Errar faz parte (Vídeo Completo)

Errar faz parte (Vídeo Completo)

CLIQUE e inscreva-se no canal:

Confira com Tiago Curcio,  coach da Casule!

 

Errar faz parte

 

Saiba o que fazer.

Facebook ☛ http://facebook.com/clinicacasule
Instagram ☛ http://instagram.com/clinicacasule

Conheça o nosso site ↴
https://casule.com

Meu Blog ↴
https://casule.com/blog #casule

Whatsapp ↴
https://casule.com/yzap

 

Assine o nosso canal! e saiba como ter mais saúde mental e uma vida mais feliz! Gostou do vídeo?
Curta, compartilha e assine o canal pra não perder o que vem por ai! Ser feliz faz parte da vida!
Sonhe, mude de atitude, cuide da sua felicidade!

Assine o Canal de graça e receba as dicas de coaching, fonoaudiologia, nutrição e psicologia sem frescura toda semana!

10 Sinais que Caracterizam a Falta de Maturidade

10 Sinais que Caracterizam a Falta de Maturidade

falta de maturidade nos adultos é um dos seus principais dilemas nos dias atuais. Diferente das crianças e adolescentes, que estão debutando em muitas coisas pela primeira vez, pressupõe-se que alguém mais velho já tenha experiências o suficiente para não ter certos comportamentos e cometer determinados tipos de erros. Este seria o mundo ideal, mas na realidade não é bem assim, pois a imaturidade pode se mostrar em qualquer fase da vida, inclusive no mundo de “gente grande”.

Quando uma pessoa não sabe lidar com alguma situação específica esta imaturidade se mostra visivelmente na forma como ela encara, ou não, aquilo que está ocorrendo ou lhe incomodando. Muitas, inclusive, até mesmo fingem que nada está acontecendo na esperança de que, de forma mágica, aquele problema suma, se resolva e tudo volte ao normal.  No “mundo real” não é bem assim, pois toda ação (ou a falta dela) tem suas consequências e, quanto mais nos negamos a aceitar esta realidade, menos chances nós temos de amadurecer.

Ao crescermos nossas responsabilidades aumentam na mesma medida e, também por isso, quando as dificuldades surgem, não dá para simplesmente fingir ou negar que algo está acontecendo. Se não tomarmos uma atitude, quando voltamos, o nosso problema está exatamente lá, no mesmo lugar, esperando para ser resolvido. É assim no trabalho, nas relações afetivas, sociais e familiares, com as contas do banco, com os desentendimentos com os amigos, pois ser um homem-feito e uma mulher-feita é bom em muitos sentidos, mas também nos cobra grandes responsabilidades.

Portanto, se você deseja se preparar melhor para os desafios da vida adulta, evoluir em sua carreira profissional, melhorar suas relações interpessoais e a forma como administra suas questões, fique atento aos 10 sinais que indicam falta de maturidade e trabalhe para não cometer esses mesmos equívocos.

10 Sinais de Falta de Maturidade

1 – Não Aprender com os Erros

Os erros são nossas grandes fontes de aprendizado. Por isso, repetir as mesmas falhas é um dos sinais de imaturidade, uma vez que indica que a pessoa não está aberta o suficiente para reconhecer seus pontos de melhoria, desculpar-se por seus deslizes e a fazer diferente da próxima vez. E aí, como é isso para você? Reflita!

2 – Não aceitar feedbacks

Outro ponto que indica a falta de maturidade é a dificuldade da pessoa em receber feedbacks, seja em seu trabalho ou vida pessoal. Quando o indivíduo se recusa a ouvir e aceitar que precisa melhorar em determinados aspectos, ele está também se negando a crescer e evoluir, pois todo feedback é uma oportunidade de aprendizado importante e que não deve ser desperdiçada.

3 – Terceirizar sua responsabilidade

O imaturo tende a culpar tudo e a todos por seus erros e faltas, pois tem muita dificuldade em assumir as rédeas da própria vida e de assumir suas escolhas e também os seus percalços. Por isso, quando algo não dá certo, ele sempre acusa alguém de sabotagem, complô e dificilmente assume que fez algo errado. Este comportamento é bastante perigoso, pois indica também a dificuldade em lidar com a rejeição e de se responsabilizar por seus atos.

4 – Dificuldades em Lidar com Diferentes Pontos de Vista

O indivíduo imaturo não consegue se relacionar positivamente com pessoas que possuem pontos de vista diferentes dos seus, pois para ele apenas sua visão de mundo é a que importa ou está correta. Quando alguém fala algo que vai de encontro às suas ideologias, geralmente discute de forma efusiva e parte para um confronto de ideias não muito saudável e, que pode resultar em agressões verbais ou até mesmo físicas.

5 – Discutir Por Qualquer Coisa

Este é mais um dos reflexos do comportamento mencionado acima, pois pessoas com baixo grau de maturidade acabam discutindo por qualquer coisa. Uma de suas características marcantes é a paciência muito curta e os nervos facilmente inflamáveis, o que pode levá-las a ter problemas sérios de relacionamento no trabalho, em sociedade como também em âmbito pessoal.

6 – Levar tudo para o lado pessoal

Seja um toque de um colega de trabalho ou um comentário despretensioso de um amigo de longa data sobre o seu visual, tudo é motivo para que a pessoa imatura leve tudo para o pessoal e conclua que todos estão conspirando contra ela. Por isso, é comum que trate os feedbacks de melhoria ou brincadeiras normais, como a mais pura inveja e que fique mortalmente ressentido quando não é elogiado e reconhecido por todos ao seu redor.

7 – Demonstrar insegurança constantemente

A falta de maturidade se mostra também por meio da insegurança pessoal e profissional. Assim, as pessoas imaturas tendem a ficar o tempo todo reforçando suas qualidades, falando demasiadamente de si mesmas, do quanto são boas nisso ou naquilo, ou mais bonitas, ou mais ricas, famosas ou mais inteligentes e bem-sucedidas. Muitos consideram isso apenas um reflexo de sua vaidade, mas na verdade mostra como estes indivíduos precisam o tempo todo se reafirmar para os outros e para si mesmos, o que ao invés de autoconfiança demonstra mesmo uma grande falta de segurança.

8 – Ter Comportamento Arrogante (Sabe Tudo)

A arrogância neste caso consiste em não aceitar ouvir o outro e em assumir uma postura de sabe tudo. Sempre há algo a aprender com as pessoas ao nosso redor, seja sobre a vida, o trabalho, novas ideias ou ainda sobre quais caminhos não seguir. Portanto, é imaturidade ignorar o que o outro tem a oferecer, bem como não compartilhar o que sabe e ajudar no crescimento do outro, pois toda troca é uma oportunidade de evolução.

9 – Fazer chantagem emocional

Um dos 10 sinais da falta de maturidade é fazer chantagem emocional, ou seja, quando a pessoa faz drama e usa dos bons sentimentos do outro contra a própria pessoa. Isso é negativo, pois demonstra que o imaturo não é capaz de usar argumentos sólidos para convencer o outro de suas ideias e, por isso, acaba usando sempre do apelo emocional para conseguir o que quer.

10 – Não querer crescer

Talvez a característica que resuma todas as demais citadas acima seja a chamada de “Síndrome de Peter Pan”, que faz com que mesmo sendo um adulto, a pessoa aja sempre como se fosse criança e evite, a todo o custo, assumir suas responsabilidades. Isso se mostra por meio de seus comportamentos, da dificuldade de lidar com o mundo e suas cobranças e de assumir o controle de sua vida pessoal e profissional.

Com isso, esta falta de maturidade emocional se torna um grande fator de limitação no que tange o seu desenvolvimento emocional e até mesmo intelectual, uma vez que a pessoa não foca em se preparar para encarar seus desafios e acaba fazendo de sua vida uma constante brincadeira. Deste modo, quando acontece algo importante, a pessoa não sabe como lidar e acaba sentindo-se perdida como uma criança sem os pais.

Agora que você conhece os 10 sinais de falta de maturidade, conseguiu identificar alguma destas características em você ou em alguém conhecido? Como podemos perceber existem muitos indicativos que apontam para o problema e que precisam ser cuidados para não se tornarem fatores de limitação ao sucesso pessoal e profissional. Fique atento e previna-se!

Espero que este conteúdo tenha te ajudado de maneira poderosa a identificar atitudes imaturas. Que ele te inspire a buscar a mudança para que você desperte seu potencial infinito, querida pessoa. O que você pensa a respeito da imaturidade? Como lidar com esta questão? Utilize o espaço abaixo para contar a sua experiência e a sua opinião sobre o assunto. Se você acredita que este conteúdo poderá ajudar outras pessoas,curta e compartilhe em suas redes sociais.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/10-sinais-caracterizam-falta-maturidade/

Se errar faz parte, aprender com os erros é essencial!

Se errar faz parte, aprender com os erros é essencial!

Sim, errar é humano. Desculpar-se pela falha é um ato de reconhecimento e humildade. Porém, mais do que apenas sentir muito pelo erro, é essencial buscar pela correção do mesmo. Seja por meio de ações que possam consertar a situação ou de estratégias que evitem a repetição. Então, o artigo de hoje vai ensinar a como não se enganar? De modo algum, pessoa querida! Você, eu e todo mundo vamos errar ainda até o fim da vida. Meu objetivo é que você crie a consciência de alguns pontos fundamentais a respeito de situações negativas que não estamos esperando. Saiba quais são eles ao continuar a ler esse texto.

Permita-se aprender com seus erros

Errar faz parte da nossa história, dos nossos aprendizados, do processo evolutivo e de ressignificação. A grande questão é não fazer das suas dificuldades como motivo para cometer erros. Será mesmo que você não está se programando para cometer errosno lugar de acertos? Pense nisso, pois quando nos acostumamos a nos desculpar, é possível que, desde o início de algo, podemos estar nos programamos mentalmente para errar.

Se ontem você cometeu um erro no trabalho, o que vai fazer hoje para que este mesmo erro não se repita? Se você falou algo negativo para seu amigo e acabou ofendendo a pessoa, você vai continuar a repetir o que lhe desagradou? Do mesmo modo, se você se atrasou um compromisso muito importante e perdeu uma grande oportunidade de negócio ou trabalho, vai fazer o mesmo da próxima vez?

O problema não é errar, mas sim estar ciente do seu erro e não fazer nada de diferente para evitar repeti-lo no futuro. Quando ignoramos nossos pontos de melhoria acabamos fazendo sempre tudo igual, tendo os mesmos resultados e sofrendo da mesma forma as consequências desta falta de mudança.

Pense nisso e procure desenvolver um comportamento mais assertivo em sua vida pessoal e profissional, observe onde você está errado, como está errando, onde pode melhorar e defina o que pode fazer a partir de agora para mudar isso. Livre-se do rótulo daquele ou daquela que “sempre faz tudo errado” e não pelos outros, mas por você, por sua vida, por sua felicidade, por seus sonhos e resultados.

 

Passo a passo para consertar as falhas

Confira um guia simples de como reagir aos erros na sua vida pessoal ou profissional:

  1. Previsão: o primeiro passo é fazer de tudo para não errar! É óbvio que tanto no âmbito pessoal quanto profissional devemos fazer o possível para evitar os erros. Seja revisando o planejamento, pedindo conselhos ou refletindo sobre as nossas decisões.
  2. Aceitação: aconteceu algo negativo que estava fora do esperado? Acalme-se! É muito importante entender que, apesar de todo o trabalho físico ou mental, é possível que uma falha aconteça. Simplesmente aceite, afinal ninguém ou nada é perfeito.
  3. Resolução: achou o engano? Hora de corrigir e não de se lamentar! Faça uma análise detalhista, chame por ajuda, reflita, planeje e coloque suas ideias em ação. Seja para corrigir o erro ou para evitar que ele aconteça de novo.
  4. Reconhecimento: essa hora é interessante também pensar sobre quem pode ter ficado magoado com a ação errônea para fazer um pedido de desculpas. Esse é um passo que deve ser avaliado se é necessário, pois depende da situação. Digo isso, pois vale lembrar de que não adianta nada pedir desculpas ao seu chefe, pois o seu superior precisa apenas de uma solução. O pedido de “sinto muito” é válido caso a empresa tenha ferido os sentimentos de um cliente específico ou de um grupo de pessoas. Em âmbito pessoal, o pedido é essencial na maioria das situações.
  5. Culpabilidade: quando o erro está exposto não adianta gastar tempo e sinapses buscando pelos culpados ou se lamentando, caso a culpa seja sua. É necessário fazer a análise clínica que falei acima e tentar resolver da melhor forma possível. Depois, se ainda for preciso, busque pelo “culpado” não para simplesmente apontar o dedo, mas para fazer uma crítica construtiva. Mais um passo em que é preciso avaliar em cada cenário.

Evolua com o coaching

Se você já leu outros textos meus sabe que sou master coach senior, fundador e presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC). Escrevo isso com muito orgulho, pois realmente acredito no trabalho que eu e outros profissionais maravilhosos realizamos no IBC. São horas e horas dedicadas ao estudo e aos melhores formatos de ensinar sobre autoconhecimento, autodesenvolvimento e empoderamento.

Inclusive, o método pode ser uma ótima ferramenta para que você entenda porque você está errando em determinadas situações. Ao conhecer melhor a si mesmo você será capaz de compreender a origem de determinados comportamentos que você tem e como eles podem se transformar para serem menos sabotadores no seu dia a dia. Nesse sentido, a formação Psicologia Positiva, baseada no moderno estudo feito pelo professor Martin Seligman, é muito interessante, pois ela ensina a:

  • Controlar suas reações e sentimentos com a inteligência emocional;
  • Despertar o potencial máximo dos pontos fortes da sua personalidade e das suas capacidades técnicas;
  • Entender quais são suas verdadeiras motivações e reavaliar objetivos de vida;
  • Criar e sustentar planos de ação possíveis e estimuladores;
  • Compreender quais são os efeitos de exercer o pensamento e comportamento positivo no dia a dia;
  • Desenvolver hábitos energizadores;
  • Obter conhecimento de neurociência;
  • Aprender a exercer o autoconhecimento e o autodesenvolvimento diariamente, afinal estamos em constante evolução.

Você irá compreender todos esses conceitos em aulas teóricas e práticas e com atividades. Mais impressionante que o conteúdo exclusivo são os resultados que você terá após as 150 horas de curso. São consequências positivas que poderão ser verificadas em curto, médio e longo prazo tanto no ambiente de trabalho quanto fora dele.

O seu sucesso depende de você

O sucesso é a soma de acertos e erros e, especialmente, dos aprendizados e ensinamentos que tiramos das nossas falhas. São elas que nos fazem crescer, ressignificar, ser mais autoconscientes e ir além. Pense nisso e ouse errar menos e aprender mais!

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/se-errar-faz-parte-aprender-com-seus-erros-e-essencial/

BAIXAR O PDF
close-link