Conheça 15 Características de um Administrador Moderno

Conheça 15 Características de um Administrador Moderno

Quem é o administrador moderno? O que ele faz de diferente? Como administra uma empresa? Quando falamos em gestão de empresas é fato que as características de um administrador são decisivas para que o gerenciamento do negócio seja efetivo e congruente com o que deseja conquistar.

De maneira geral vemos na figura do administrador um profissional que tem grandes responsabilidades. Para isso precisa ter visão sistêmica e cuidar do funcionamento pleno da organização no que tange tantos os seus processos técnicos como humanos. Também é aquele que deve buscar soluções para os problemas, identificar e eliminar os gaps e criar estratégias eficientes para a empresa crescer cada vez mais.

Por tudo isso e mais um pouco, podemos dizer que os desafios do administrador moderno são muitos e, que eles aumentam à medida que a competitividade empresarial aumenta também. Sendo assim, é essencial estar preparado para todas estas mudanças e movimentos, ter um desempenho acima da média e que realmente permita administrar um negócio e fazê-lo ter sucesso em todos os sentidos.

15 Características do Administrador Moderno

A melhor forma de se adaptar ao meio é entender quais são as suas exigências e traçar planos efetivos para gerenciar a empresa da melhor maneira possível. Para isso, é importante desenvolver algumas características, vamos conhecê-las então:

Flexibilidade – nada de ficar dando murro em ponta de faca. O administrador moderno sabe bem que é importante reconhecer logo quando uma ação ou estratégia não surtiram os efeitos desejados. Isso demonstra sua flexibilidade, abertura para o novo e que entende quando é hora de dar um passo adiante e partir para novas ideias.

Timing – tempo é dinheiro e dinheiro perdido não volta fácil. Portanto, é preciso ter timing para reconhecer as boas oportunidades e aproveitá-las na hora e do jeito certo. Isso é o que torna as empresas competitivas – a capacidade de avaliar as situações e sempre tirar o melhor proveito delas.

Comunicação efetiva – ontem, hoje e sempre ter uma comunicação efetiva é e sempre será um diferencial competitivo do administrador moderno, uma vez que saber comunicar-se de forma positiva com sua equipe, colegas, parceiros e clientes; é fundamental para que os resultados sejam alcançados. Isso compreende saber negociar, dar e receber feedbacks, delegar as tarefas corretamente, apresentar sua ideias com clareza e ter a habilidade de ser entendido.

Valoriza a equipe– valorizar e reconhecer o trabalho da equipe é uma das características do administrador moderno. Este líder entende que as pessoas são o principal combustível da empresa e, como tal, merecem ser estimuladas, patrocinadas, ser foco dos investimentos da organização e reconhecidas por seu desempenho e comprometimento com os resultados.

Lidera pelo exemplo – a liderança pelo exemplo é uma das principais habilidades do gestor atual, uma vez que mais do que nunca, os liderados buscam exemplos positivos, ou seja, líderes que, mais que falar possam realmente ser referência naquilo que pregam e, em todos os sentidos, profissionais congruentes com seus discursos.VOCÊ É FELIZ?

Liderança Servidora – Para ser um administrador moderno e eficiente, você precisa ser capaz de liderar seus funcionários de maneira eficiente e servidora. A liderança servidora é fazer aquilo que sua equipe faz, ou seja, ensinar e executar. Liderar pelo exemplo. Muita responsabilidade vem com ser um lider, e ser capaz de liderar uma equipe é necessária.

Experiência – Se você não tem experiência em trabalhar em um ambiente profissional e liderar uma equipe, será difícil se tornar um administrador. Uma ótima maneira de ganhar experiência em um papel de gerenciamento é ser voluntário, seja dentro de seu campo ou com uma organização sem fins lucrativos. Peça para ajudar a gerenciar e produzir eventos, seja arrecadando dinheiro para uma organização ou organizando um evento.

Comunicação assertiva – Ser capaz de se comunicar com sua equipe é necessário quando se é um administrador eficiente. Isso não significa apenas comunicar deveres e expectativas de trabalho, ou seja, ouvir sua equipe e trabalhar com ela para produzir resultados dentro do ambiente de trabalho onde você lidera. 

Conhecimento – Todo administrador tem que ter conhecimento e ser bom no que faz. Isso é fator obrigatório para administrar qualquer negócio. Existe diversos cursos espalhados por aí e pela internet que garantem essas habilidades. Uma pós-graduação ou curso de coaching também são grandes investimentos. Você também pode obter um certificado em gerenciamento de projetos, empreendedorismo, ética ou gerenciamento de recursos humanos.

Organização – Se você não é um administrador organizado, com certeza seus colaboradores não serão. Um líder lidera pelo exemplo. Existem muitos cursos pela internet que pode te ajudar nisso. Outra opção é adquirir um aplicativo de planejamento pessoal em seu smartphone para te ajudar a lembrar de seus compromissos e tarefas a serem concluídas diariamente. 

Gerenciamento de tempo – Outro fator importante para ser um administrador de sucesso é o gerenciamento de tempo. Se você chega atrasado todos os dias, ou atrasa seus compromissos, seus funcionários podem pensar que é aceitável atrasar-se. O gerenciamento de tempo também é importante quando se trata de priorizar seu dia, certificando-se de que você tenha tempo para se comunicar com seus funcionários e atingir metas durante a semana.

Confiabilidade – Um administrador precisa ser confiável. Isso significa estar disponível para seus funcionários, fazer as coisas que você disse que faria e apoiar sua equipe, no entanto, necessário.

Delegar tarefas – Se você não souber delegar projetos e tarefas, seu papel como administrador será muito mais difícil. Não tenha medo de pedir a seus colaboradores que ajudem a concluir uma tarefa. Você pode achar que é mais fácil fazer tudo sozinho, mas isso aumentará mais tarefas a sua agenda. Permita que seus funcionários façam o que foram contratados para fazer. 

Confiança – Para ser um administrador eficaz, você precisa estar confiante em suas habilidades, experiência e decisões. Isso não significa que você precisa ser arrogante ou sentir que é melhor do que seus funcionários. Mas você está em um cargo de administrador por uma razão, então tenha orgulho e seja uma inspiração para sua equipe.

Respeito pelos funcionários – Se você não respeita seus funcionários, definitivamente haverá tensão em seu local de trabalho. Esteja ciente de seu tempo e habilidades, seja capaz de ouvir e se comunicar com eles, e seja propagador de conhecimento e orientação.

Estas são algumas das características do administrador moderno, das coisas que ele prega e faz diariamente nas empresas e que tem lhe ajudado a se tornar uma referência a ser seguida por seus liderados e conquistar resultados extraordinários com sua equipe.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/caracteristicas-administrador-moderno/

Confira uma lista com 8 músicas motivadoras e inspiradoras

Confira uma lista com 8 músicas motivadoras e inspiradoras

Você já percebeu que, em todos os lugares que vamos, sempre estamos envoltos por música? Embora a correria diária muitas vezes nos faça esquecer de prestar atenção aos sons que estão à nossa volta, uma boa música é capaz de transformar o nosso humor e melhorar extraordinariamente o nosso dia.

Independentemente do estilo, língua, origem e forma de execução, cada tipo de música é capaz de proporcionar emoções, trazer lembranças, sentimentos e sensações importantes para a construção de sua identidade musical.

Confira, abaixo, uma lista de músicas motivadoras e inspiradoras como sugestão para você incluir na sua playlist e manter-se sempre positivo mesmo nos momentos de adversidade.

  • Campeão – Jamily

Esta linda canção traz uma mensagem maravilhosa que nos inspira a acreditar em nosso potencial infinito. Ouça tanto para renovar sua autoconfiança como também para lembrar-se sempre de honrar e respeitar sua história e suas conquistas pessoais e profissionais.

  • Não Deixe de Sonhar – Chimarruts

Muitas vezes, algumas pessoas tentam nos desencorajar a realizar os nossos sonhos. Esta canção nos inspira a nunca abandonarmos nossos desejos e sempre tentar transformá-los em realidade.

  • Tempos Modernos – Lulu Santos

Além de uma poderosa reflexão, esta música é um convite a manter a esperança e se permitir ir além. Então, o que está esperando? “Vamos nos Permitir!”

  • Tocando em Frente – Almir Sater

Clássica da música popular brasileira, esta canção tem motivado muitas gerações com a poesia de suas palavras, nos trazendo uma letra extraordinária. Confira!

  • A Natureza das Coisas – Elba Ramalho

Esta música ressalta como tudo acontece no momento e no tempo certo. Ouça e não “se avexe não”.

  • Envergo, Mas não Quebro – Lenine

Todas as nossas experiências de vida, por piores que possam parecer, trazem aprendizados importantes. Quando buscamos o lado positivo das coisas, aprendemos que “envergamos, mas não quebramos”, pois descobrimos que somos muito mais fortes do que imaginávamos.

  • À Noite Sonhei Contigo –Kid Abelha

“Que lindo é sonhar”.  Esta música nos motiva a acreditar em nossos sonhos e a aprender a dar o peso certo a cada coisa, sem sofrer mais do que o necessário. Use suas forças para realizar seus sonhos.VOCÊ É FELIZ?

  • Happy – Pharrel Williams

Não por acaso, esta foi uma das canções mais tocadas no ano de 2014. O que todos queremos, no final das contas, é encontrar aquilo que nos deixa mais felizes. Então, cante esta música, anime-se e busque ser muito feliz.

  • Tente Outra Vez – Raul Seixas

Esta música fala sobre você nunca deixar de tentar. Não desista de seus sonhos. 

  • O Sol – Jota Quest

Não ter medo de nada, seguir em frente. Não escuta mais a dor e nem o medo. Fala de coragem, de perder o medo. 

  • Imagine – John Lennon

Essa música passa a ideia de que tudo que você imagina pode acontecer. Basta imaginar coisas boas que elas serão atraídas a você. 

  • Sonhos – Peninha

Fala de esperança, de buscar sua felicidade. De encontrar consigo mesmo. 

  • Jump – Madonna

Essa música fala sobre sairmos da nossa zona de conforto e ir em busca de nossos objetivos. Fala sobre desafios.

  • Destiny’s Child – Survivor

Este clássico hino motivacional ajudou a inspirar e motivar milhões de pessoas em todo o mundo. Fala sobre não desistir, de seguir, de trabalhar mais. 

  • Let it Be – The Beatles

Esta letra fala, com sabedoria, sobre quando a coisas vão além do seu controle. Deixe estar. 

  • Hold On – Skepta

Linda a letra dessa música. Ela oferece encorajamento e força para qualquer um, em qualquer lugar que pareça estar enfrentando o aparentemente intransponível. Não desista nunca! 

  • Girl on Fire – Alicia Keys

Essa é a melhor música para preparar as mulheres para grandes eventos assustadores da vida. A inspiração para essa música veio depois que Alicia deu à luz seu filho. Nada como uma peça inspiradora poderosa e direcionada para enchê-lo de coragem antes de dar esse passo.

  • Don’t Give Up – Peter Gabriel and Kate 

Inspirado pela Grande Depressão, esta canção clássica apresenta uma descrição de Peter Gabriel do desespero absoluto, por um lado, e palavras cheias de consolo de esperança e encorajamento de Kate Bush. Inspira a não desistir, porque você tem amigos, fala para levantar pois ainda não se encontra derrotado. 

  • Try Again – Aaliyah

O refrão dessa música pode ser aplicado aos momentos em que situações horríveis em que você acaba de ficar desapontado depois de colocar sua energia / recursos em algo que não deu certo. Tente outra vez!

  • Eye of the tiger – Survivor

A sequência de abertura instantaneamente reconhecível desta música clássica é suficiente para te animar e te levar. Não admira que isso tenha sido usado como tema para Rocky III e mais tarde se tornou uma das maiores faixas de 1982. Fala sobre a emoção de lutar. Levantar ao desafio da vida. 

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/inspire-se-com-mensagens-e-frases-de-motivacao-no-trabalho-jrm/

Já ouviu falar em Passividade? Conheça os 7 pecados da passividade

Já ouviu falar em Passividade? Conheça os 7 pecados da passividade

passividade é uma característica daqueles que não agem e apenas deixam a vida lhes levar, assim como na famosa canção de Zeca Pagodinho. E essa é uma escolha que qualquer pessoa tem o direito de fazer, contudo, é preciso estar ciente de que, assim, se está abrindo mão do papel de autor da própria história. Se você sente que está levando a vida de um modo passivo demais e isso está te prejudicando, te convido a continuar esta leitura para que conheça as consequências desse comportamento e o repense.

Os 7 pecados da passividade e como eles podem prejudicar sua vida

As pessoas passivas, do tipo que concordam com tudo sempre, parecem inofensivas, mas a realidade é que elas são capazes de causar grandes prejuízos e a principal vítima disso são elas mesmas. Quando aceitam as vontades e as decisões de terceiros sem questionar, abrem mão de seguir suas próprias convicções. Veja, a seguir, os sete pecados desse comportamento.

1 – Falta de atitude frente aos problemas

Quando um problema surge, o melhor que se pode fazer é manter a serenidade, afinal, é preciso estar com a mente tranquila para conseguir encontrar soluções que sejam verdadeiramente efetivas. As pessoas passivas costumam fazer exatamente o contrário, elas se desesperam e ficam inertes, esperando que alguém chegue e resolva aquela questão. Depender dos outros para qualquer coisa que seja não é saudável, pois não há como garantir que esse apoio sempre estará disponível.

2 – Aceitar tudo apenas para agradar

Geralmente, as pessoas passivas são vistas pelos demais como fáceis de lidar, porque com elas não é preciso argumentar, já que aceitam tudo sempre. Porém, o que nem todos sabem é que por trás dessa bondade e simpatia existe uma grande carência, que é o que gera essa atitude de aceitar tudo sem questionar. A verdade é que as pessoas que realmente gostam de você, o farão independente de qualquer coisa. Inclusive, ao mostrar quem realmente é, as suas relações irão se fortalecer ainda mais, porque serão totalmente verdadeiras.

3 – Medo de sair da zona de conforto

Como estão acostumadas a serem coadjuvantes das situações, as pessoas passivas se assustam quando precisam estar no centro, principalmente se a ocasião envolver algo que elas não conheçam. É natural que qualquer indivíduo sinta aquele frio na barriga ao fazer algo pela primeira vez, contudo, é essencial que o medo e a insegurança sejam vencidos, porque existem coisas que ninguém pode fazer no nosso lugar.

4 – Dependência emocional

É comum que a dependência funcional que faz parte do comportamento dos indivíduos passivos acabe se tornando também emocional. Assim, uma pessoa que precisa de um terceiro para resolver questões práticas de sua vida, como ir ao médico ou fazer compras, acaba se tornando emocionalmente dependente dele. E esse tipo de relação não é nada saudável, já que a ideia de um relacionamento, seja ele familiar, amoroso ou de amizade, é a união por escolha e não por necessidade.VOCÊ É FELIZ?

5 – Terceirização das próprias responsabilidades

Como abrem mão do papel de ação em suas vidas, as pessoas passivas terceirizam suas responsabilidades. Dessa maneira, quando estão tristes e insatisfeitas, encontram logo um culpado, colocando-se como incapazes de mudarem aquela realidade. E a verdade é que cada um deve ser responsável pela própria felicidade, porque é assim que um indivíduo se torna consciente sobre o fantástico poder de ação e realização que possui.

6 – Não fazer planos

O fato de estarem sempre esperando que a atitude parta de outra pessoa, faz com que os indivíduos passivos não tenham planos e nem pensem de modo estratégico em seus objetivos. Com isso, desperdiçam toda a energia e potencial que possuem, quando poderiam estar trabalhando para construir a realidade que desejam viver. Ter planos é muito importante, porque é através deles que a motivação é construída. A partir do momento em que você sabe exatamente o motivo pelo qual está se dedicando a um projeto, por exemplo, é cada vez mais impulsionado a dar o seu melhor.

7 – Fragilidade excessiva

Toda a dependência funcional e emocional que faz parte da vida daqueles que agem com passividade, os torna seres extremamente frágeis. Por não terem experiência na linha de frente da vida, enfrentando problemas, se desesperam quando algo acontece, principalmente se não houver alguém para os socorrer. Algumas das reações mais comuns são: choro, desespero, perda do controle, podendo chegar até a desmaios em alguns casos.

Como vencer a passividade e assumir o controle da própria vida

A primeira coisa que uma pessoa que passou a vida agindo com passividade deve fazer é buscar se conhecer e se tornar consciente em relação ao poder que possui dentro de si. E esse é um processo que precisa ser contínuo, afinal, estamos sempre aprendendo coisas novas e, por isso, em constante evolução. O passo seguinte é usar as informações obtidas através do autoconhecimento para fazer escolhas e agir de acordo com os próprios valores e essência.

Jamais aceite alguma situação que não lhe agrada apenas por medo de ser rejeitado. Lembre-se que aqueles que gostarem de você o farão por quem é de verdade e não por quem aparenta ser. Todos os seres humanos possuem qualidades fantásticas e outras características nem tão boas assim e, gostar de alguém verdadeiramente, envolve abraçar esse indivíduo em sua plenitude.

Por fim, mais uma atitude necessária para vencer a passividade envolve assumir as responsabilidades sobre como se sente. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade ou infelicidade além de você. Tenha sempre em mente que as pessoas apenas fazem conosco aquilo que permitimos.

Cometeu um erro? Um problema inesperado surgiu? Encare a situação com serenidade, peça ajuda se achar que precisa, mas jamais abandone a cabine de controle. Mesmo que as coisas pareçam assustadoras, permaneça firme, analise as possibilidades que tem à frente e escolha aquela que julgar a melhor. Caso venha a falhar, entenda qual foi o erro, aprenda com ele e siga adiante, sempre com a cabeça erguida.

Witness Lee, um grande pregador chinês, sabiamente disse que paciência não é o mesmo que passividade, e sim vigor sem ansiedade. Portanto, tome as atitudes que forem necessárias, mas sempre com serenidade e sabendo esperar os resultados sem afobação. Equilíbrio sempre!

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/ja-ouviu-falar-passividade-conheca-7-pecados-passividade/

Como Mudar de Atitude no Relacionamento? Veja como o Coaching Pode Ajudar!

Como Mudar de Atitude no Relacionamento? Veja como o Coaching Pode Ajudar!

Quando uma ou duas vezes não dá certo, não precisa chegar à terceira vez para se perguntar como mudar de atitude no relacionamento, pois estes são sinais mais do que claros de que suas relações amorosas precisam ganhar um upgrade e passar por uma transformação completa o mais rápido possível.

Claro, eu sei que um relacionamento amoroso não é uma matemática exata, em que possamos simplesmente replicar uma fórmula e pronto; o resultado é sempre certo. Entretanto, existe um limite do que é emocionalmente saudável para os envolvidos, uma vez que sem mesmo perceber, as pessoas podem ter comportamentos que, ao invés de ajudar, apenas sabotam sua felicidade a dois.

Um namoro ou casamento sempre envolve duas pessoas, muitas vezes, com ideias e sentimentos parecidos ou ainda com crenças e pensamentos completamente diferentes. Não existe certo nem errado, mas sim o que é bom para cada casal. Por isso, quando fracassamos de relação em relação é importante entender quais são os motivos para isso e buscar identificar os erros e eliminá-los.

Coaching Para Aprender Como Mudar de Atitude no Relacionamento

Ninguém conscientemente deseja entrar num relacionamento para que ele não dê certo. Na verdade, todos nós queremos encontrar alguém que nos entenda, que goste de nós, como somos, e que nos ame acima dos nossos defeitos e pontos de melhoria. Do mesmo modo, queremos amar e oferecer isso ao outro, construir uma história, ter uma convivência sadia e produtiva para ambos.

A grande questão é que quando há um choque de crenças, desejos e valores, geralmente o casal também acaba tendo muitos problemas para se relacionar amorosamente. Consequentemente, acaba brigando, tendo dificuldades para se comunicar; expressar seus sentimentos, se distanciando ou mesmo encerrando a relação definitivamente.

Coaching de Relacionamentos atua no sentido de ajudar a pessoa com dificuldades amorosas a entender as razões dos seus fracassos e a trabalhar para eliminar os comportamentos negativos que levam a isso. Também atua junto aos casais ajudando-os a encontrar seu equilíbrio, ou seja, a compreender tantos os elementos que podem ajudar em sua relação como sabotar seu amor.

Ciúmes, controle excessivo, inseguranças, desatenção ou excesso de atenção, falta de objetivos em comum, conflitos de ideias e interesses, dificuldades financeiras ou mesmo em flexibilizar; ceder em alguns momentos e abrir mão de algumas coisas: são alguns dos motivos que fazem os casais terem problemas em sua relação.

Por falar em insegurança, ela é uma das principais inimigas de alguém que deseja ter um relacionamento duradouro. Quando a pessoa é insegura ela não se sente boa o suficiente ou merecedora de estar com o outro e poder ser tanto submissa na relação ou ainda muito ciumenta e controladora. Assim, acaba tendo comportamentos que acabam sabotando constantemente sua felicidade.

Outro ponto que é trabalhado pelo Coaching são as crenças amorosas do cliente. Isso é muito importante, pois muitas vezes experiências amorosas negativas acabam fazendo com que o indivíduo acredite veementemente que tem algum problema, que só se envolve com homens e mulheres erradas ou que não merece ter um namoro ou casamento feliz.

Por meio do Coaching, a pessoa consegue suas atitudes e como suas experiências passadas e as crenças alimentadas afetam suas relações; fator essencial para vencer suas dificuldades e mudar de comportamentos.

Além disso, o processo também ajuda o coachee (cliente) a entender melhor que por mais parecidos que possam ser os parceiros, que todos nós temos desejos e personalidades que são únicas e individuais.  Ou seja, que mesmo estando junto, cada um dos namorados é responsável por buscar construir a felicidade a dois, dando o seu melhor e sendo o melhor que pode ser.

6 Segredos Para Um Relacionamentos de Sucesso

A chave dos relacionamentos de sucesso é, em primeiro lugar, o respeito às diferenças, pois todos nós temos formas de pensar, ser e agir diferentes. Não existe mais ou menos certo, mas sim o que é bom para os dois. Portanto, cada um deve contribuir ajudando na evolução um do outro, mostrando onde o parceiro ou parceira são maravilhosos e também onde podem melhorar para que a relação amorosa seja cada vez melhor.

Conheça abaixo algumas dicas valiosas para manter um relacionamento longo e saudável:

1 – Pratique Mindfulness

O exercício para manter a atenção de uma forma plena é muito importante, principalmente depois de uma semana corrida. Para isso, quando estiver com seu companheiro, tente resistir ao toque do celular, mensagens, tudo que tire sua atenção daquele momento. Pesquisas mostram que os relacionamentos são mais satisfatórios quando o casal pratica Mindfulness, que é a arte de dar atenção ativa ao momento, ao aqui e agora. Embora não seja uma prática muito fácil porque requer treinamento e concentração, mas muito útil para a relação. Pessoas que recebem 100% de atenção sentem-se mais valorizadas, fortalecendo ainda mais a intimidade, confiança e uma conexão. 

2 – Reconquista diária

Reconquiste seu amor todos os dias. Quando as pessoas pensam em amor, os componentes emocionais da paixão e da intimidade são muitas vezes os primeiros a chegar à mente, mas o compromisso é, na verdade, o indicador número um de satisfação no relacionamento, especialmente em relacionamentos de longo prazo. Compromisso é uma escolha cognitiva, uma decisão que os indivíduos tomam para estar em um relacionamento. Casais que renovam seus compromissos todos os dias, em palavras e ações, estão no caminho certo para uma parceria duradoura.

3 – Seja mais lúdico

Quando chegamos à fase adulta, nossa tendência é enfatizar a produtividade e a seriedade, mas às vezes é importante ser mais leve e brincar um pouco. Pessoas lúdicas reservam tempo para priorizar o prazer e a diversão, e essa orientação nos relacionamentos amorosos é de grande satisfação. Isso sugere a possibilidade de que lado lúdico possa ser uma dimensão importante de um relacionamento bem-sucedido.

4 – Invista no relacionamento

Investir na relação traz benefícios para a manutenção da saúde, tornando o casal mais feliz com um relacionamento mais duradouro. Os tipos específicos de comportamentos que ajuda na preservação do relacionamento incluem a expressão de emoções positivas, estar aberto a diálogos saudáveis, segurança na relação, usar seu círculo social para apoiar seu relacionamento e compartilhar prontamente o trabalho e as responsabilidades que acompanham um relacionamento de longo prazo.

5 – Evitar discussões frequentes

Quando a questão não é importante, melhor deixar de lado. Muitos casamentos chegam ao fracasso por causa de discussões frequentes. Evite argumentar em torno de algo pouco importante, isso pode levar a emoções negativas. Encontre maneiras de reduzir a frequência do conflito, deixando de lado as pequenas coisas e acrescentando mais felicidade no relacionamento.   

6 – Não fique na defensiva

Sempre quando surgir algum conflito, a melhor estratégia é falar sobre ele. Quando os casais estão vivenciando conflitos sérios, estão seguros em seu relacionamento e têm a capacidade de adaptar seus comportamentos, ser direto pode ajudar mais do que outras abordagens; no entanto, uma abordagem mais cooperativa e afetiva pode ser a melhor estratégia quando alguém tende a ficar na defensiva ou quando o conflito é menor.

Quando os casais entendem isso, a vida a dois se torna muito mais prazerosa, pois se elimina as inseguranças destrutivas, a disputa para saber quem é melhor nisso ou naquilo e se abre espaço para que possam evoluir juntos e caminhar na mesma direção. Se você busca encontrar e viver o melhor do amor, saiba que o Coaching de Relacionamentos é uma excelente opção para te apoiar nesta direção. Fica a dica e muito amor para você!

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/como-mudar-de-atitude-no-relacionamento-veja-como-o-coaching-pode-ajudar/

Como o Coaching Ajuda a Pessoa a Ter Mais Amor Próprio

Como o Coaching Ajuda a Pessoa a Ter Mais Amor Próprio

Quando falamos em amor próprio nós estamos falando do primeiro amor que uma pessoa deve ter – que é o amor por si mesma. Pode parecer um velho clichê, mas não, pois amar quem você é; reconhecer suas qualidades, talentos, dons, seu jeito único é um valor importante e a melhor forma de se relacionar com quem você é, e também com o ser humano que você deseja construir em si e edificar.

Neste sentido, gosto muito de um livro, escrito por mãe e filha, as americanas Kim e Alison McMillen, e que se chama – Quando Me Amei de Verdade. Ele traz poderosas reflexões sobre a importância de amar a si mesmo, de saber dizer não para as coisas que nos perturbam e de livrar-se do medo dos julgamentos que, muitas vezes, são o que verdadeiramente impede que façamos mudanças em nossa vida e encontremos o sentido da nossa existência e felicidade.

Como coach, eu encontrei e ainda encontro muitas pessoas que têm tudo, menos amor próprio. Isso as impede de assumir suas vontades, de realizar seus desejos e sonhos e coloca sua luz própria numa enorme caixa com uma tampa de crenças limitantes que lhes impendem de sair de dentro de si e amar seu reflexo no espelho.

Como então um ser humano que não se ama, pode reconhecer-se como alguém merecedor de sucessos, resultados, de ser amado pelos outros e como uma pessoa importante para o mundo? Como um ser sem amor próprio pode não ser escravizado por pensamentos sabotadores e comportamentos negativos? A resposta é apenas uma – libertando-se e amando-se verdadeiramente!

Coaching na Construção do Amor Próprio

O Coaching é um processo de autoconhecimento, ou melhor, de autorreconhecimento. É onde a pessoa tem a oportunidade de conhecer seus pontos fortes, qualidades, de enxergar seus talentos e de conquistar seu empoderamento. Para isso, o processo atua de forma a ajudar o coachee (cliente), com problemas de autoestima, a identificar as causas de sua baixa confiança para em seguida atuar no sentido de eliminar comportamentos e crenças que prejudicam a ter seu amor próprio.

Ao eliminar estes bloqueios, o indivíduo tem a chance de compreender quais são seus desejos, vontades e sonhos. De olhar para si mesmo e enxergar suas qualidades e orgulhar-se de quem é. Coaching ajuda a pessoa a apaixonar-se por si mesma e a viver realmente uma relação de amor consigo mesma. Isso traz o empoderamento que todo ser humano precisa para se amar de verdade e também para ser mais feliz como merece

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/como-o-coaching-pode-ajudar-uma-pessoa-a-ter-mais-amor-proprio/

BAIXAR O PDF
close-link