Você se distrai facilmente? Confira algumas dicas que vão te ajudar a manter o foco

Você se distrai facilmente? Confira algumas dicas que vão te ajudar a manter o foco

Saber manter o foco é muito importante para conseguir realizar tarefas com qualidade e chegando aos resultados esperados. Isso vale para o trabalho, os estudos, projetos pessoais e, até mesmo, tarefas do dia a dia, como cozinhar e organizar a casa. Quando uma pessoa se concentra na atividade que está executando consegue se atentar aos detalhes, encontrar novas possibilidades, além de concluir com muito mais agilidade.

Se você é uma pessoa que tem tendência a se distrair com facilidade, vai gostar das dicas que irei compartilhar ao longo do artigo. Elas te ajudarão a manter a mente focada e livre de distrações.

O foco é imprescidível para realização eficaz das tarefas diárias.

10 Dicas para quem se distrai facilmente manter o foco

Você começa uma tarefa, então, seu celular recebe uma notificação, o telefone toca, um novo e-mail chega. Estamos o tempo todo rodeados por distrações e devemos saber como lidar com elas para evitar que roubem nosso tempo, que é um recurso tão precioso e que, quando perdido, não pode ser recuperado. Veja, a seguir, dez dicas práticas para manter o foco e se concentrar.

1 – Desligue as notificações

A primeira atitude a ser tomada para manter o foco é desligar todas as notificações, o que inclui redes sociais, aplicativos de mensagens, e-mails e até ligações, caso não esteja esperando nenhuma chamada urgente. Fazer isso é necessário para evitar que seus ciclos de concentração sejam interrompidos, além do mais, se for parar o que está fazendo a cada vez que seu celular apitar, irá levar muito mais tempo do que deveria para realizar até mesmo as tarefas mais simples.

2 – Definir momentos do dia para responder mensagens e e-mails

Mesmo que dentro da sua rotina de trabalho precise responder mensagens e e-mails, o melhor a fazer é definir horários específicos do dia para isso. Essa organização tornará essa atividade muito mais prática e dinâmica. Se serão cinco, dez ou quinze minutos destinados às respostas, vai depender do volume que costuma receber. Por isso, é interessante que vá conhecendo sua rotina e se adaptando de acordo com suas necessidades.

3 – Faça pausas curtas

Evite querer manter o foco por duas, três ou até cinco horas seguidas, pois até mesmo as pessoas que têm facilidade para se concentrar não ficam tanto tempo assim fazendo a mesma coisa. Fazer pausas a cada uma ou duas horas é importante para recuperar as energias e voltar ainda mais focado. O método pomodoro é bastante interessante para quem está começando, consiste em intercalar vinte e cinco minutos de trabalho com cinco de descanso. Assim, você vai treinando seu cérebro e acostumando-o a se manter concentrado.

4 – Se for ouvir música, prefira as instrumentais

Muitas vezes, os fones de ouvidos se tornam a única saída para abafar os barulhos externos e evitar que eles tirem a atenção. Se for esse o seu caso, evite ouvir músicas com letra, prefira as instrumentais, porque elas induzem o cérebro a se concentrar. Faça uma busca na internet por músicas para concentração e irá encontrar diversas opções que tornarão seus dias de trabalho mais agradáveis.VOCÊ É FELIZ?

5 – Escolha locais tranquilos para realizar suas tarefas

Sempre que precisar realizar alguma atividade em casa que necessite de foco, escolha um local tranquilo para isso. Evite, por exemplo, ambientes em que outras pessoas estejam falando, assistindo TV, ouvindo música. Mesmo que coloque fones de ouvido para abafar os ruídos, vê-las já será o suficiente para que se distraia. Prefira se isolar em um outro cômodo, para direcionar toda a sua atenção, concluir a tarefa mais rapidamente e, depois, ficar com a sua família.

6 – Identifique os seus pontos de distração

Cada pessoa tem os agentes que mais lhe causam distração. Tem aquelas que saem do foco com qualquer tipo de barulho, outras que entram nas redes sociais e se esquecem do tempo, aquelas que começam a conversar com um familiar e não param mais. Reconhecer quais são os seus maiores funis de atenção é muito importante, porque assim poderá se preparar para evitá-los nos momentos em que precisar de foco.

7 – Crie prazos mais curtos para si mesmo

Você já ouviu falar a respeito da Lei de Parkinson? Trata-se de uma explicação para aquela sensação que muitas pessoas experimentam de não terem tempo para nada. De acordo com Cyril Northcote Parkinson, seu criador, uma tarefa se expande de modo a preencher todo o tempo disponível para sua realização. Assim, se você precisa fazer um relatório e tem a tarde livre para isso, provavelmente levar todas essas horas para conclui-lo, mesmo que fosse capaz de conseguir o mesmo em apenas uma hora.

Para evitar que isso aconteça, é interessante criar seus próprios prazos, que deverão ser mais curtos que os oficiais. Se precisa entregar um projeto para o seu chefe às 17 horas, programe-se para concluir às 15. Isso permitirá que faça um uso mais inteligente do seu tempo e evite desperdiçá-lo.

8 – Faça afirmações positivas

Mesmo que tenha uma tarefa longa para realizar, evite alimentar pensamentos ruins do tipo: “isso vai demorar” e “não vou conseguir”. Prefira fazer afirmações positivas, que te estimulem a seguir firme e se dedicar com foco para realizar um bom trabalho e, em seguida, poder descansar. Seu estado de espírito conta muito na hora de se concentrar, lembre-se disso!

9 – Defina três objetivos principais todos os dias

Ter metas a cumprir é sempre muito bom, porque isso funciona como estímulo para que se dedique e se concentre. Sendo assim, procure definir todos os dias três objetivos principais, considerando as tarefas mais importantes que precisa realizar. Faça listas em uma agenda tradicional ou aplicativo, poder riscar cada item será extremamente satisfatório e motivador.

10 – Visualize a tarefa concluída

Por fim, sempre que tiver uma tarefa longa e que exija mais tempo e concentração para ser realizada, visualize-a sendo concluída. Capriche nos detalhes, imagine a satisfação que estará sentindo, o alívio, o orgulho de si mesmo. Esse exercício irá te motivar a fazer a sua parte e realmente experimentar tudo aquilo ao final.

Vencer as distrações é desafiador, mas fazer esse esforço e ver que é capaz de manter o foco irá te motivar a se tornar cada vez melhor nisso. Quanto mais concentração, mais qualidade suas tarefas terão, o que te abrirá muitas portas e fará com que se mantenha em constante evolução.

Se este conteúdo te ajudou de alguma maneira, passe-o adiante, compartilhando em suas redes sociais!

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/

Aprenda a Diferença entre Dom e Talento

Aprenda a Diferença entre Dom e Talento

Quando alguma pessoa apresenta uma desenvoltura perfeita ao desempenhar determinada atividade, dizem que ela tem um dom ou talento para aquilo. Apesar de serem empregadas de formas semelhantes, o significado da palavra dom é diferente da definição de talento e, portanto, representam características distintas. 

Diante disso, é importante nos atentarmos para este fato, para que dessa maneira tenhamos a oportunidade de compreender as diferenças existentes entre os dois conceitos e de que forma estes podem ser aplicados nos mais diversos contextos do dia a dia. 

Convido você a me acompanhar ao longo da leitura deste conteúdo, para que, juntos, possamos aprender muito mais coisas hoje 

O que é dom?

Dom vem do latim, donus, que significa dádiva, presente. Nessa perspectiva, trata-se de uma capacidade inata para desempenhar com destreza e maestria determinada tarefa, até mesmo em aspectos em que parecem mais complexas para a maioria das pessoas. Como exemplo, podemos citar uma criança que mostra desde cedo uma afinidade muito grande para tocar determinado instrumento. 

Quando falamos em facilidade em executar ou aprender determinada atividade, vale lembrarmos que o significado da palavra dom não tem como sinônimo a genialidade, já que essa condição ocorre somente com alguns indivíduos e devido a questões cerebrais que ainda estão sendo desvendadas pela ciência. Já o dom pode ser observado em todo e qualquer tipo de pessoa. 

O que é talento?

Apesar de ser muito parecido com o dom em definição, o talento se distingue por ser justamente uma habilidade que pode ser desenvolvida ou aperfeiçoada. Trata-se de um gosto especial, uma aptidão, uma predisposição espontânea a algo, que atinge sua plenitude por meio de muito treino, disciplina e perseverança. Nesse sentido, ser muito bom em determinada atividade somente depende de você. Já diz o ditado que “todo talento é 1% inspiração e 99% transpiração”. 

O exemplo mais claro disso são os atletas. Para que sejam considerados realmente bons no que fazem, bem como campeões em suas áreas, é preciso muito mais do que apenas gostar de praticar um determinado esporte. Além da paixão pelo que faz, é necessário que eles sejam totalmente comprometidos, disciplinados com suas atividades e horários e, principalmente, que estejam em constante treinamento.

Você sabe qual é o seu dom e talento?

Saber qual é o seu dom e talento é tão determinante para sua existência que ambos os termos são empregados como missão de vida. Além da espiritualidade, outras áreas também são beneficiadas quando você conhece melhor as suas capacidades e aperfeiçoa as suas habilidades. 

Apesar do significado da palavra dom estar diretamente relacionado a alguma característica com a qual já nascemos, ele somente poderá tornar-se visível se o praticarmos. Não adianta nada nascer com algo especial se não formos devidamente lapidados. 

No caso do talento, a necessidade de desenvolver aquilo que você faz com paixão é ainda mais evidente. Não adianta somente saber qual a atividade que o deixa satisfeito se você não se esforça para aperfeiçoar seu conhecimento e executá-lo bem. Nesse caso, seus sentimentos, pensamentos e comportamentos devem ser devidamente bem conduzidos para serem utilizados de forma produtiva. VOCÊ É FELIZ?

autoconhecimento é fundamental para descobrir qual o seu dom e talento, os quais permitirão identificar a carreira que deseja trilhar e seus objetivos. Dessa forma, você se sentirá mais confiante, realizará todas as tarefas com maestria e superará todos os desafios.

Todos nós crescemos com características próprias e específicas, sejam hereditárias ou acumuladas e aprendidas ao longo do tempo. E é exatamente a junção dessas aptidões que formam a nossa personalidade e nos abrem caminhos para compreendermos nossa própria vocação, aquilo que podemos fazer com qualidade e que nos traz resultados extraordinários, seja no contexto pessoal ou mesmo profissional.

Como desenvolver dons e talentos?

A partir do momento que você identifica seus talentos, através de seu processo de autoconhecimento, é preciso colocar a mão na massa e começar a desenvolvê-los, para que dessa forma você consiga alcançar as metas e objetivos que estabeleceu pessoal e profissionalmente em sua vida. 

Veja de que forma você pode fazer isso, a seguir:

Comece valorizando cada um deles

Muitas pessoas, após identificarem seus dons e talentos, têm a tendência de não valorizá-los. Isso quer dizer que elas basicamente não acreditam que cozinhar bem, escrever, se comunicar, entre diversas outras habilidades, não é nada demais e não lhes levará a lugar algum. 

Neste sentido, antes de qualquer coisa que você vá fazer para desenvolver seus dons e talentos, é essencial que você os valorize, como algo que faz parte de você, como algo que é único e que somente você possui, mais ninguém. 

A partir do momento que se desenvolve essa consciência, fica ainda mais fácil dar os próximos passos em direção  ao sucesso. 

Liste seus dons e talentos e planeje

Depois de identificar e dar valor aos dons e talentos que você descobriu que tem, é chegado o momento de listá-los e planejar o que você deseja construir a partir deles, ou seja, quais metas, sonhos e objetivos você quer alcançar, e acredita que tais habilidades vão contribuir verdadeiramente para que você obtenha estas conquistas?

Após esclarecer isso em sua mente, faça um planejamento, acompanhado de um plano de ação, contendo tudo o que você precisa fazer, não só no sentido de alcançar o que almeja, mas também de aprimorar estes dons e talentos que descobriu que têm. 

Com o tempo você vai perceber que ao realizar tais ações, você estará evoluindo consideravelmente, da forma como sempre quis. 

Aprimore seus conhecimentos

Outra ação que contribui para o desenvolvimento de dons e talentos é aprimorar constantemente os conhecimentos que se tem. Seja por meio de livros, revistas, artigos, cursos, treinamentos, palestras, workshops, enfim, o importante é se manter sempre em processo de atualização constante, pois isso vai contribuir de forma significativa, para que você saia do estado atual em que você se encontra e se direcione ao estado desejado, ou seja, aquele em que sempre quis estar. 

Neste sentido, algo em que você pode investir é em um dos cursos online oferecidos pelo Instituto Brasileiro de Coaching – IBC. São formações voltadas para todos os tipos de necessidades, que vão te ajudar nas mais diversas etapas da vida em que você estiver, principalmente naquelas relacionadas às descobertas de dons e talentos e no desenvolvimento do mesmos. 

Para saber mais sobre o que mais se adequa à sua realidade e necessidade, acesse: https://www.ibcshop.com.br/cursosonline e faça agora mesmo, de forma facilitada, a sua inscrição!

Antes finalizar, quero deixar apenas uma reflexão que, acredito, pode te levar a conhecer e estimular ainda mais este processo de desenvolvimento do seu potencial infinito: O que você tem feito para multiplicar seus dons e talentos?

É essencial que você reflita bastante sobre isso, pois será este pensamento que vai te ajudar a sair da zona de conforto, fazendo com que você, realmente e verdadeiramente, cresça em todos os âmbitos da sua vida. 

Organize seus pensamentos e ações nesta direção e torne-se a pessoa bem-sucedida que você sempre quis ser!

Agora me conte: este conteúdo fez sentido para você? Você já conseguiu identificar quais dons e talentos você possui? Deixe o seu feedback sobre o texto nos comentários, lembrando-se sempre de se lembrar de nunca esquecer de compartilhar com os seus amigos, em suas redes sociais, e continuar me acompanhando diariamente por aqui e também pelo meu canal no Youtube, onde trago muitas dicas e novidades, para que você aprimore-se e cresça continuamente. 

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/diferenca-entre-dom-e-talento/

Perseverança – Conheça uma importante qualidade para se obter sucesso

Perseverança – Conheça uma importante qualidade para se obter sucesso

perseverança é uma qualidade essencial para aqueles que desejam alcançar o sucesso, pois está relacionada diretamente ao não desistir e seguir em frente, mesmo quando as condições não são favoráveis. Afinal de contas, o caminho para as conquistas é árduo e cheio de obstáculos, por isso, apenas chegam lá aqueles que persistem e perseveram. Continue a leitura e saiba mais a respeito dessa particularidade tão importante.

Por que a perseverança é importante?

Perseverar é, acima de tudo, acreditar e confiar que tem capacidade para alcançar um objetivo. Pessoas de sucesso chegaram onde chegaram exatamente por serem perseverantes e terem trabalhado duro, caído, levantado e superado os obstáculos que encontraram pelo caminho. Sem essa qualidade, um indivíduo acaba desistindo na primeira queda, porque permite que a falha o faça acreditar que seu sonho não é possível.

Pense bem, se pessoas importantes da história não tivessem sido perseverantes, certamente não teríamos acesso a muitas coisas que hoje fazem parte da nossa vida. Ou você acha que a tecnologia foi criada naturalmente, sem testes, falhas, fiascos? Praticamente todas as grandes invenções acontecerem através de processos longos e árduos, que funcionam para uma ideia como a lapidação é para o diamante.

Apenas para citar um único exemplo, temos Thomas Edison, que inventou a lâmpada elétrica. Se você pensa que o processo foi simples, se enganou, pois ele realizou nada menos do que mil e duzentas tentativas até que sua invenção desse certo. Inclusive, ele tem uma citação muito interessante que expressa muito bem a importância da perseverança, que diz: “Um gênio se faz com um por cento de inspiração e noventa e nove de esforço”. Acredite, se você se esforçar, também poderá conseguir.

7 Dicas para desenvolver a perseverança e obter sucesso

Independentemente de qual seja sua história e quais sejam seus objetivos, a verdade é que, se deseja obter sucesso em tudo o que fizer, precisa ter perseverança. De abrir um negócio a fazer uma receita, é preciso persistir e acreditar que irá conseguir. Confira sete dicas para desenvolver a qualidade da perseverança e alcançar seus objetivos.

1 – Aprenda a ver a falha como parte do processo

As pessoas costumam desistir de seus objetivos porque não conseguem se perdoar ao falharem. Assim, entram em um ciclo negativo, acreditando que se erraram é porque não irão conseguir, o que não é verdade. O erro faz parte do processo, dificilmente alguém acerta na primeira tentativa. Para confirmar isso basta fazer uma breve pesquisa sobre a história de nomes de grande relevância, como Walt Disney, Steve Jobs e tantos outros. Desse modo, mudar a sua visão em relação a isso é o primeiro passo para desenvolver a perseverança.VOCÊ É FELIZ?

2 – Mantenha um mindset de crescimento

Ter um mindset de crescimento fará com que busque sempre aprender algo novo e se desenvolver, mesmo que seja através de um pequeno passo. Se você crescer 1% a cada dia, ao longo de um mês terá alcançado um alto nível de desenvolvimento. Independentemente do que esteja fazendo, dedique-se a melhorar sempre um pouco mais, a longo prazo isso fará uma diferença enorme em sua vida.

3 – Permita-se correr riscos

Quando você se permite correr riscos, se prepara para enfrentar situações cada vez mais desafiadoras e, como consequência, se desenvolve. Por outro lado, se ficar sempre fazendo aquilo que considera confortável, não irá nunca sair do lugar. Permita-se ousar e fazer coisas diferentes se o que deseja é obter novos resultados. Se o medo de falhar vier, volte para a primeira dica e lembre-se que isso faz parte do processo.

4 – Complete 40% da tarefa

Um atleta está em meio a uma prova de corrida e começa a sentir que seu fôlego está acabando, então, consegue avistar, mesmo que de longe, a linha de chegada, o que dá a ele gás para continuar. Com outros tipos de objetivos acontece da mesma maneira, ter conseguido concluir uma parte significativa reduz as chances de desistência. Por essa razão, sempre conclua 40% das suas tarefas, ver o caminho percorrido te dará energia para continuar se dedicando até chegar aos 100%.

5 – Tenha os objetivos claros em sua mente

Thomas Edison não desistiu em meio às suas mil e duzentas tentativas porque sabia exatamente o que queria: gerar luz a partir de uma corrente de energia. Para se manter perseverante é preciso ter bem claro em sua mente pelo que está se dedicando, senão, poderá desanimar ao se deparar com o primeiro obstáculo. Saiba o que você quer, por que você quer e o que isso representa em sua vida, essa clareza será o combustível que te levará ao seu destino.

6 – Divida um objetivo em pequenos passos

Objetivos grandiosos levam mais tempo para serem alcançados e o segredo para se manter firme e não desistir é dividi-los em pequenos passos. Assim, terá sempre luz ao fim do túnel, já que não irá mirar no fim de todo o processo e sim da etapa em questão. Se você deseja aprender um novo idioma, por exemplo, precisa vivenciar cada etapa, aprender as palavras e regras gramaticais até chegar à fluência. Além do mais, essa ação permitirá que se organize de modo mais eficaz, otimizando seu tempo e sua energia.

7 – Aprimore suas habilidades

Como disse anteriormente, os erros fazem parte do processo para alcançar qualquer tipo de objetivo, mas, mais do que lidar positivamente com eles, é preciso aprender as lições que ensinam, e a mais poderosa é o desenvolvimento. Se você tentou realizar uma ação e falhou, questione-se qual foi o motivo, veja no que pode melhorar. Buscar aprimorar suas habilidades é fundamental para se capacitar e acreditar cada vez mais em si para seguir em frente sem desistir.

A coragem nem sempre é demonstrada através de uma voz potente afirmando que é capaz. Na grande maioria das vezes, ela surge através de uma voz calma dizendo que tentará novamente no dia seguinte. Isso é ter perseverança e se levantar quantas vezes forem necessárias para chegar onde deseja.

Você se considera uma pessoa perseverante? Comente a respeito abaixo e compartilhe o artigo em suas redes sociais, para incentivar outras pessoas a nunca desistirem de seus objetivos!

Fontes: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/perseveranca-conheca-importante-qualidade-para-se-obter-sucesso/

Adaptabilidade – Esteja preparado para os imprevistos

Adaptabilidade – Esteja preparado para os imprevistos

Já dizia o filósofo Heráclito, a única coisa que nunca muda e que tudo muda. Às vezes, as mudanças são boas, já em outras situações elas se mostram tão grandes que assustam. Por mais que seja natural sentir certo receio frente uma grande transformação, a verdade é que não há outra escolha a não ser enfrentar e se adaptar. Continue acompanhando e saiba como se preparar para lidar com os imprevistos, o que te dará mais segurança e permitirá que faça boas escolhas.

Entenda por que a adaptabilidade é essencial

Seja nos negócios ou na vida pessoal, a palavra de ordem da atualidade é adaptação. Em poucos anos, a sociedade enfrentou grandes transformações, muitas delas geradas pelos avanços da tecnologia e quem não soube se adaptar acabou ficando para trás. Isso sem contar em outras situações que também geram muitas mudanças, como a chegada do coronavírus (COVID-19) que impactou todo o mundo, algo que a geração atual nunca havia vivenciado.

As mudanças podem ocorrer de três formas diferentes, como resultado de uma crise, fruto de escolhas ou através do acaso. Independente de qual seja a origem, temos sempre que decidir entre adotar uma postura combativa ou nos adaptar. E, certamente, a segunda opção é a melhor escolha, já que combater apenas irá gerar sofrimento, pois são coisas que geralmente não temos como controlar, então, nos resta ser flexíveis.

Um ponto importante a ser destacado é que as mudanças não devem ser vistas como negativas, simplesmente porque através delas podemos evoluir e crescer muito. Basta fazer uma rápida busca na internet para encontrar diversas histórias de empresas e pessoas que deram a volta por cima e mudaram suas vidas para melhor após passarem por uma situação de crise. Isso também pode acontecer com você, mas, para isso, é preciso que se prepare e enfrente os obstáculos com coragem.

7 Estratégias para se adaptar e se manter preparado para imprevistos

Se preparar para enfrentar desafios é muito bom, mas nem sempre as coisas saem exatamente como imaginamos, sem contar em circunstâncias totalmente inesperadas que podem surgir. De qualquer maneira, existem algumas estratégias bastante úteis quando se trata de se adaptar a algo novo, veja quais são elas.

1 – Analise o cenário e identifique as mudanças geradas por ele

A primeira coisa a se fazer, envolve analisar o cenário gerado pelo imprevisto em questão e entender as mudanças ocorridas. Essa visão clara a respeito do que está acontecendo é muito importante, tanto para que se planeje quanto para que evite criar monstros na sua cabeça, fazendo tudo parecer pior do que realmente é. Se está com dívidas, problemas no seu negócio, foi demitido, está enfrentando uma separação, encare a situação de frente para saber exatamente como lidar com ela.VOCÊ É FELIZ?

2 – Concentre-se no que pode controlar

Depois de saber exatamente as mudanças que o imprevisto gerou, é hora de agir, mas sempre mantendo o foco no que pode controlar. Você não pode decidir o que as autoridades irão fazer em relação a uma crise econômica, então, desperdiçar suas energias nisso não irá ajudar em nada. Desapegue de tudo o que não está ao seu alcance, olhe ao seu redor, concentre-se no que pode fazer e já estará dando um grande passo para sair dessa ainda mais forte.

3 – Crie um planejamento considerando as ferramentas que possui

A melhor forma de lidar com um imprevisto é se planejando, porque, assim, poderá direcionar seus esforços exatamente para o que precisa resolver. Se costuma ter um perfil perfeccionista, veja isso como uma oportunidade de se libertar, porque, mais do que nunca, precisará agir com as ferramentas que possui agora, não dá para esperar as condições perfeitas. Faça o seu melhor dentro das possibilidades atuais e estará realizando um grande trabalho.

4 – Cuide das suas finanças com responsabilidade

Independente de qual seja o tipo de imprevisto, é fato que grande parte dessas situações envolve finanças. Por essa razão, é sempre importante ter responsabilidade em relação a essa área da vida. Aproveite para rever seus gastos, cortar aqueles que forem possíveis, reduzir, se adaptar. Se ainda não tem uma reserva de emergência, comece, mesmo que seja guardando uma pequena quantia por mês. No futuro, se algo acontecer, irá agradecer por ter tomado essa atitude hoje.

5 – Identifique o lado bom da situação

Podemos enxergar uma mesma situação através de várias perspectivas diferentes. Se escolher olhar para as coisas de modo negativo, isso te impedirá de encontrar soluções positivas para os problemas. Experimente mudar a sua visão, deixe de lado a reclamação para enxergar os motivos que tem para se sentir grato. Essa mudança de mindset é fundamental para se adaptar aos imprevistos e aprender muito com eles.

6 – Cuide de si mesmo

Para se manter forte e resiliente perante uma situação de crise, é preciso estar emocionalmente bem, o que também tem uma forte relação com a saúde física. Por esse motivo, lembre-se sempre de cuidar de si, tanto mental quanto fisicamente. Se costuma cuidar de todos ao seu redor e se deixar de lado, comece a mudar isso, até porque precisa estar saudável para continuar zelando pelo bem-estar de todo aqueles que ama.

7 – Mantenha o pensamento positivo sem criar expectativas demais

Manter-se positivo e esperar que o melhor aconteça é outra atitude importante, mas sempre mantendo os pés no chão e cuidando para não criar expectativas demais. É totalmente possível confiar que as coisas vão melhorar sem excessos e dando tempo ao tempo. Isso envolve também a fé, que pode ou não estar ligada a uma religião, que é a crença de tudo vai ficar bem, um tipo de expectativa, digamos, mais amplo e que evita decepções.

O filósofo chinês Lao Tzu tem uma citação que diz que a vida é uma sequência de mudanças naturais e espontâneas, e que não devemos resistir a elas, pois isso servirá apenas para gerar tristeza. Precisamos deixar a realidade acontecer como ela é, com as coisas fluindo naturalmente da maneira que tiver que ser. Abrace as mudanças, mesmo as mais inesperadas, e poderá crescer muito através delas.

Deixe seu comentário abaixo contando sobre um imprevisto que transformou a sua vida e aproveite para compartilhar o artigo em suas redes sociais!

O que é Satisfação?

O que é Satisfação?

Uma famosa música da banda inglesa, The Rolling Stones, começa com a frase: “I can’t get no satisfaction”; que traduzida quer dizer: “Eu não consigo me satisfazer”. Ao longo da canção Mick Jagger vai narrando diversas situações com as quais não se satisfaz, mas que, apesar disso, continua tentando encontrar, de alguma forma, essa tal satisfação. 

Já ouvimos esta canção tantas e tantas vezes, em inúmeras versões, mas na verdade nunca paramos para refletir sobre o significado profundo que ela traz. Por exemplo: com que frequência você se questione sobre o seu nível de satisfação com a vida que leva e com os resultados que tem alcançado nos últimos tempos, seja no âmbito pessoal ou profissional? Acredito que, devido à quantidade de demandas que precisamos atender, bem como toda a correria do dia a dia, ficamos realmente impedidos de fazer tal tipo de reflexão

No entanto, tenho certeza que os acontecimentos dos últimos meses, assim como as mudanças bruscas que como eles vieram, levaram você, pelo menos uma vez, a se questionar sobre o que de fato é satisfação e como ela tem se encaixado na sua vida, não é mesmo, querida pessoa?!

Sabendo disso e também da importância de pensar, de tempos em tempos, em questionamentos, como os que citei acima, entre muitos outros, no artigo de hoje vou falar um pouco sobre satisfação e o quanto ela é essencial para que tenhamos uma vida plena, feliz e realizada. 

Que tal reservar alguns minutos do seu dia e me acompanhar nesta leitura?!

Entendendo o conceito de satisfação

Querido Ser de Luz, você está satisfeito com sua vida profissional, pessoal e com os resultados obtidos até aqui nestes e em diversos outros contextos da sua vida? Já parou para refletir sobre o conceito por trás da palavra satisfação?

Para que possamos compreender, satisfação pode ser definida como um estado de entusiasmo, deleite ou prazer com a realização de um objetivo ou meta muito desejados. Está diretamente ligada ao grau de expectativas da pessoa em relação às suas conquistas, por isso, em muitos casos, podemos perceber diferentes níveis de satisfação, mesmo em indivíduos que pleiteavam algo em comum.

Isso ocorre porque para algumas pessoas, a satisfação depende de grandes conquistas materiais, dinheiro e status social. Já para outras, um simples reconhecimento, por uma tarefa bem executada ou ajudar o próximo, já é o suficiente para que se sintam verdadeiramente satisfeitas.

O que explica isso é o fato de cada ser humano ter sua própria visão de mundo. Todos nós temos nossas próprias motivações, anseios e desejos e, de acordo com isso, escolhemos diferentes formas para satisfazê-los.

A importância do autoconhecimento no processo de busca pela satisfação

Neste último parágrafo tivemos a oportunidade de observar o quanto o nível de satisfação varia de pessoa para pessoa, ou seja, faz parte de algo que está no íntimo de cada um, cabendo a cada indivíduo entender e ter clareza sobre aquilo que mais lhe traz plenitude na vida. 

Por esta razão é tão importante desenvolver o autoconhecimento, porque é através dele que conseguimos entender com profundidade tudo isso que está em nosso íntimo, tendo, assim, subsídios para avaliar e responder o que verdadeiramente nos traz satisfação e felicidade nesta vida, seja no âmbito pessoal ou no profissional. 

Diante disso, buscar compreender quem você é, quais são suas principais habilidades, competências, motivações, o que te faz sorrir, ou te deixa triste, entre diversos outros pontos, vai te conduzir ao caminho do pleno conhecimento de si mesmo. Além disso, é essencial também descobrir seus pontos de melhoria, em quais aspectos você precisa se desenvolver, pois a partir disso, você conseguirá formular o que deseja conquistar para, de fato, encontrar a satisfação.VOCÊ É FELIZ?

Perguntas poderosas para desenvolver o autoconhecimento

Neste processo, uma ferramenta que tem fundamental importância são as perguntas poderosas, que nada mais são do que questionamentos verdadeiramente eficientes, que te ajudarão a refletir sobre si mesmo e entender melhor quem realmente você é na essência.

Abaixo, compartilho algumas destas perguntas, que você pode se fazer, para que, dessa maneira, seja possível você dar início ao seu processo de autoconhecimento e automaticamente de satisfação com a vida. Confira:

  • Quem eu sou na essência?
  • O que realmente e verdadeiramente me deixa pleno (a), feliz e satisfeito (a)?
  • Quais são minhas principais competências e habilidades?
  • Quais são meus pontos de melhoria? Em quais aspectos preciso ainda melhorar?
  • O que eu preciso fazer para trabalhar estes pontos de melhoria?
  • Quais metas, sonhos e objetivos, que ao serem realizados, me transformarão em uma pessoa realmente feliz e satisfeita?
  • Qual o nível de satisfação que tenho hoje com o meu trabalho?
  • Qual a minha missão de vida? 
  • Estou satisfeito (a) com as circunstâncias atuais da minha vida?
  • Pensando em todos os aspectos da minha vida, ela está como eu desejo?
  • Quais mudanças precisam ser realizadas para que eu me sinta realmente satisfeito (a)?

Acredito que a partir de tais perguntas você já conseguirá encontrar um caminho, não só para se entender melhor, mas também para dar início ao seu processo de transformação e de busca pela satisfação que tanto almeja. Comece agora e depois conte-me nos comentários, como tem sido esta experiência!

Insatisfação – um convite a sair da zona de conforto

Para alguns profissionais basta ter um emprego que lhe garanta um salário no final de cada mês. Para outros, é importante ter expectativas de crescimento na carreira e possibilidades reais de progressão.

Neste sentido, podemos dizer que a insatisfação também é uma fonte de mudanças. Ela nos leva a sairmos da zona de conforto e a realizar aquilo que realmente nos faça mais felizes com as nossas escolhas.

insatisfação serve como uma espécie de alerta de que algo não vai bem e que aquilo que estamos fazendo está indo contra os nossos valores. Sem estes sinais, tendemos a permanecer fazendo sempre as mesmas coisas e obtendo sempre os mesmos resultados.

Tanto na vida profissional, quando não estamos satisfeitos com nosso trabalho, quanto na vida pessoal, quando um relacionamento amoroso não vai bem, por exemplo, é importante ter mecanismos que apontem tais insatisfações e nos guiem para as mudanças que trarão mais qualidade à nossa existência.

Por isso, é importante, de vez em quando, fazer perguntas poderosas e, com isso, reavaliar como está seu grau de satisfação com suas conquistas. Que tal começar a fazer isso agora?

Para iniciar, responda: De 0 a 10, o quanto você está satisfeito (a) com sua vida profissional, pessoal, amorosa, financeira, familiar e espiritual? E, o quanto você está satisfeito (a) com a atenção que dá à sua saúde, seus filhos, amigos, pais, comportamentos e atitudes?

Tenho certeza que estas respostas lhe trarão boas reflexões. Com isso, ouse descobrir as demais respostas e buscar atingir a satisfação que você merece ter, em todos os setores de sua vida. Permita-se ter uma jornada mais plena, satisfeita e equilibrada. Descubra o que é satisfação para você!

Gostou do texto, Ser de Luz? Quais caminhos você percorre em sua vida, para encontrar a satisfação plena? Deixe a sua reflexão sobre este tema nos comentários, para que possamos, juntos, discutir o assunto. Lembre-se também de continuar acompanhando meus conteúdos diários e de compartilhar os artigos que lê aqui com seus amigos, em suas redes sociais! Até a próxima leitura! 

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/o-que-e-satisfacao/

BAIXAR O PDF
close-link