido, veja quais são os tipos de traumas mais comuns.

Abandono: a sensação de que foi abandonado, pelos pais ou responsáveis, é algo que costuma ter um grande impacto sobre uma criança. Isso pode acontecer mesmo quando não há a intenção real de abandono, como no exemplo que citei anteriormente, de ser deixado algumas horas a mais pelos pais na escola. As principais consequências desse trauma são, por exemplo: carência afetiva, dificuldades para se relacionar e confiar nas pessoas.

Bullying: ser alvo de perseguições e agressões: sejam elas físicas ou verbais, por colegas de escola ou outros indivíduos, pode fazer com que uma criança se sinta humilhada e acredite que é realmente o que essas pessoas dizem. Em casos mais graves, pode-se adquirir a chamada fobia social, que é o medo de se relacionar, depressão profunda entre outros transtornos psíquicos.

Decepção: as crianças costumam ver os pais como seres em quem elas podem confiar plenamente. Quando alguma atitude por parte deles quebra esse laço de confiança, as consequências podem incluir dificuldade de confiar em outras pessoas, tristeza, ansiedade e baixa autoestima.

Rejeição: ter a sensação de que não é aceito pelos pais, colegas, família ou a sociedade de uma forma geral durante a infância, pode levar um indivíduo a se sentir extremamente inseguro, com grandes dificuldades para se relacionar positivamente e com um medo constante de sofrer novas rejeições. Além disso, ele pode apresentar sentimentos de inferioridade e problemas graves de autoaceitação.

Acontecimentos Traumáticos: além das situações citadas anteriormente, existem aqueles traumas que podem ser gerados por acontecimentos traumáticos, como abusos, acidentes e perda de entes queridos, por exemplo. Tudo isso pode se manifestar de diferentes formas no comportamento de uma pessoa e comprometer o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

O Autoconhecimento é a Cura Para os Traumas de Infância

O autoconhecimento é um dos pilares do Coaching e o principal caminho para que consiga curar as feridas do passado e, assim, possa ter uma vida mais plena, feliz, bem-sucedida e saudável e sem os fantasmas do passado. A metodologia utiliza técnicas e perguntas que geram reflexão e auxiliam um indivíduo a se conhecer, a fim de sair do seu estado atual de dor e atingir o estado desejado, ou seja, sem traumas ou crenças limitantes que impeçam seu crescimento e felicidade em todos os sentidos.

Ao voltar-se para si, seus pensamentos e experiências, será possível colocar luz sobre os seus sentimentos e emoções, para que consiga entender a origem deles e curar o que for preciso. Lembre-se que tudo o que viveu fez com que chegasse onde está hoje, e é a forma como está vivendo o tempo presente que irá moldar o seu futuro. Então, acredite, pois é possível se libertar daquilo que te bloqueia, das lembranças, pessoas e sentimentos negativos que te ligam ao passado, virar a página, aprender a sentir, pensar e agir diferente e conquistar tudo o que deseja e merece ter.

A Superação Através da Ressignificação

Após alcançar as respostas sobre os traumas que estão te bloqueando em seu interior e exterior, é o momento de dar um novo significado a eles. Para isso, muitas vezes, é preciso remexer as feridas para entender como estas experiências traumatizantes do passado ainda afetam você hoje. Dessa forma, será possível entender melhor estes acontecimentos encontrar meios para superá-los assertivamente.

No caso de uma educação com excesso de rigidez por parte dos seus pais, por exemplo, muito provavelmente eles agiram assim porque receberam este mesmo tipo de instrução ou porque acreditavam que era o melhor para você. É bastante comum que os pais repassem aos filhos aquilo que eles vivenciaram na infância, porque essa é a única referência de educação que eles têm. Então, cabe a você identificar a intenção verdadeira por trás de algo que te traumatizou, dando um novo significado, se possível, positivo a tudo isso.

Valorize o Aqui e Agora

Voltar-se para acontecimentos passados é importante para que entenda melhor a origem de seus sentimentos, comportamentos e emoções atuais, mas você pode escolher até onde estes eventos vão impactar sua vida. Entretanto, é fundamental que aprenda a deixar o que aconteceu para trás e passe a viver o presente em sua essência. Quando mais você se dedicar ao aqui e agora, sem carregar tantas correntes e dores, melhor poderá ser o seu presente.

Passar a vida remoendo o passado e utilizando sofrimentos como justificativa para não avançar, não irá te levar a lugar algum. Só depende de você colocar um ponto final em todos os sentimentos limitantes que te impedem de se desenvolver, evoluir, crescer, prosperar. Acredite: ainda que seus traumas tenham sido profundos, você pode virar esta página e, com isso, criar o futuro extraordinário que merece ter.

Para isso, é preciso que se conheça, descubra e reconheça todo o potencial infinito que tem e, claro, valorize-se e ame-se de verdade. Permita-se, então, ser ajudado neste processo e deixe seu poder interior aflorar, de modo que sua melhor compreensão dos fatos te ajude a definir seus novos passos. Permita-se deixar estas dores para trás e dê-se uma chance de ser feliz e mais realizado em todos os sentidos. Você merece!

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/traumas-de-infancia-como-coaching-ajuda-lidar/

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.

Comentários

comentários

Tiago Curcio
Tiago Curcio
É Coach e empreendedor nas áreas de saúde e tecnologia. Especialista em Inteligência de Negócios e em Programação Neurolinguística (PNL), adora pedalar e ficar com a família.

Os comentários estão encerrados.

BAIXAR O PDF
close-link
CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.
Close