Confira com Tiago Curcio,  coach da Casule!

Saiba o que fazer.

Facebook ☛ http://facebook.com/clinicacasule
Instagram ☛ http://instagram.com/clinicacasule

Conheça o nosso site ↴
https://casule.com

Meu Blog ↴
https://casule.com/blog #casule

Whatsapp ↴
https://casule.com/yzap

Assine o nosso canal! e saiba como ter mais saúde mental e uma vida mais feliz! Gostou do vídeo?
Curta, compartilha e assine o canal pra não perder o que vem por ai! Ser feliz faz parte da vida!
Sonhe, mude de atitude, cuide da sua felicidade!

Assine o Canal de graça e receba as dicas de coaching, fonoaudiologia, nutrição e psicologia sem frescura toda semana!

Confira com Tiago Curcio,  coach da Casule!

Saiba o que fazer.

Facebook ☛ http://facebook.com/clinicacasule
Instagram ☛ http://instagram.com/clinicacasule

Conheça o nosso site ↴
https://casule.com

Meu Blog ↴
https://casule.com/blog #casule

Whatsapp ↴
https://casule.com/yzap

Assine o nosso canal! e saiba como ter mais saúde mental e uma vida mais feliz! Gostou do vídeo?
Curta, compartilha e assine o canal pra não perder o que vem por ai! Ser feliz faz parte da vida!
Sonhe, mude de atitude, cuide da sua felicidade!

Assine o Canal de graça e receba as dicas de coaching, fonoaudiologia, nutrição e psicologia sem frescura toda semana!

12 Tipos de reunião que você deve eliminar na sua gestão

12 Tipos de reunião que você deve eliminar na sua gestão

Embora sejam importantes para a estruturação dos projetos, tomada de decisões e planejamento, o fato é que existem tipos de reunião que verdadeiramente deveriam ser abolidas da agência de uma empresa. Isso é o que também mostra uma pesquisa realizada pela Harvard Business Review e que constatou que 67% das reuniões realizadas são consideradas improdutivas enquanto que 15% destes encontros são tidos como total perda de tempo.

Isso mostra como uma ferramenta positiva, quando usada de forma errada, pode se tornar uma inimiga da empresa ao invés de uma aliada do negócio e se transformar num fator a mais de perda de tempo e produtividade. Para evitar que isso aconteça, afinal, tempo é dinheiro, eu resolvi falar dos doze tipos de reuniões que sua empresa deve abolir definitivamente das suas práticas e cultura corporativa já.

12 Tipos de Reunião que deve eliminar da sua empresa

Saber identificar se a sua empresa também está fazendo reuniões improdutivas é o primeiro passo para mudar esta situação e criar formas mais efetivas de reunir as pessoas e as ideias em prol do crescimento do negócio. Continue lendo, veja quais os piores tipos de reunião e saiba como livrar-se delas.

1 – Sem pauta

Reuniões sem temas pré-definidos são uns dos principais motivos para a perda de tempo nas organizações. Se quem convoca a reunião não apresenta as razões para o encontro e, muito menos, quais são os assuntos que serão tratados, a equipe chega despreparada, perdida e sem saber ao certo como poderá agregar.

2 – Sem Foco

É quando a todo o momento o grupo acaba fugindo do tema principal e começa a discutir assuntos que nada tem a ver com o tema central. Um exemplo é reunir o departamento financeiro para falar dos custos mensais da empresa e, do dada, alguém começar a reclamar de problemas administrativos, como a demora em trocar uma lâmpada queimada. É preciso ter timing e bom senso, para levantar apenas os assuntos pertinentes.

3 – Com as pessoas erradas

Não fazer a seleção dos profissionais que serão convidados para a reunião é um dos motivos que provoca a perda de foco. Para que o encontro seja proveitoso é importante ser inteligente e estratégico e chamar apenas as pessoas-chave, ou seja, aqueles colaboradores que realmente estão em sintonia e dominam o assunto a ser tratado. Se for tratar da nova campanha de marketing, chame os profissionais da equipe de marketing e não os do RH, por exemplo.

4 – Centralizadoras

Para quê reunir sua equipe se apenas você pode falar e expor suas ideias? A reunião é o momento dos seus colaboradores trazerem ideias, soluções, inovações, contribuir para a empresa crescer e não o seu palco. Portanto, dê espaço para que todos possam se expressar e dar suas contribuições e feedbacks e deixe seu ego de lado.

5 – Sem fim

São aquelas reuniões com hora para começar, mas que só Deus sabe quando irão acabar. Este tipo de reunião é àquela onde todos falam sobre tudo, apontam problemas e soluções, mas em que nunca se chega a nenhuma conclusão em definitivo, ou seja, a uma tomada de decisão efetiva. Além de muito cansativa, este modelo é um dos mais improdutivos, pois tira o colaborador de seu posto de trabalho por horas e ainda não resulta em nada.

6 – Em desacordo com os valores da empresa

São reuniões em que o tema não agrega valor e conhecimentos nenhum para a equipe. Quando o tema abordado está em desacordo com os valores, missão e visão da empresa. O líder que irá ministrar a reunião, precisa saber, de forma mais profunda, sobre o tema que ele irá falar e sobre quais são suas ideias.

7 – Despreparadas

Uma pessoa despreparada para falar em público e para uma equipe, quando chega perante os seus colaboradores e não tem desenvoltura e amplo conhecimento sobre o tema, dificilmente eles irão se interessar. Por isso, ao escolher o profissional que fará a reunião em sua organização, dê preferência para aqueles que tenham um trabalho congruente e que são realmente bons e preparados para isso.

8 – Temas irrelevantes

A reunião pode ter um tema bastante ligado ao negócio, como sobre vendas, por exemplo, ou ser mais abrangente, como no caso das motivacionais. Porém, é fundamental que ela cause interesse nos expectadores, que no caso serão os seus funcionários. Escolha um assunto que, de alguma forma, irá agregar ao trabalho e desenvolvimento de cada um deles, caso contrário a grande maioria começará a se dispersar e o investimento irá pelo ralo.

9 – Tema exaustivo e sem hora pra terminar

Esse tipo de reunião faz com que muitos colaboradores não interajam com você. Evite os assuntos exaustivos e sem fim. Quando marcar uma reunião, elenque todo o assunto a ser abordado, verifique se são pertinentes para aquela equipe e comece e termine no horário marcado.

10 – Improdutiva

A maioria das reuniões sempre deixa uma tarefa para ser executada para alguns ou toda a equipe envolvida, porém, quando não fica claro qual a tarefa que deve ser executada e o prazo de resposta, há uma grande chance dessa reunião ter sido improdutiva. Visando resolver esta questão, é interessante reservar uns 5 minutinhos no final da reunião para repassar as pendências, mesmo que elas sejam enviadas posteriormente.

11 – Só para cumprir protocolos

Coisa de gerente!!! Muitos fazem a reunião só para mostrar que estão trabalhando, tanto para os subordinados, quanto para os superiores. As reuniões são feitas por eles por ser uma rotina em empresas. “Se todos fazem eu também vou fazer”.

12 – Lugares fechados, celular ligado e muita gente circulando

Esse é o tipo de reunião que todos estão correndo e evitando, ainda mais se a presença não for obrigatoriedade. Reuniões onde todos os participantes usam e abusam do celular, sem focar 100% no assunto, decididamente não são reuniões importantes. Mais se parecem com reuniões somente para cumprir protocolos. E assim vão procrastinando e postergando as tomadas de decisões.

Agora que você sabe quais são os tipos de reunião que a sua empresa deve evitar, busque o quanto antes colocar estas dicas em prática de modo a otimizar os resultados dos seus encontros e fazê-los surtir os efeitos desejados.

Deixe seu Comentário.

Fonte: https://www.jrmcoaching.com.br/blog/5-tipos-de-reuniao/

Pessoa Exigente no Trabalho – Como Ela Pode te Inspirar a Ir Além?

Pessoa Exigente no Trabalho – Como Ela Pode te Inspirar a Ir Além?

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/pessoa-exigente-no-trabalho/

Sim, lidar com uma pessoa exigente no dia a dia da empresa pode ser bastante desafiador! Porém, se você olhar pelo viés positivo, esta é uma grande oportunidade também de ampliar seus próprios padrões de qualidade pessoal e profissional e para elevar o seu nível de sucesso no que se refere aos aspectos que você precisa e ainda pode melhorar.

No trabalho, por exemplo, ter um líder rigoroso, que cobra com veemência uma boa entrega de sua equipe, ajuda os profissionais a desenvolverem melhor as suas tarefas. Isso, se aliado a um ambiente positivo, de respeito e que dispõe dos recursos necessários, potencializa muito mais o alcance das metas do que um lugar onde o chefe é mais distante da equipe e deixa tudo muito solto.

Como Crescer com uma Pessoa Exigente?

A grande questão é que muitas vezes a exigência é confundida com falta de educação ou de bom senso e respeito. Bem, como sabemos até mesmo um atleta de ponta, precisa ser exigido e das cobranças do seu treinador para dar o seu melhor e vencer. Na empresa a lógica é a mesma, o líder é o coach do time. Assim, quando ele eleva suas metas e expectativas, os profissionais têm também a chance de crescer profissionalmente, pois com os novos desafios vêm os novos aprendizados e oportunidades de crescimento na empresa.

Mas claro que tudo depende diretamente de como as cobranças são feitas, pois uma pessoa exigente, que sabe cobrar com respeito, motivar e reconhecer o seu grupo é sempre muito bem-vinda. Por outro lado, quando o gestor impõe níveis de exigência irracionais e incongruentes com as possibilidades reais da sua equipe, isso acaba minando sua motivação, derrubando a produtividade e aumentando o turnover, pois ninguém quer sentir-se o elo fraco e incapaz de conquistar as metas.

Portanto, se você tem em seu trabalho um chefe ou colega muito exigentes, olhe estas pessoas não apenas como cobradores de plantão, mas como parâmetros. Busque nestes profissionais uma inspiração positiva, ou seja, elencar qualidades delas que podem favorecer em seu próprio crescimento na empresa e com o aumento progressivo da qualidade e entrega do seu trabalho.

Pense em seu potencial ainda inexplorado e como exigir-se um pouco mais pode melhorar a sua produtividade, automotivação e aumentar as suas chances de ser promovido, por exemplo. Então, defina seus padrões de autoexigência, estipule metas e objetivos com prazos, organize suas demandas profissionais e esteja 100% comprometido com o seu sucesso. Boa sorte!

Fonte: http://www.jrmcoaching.com.br/blog/pessoa-exigente-no-trabalho/

 

BAIXAR O PDF
close-link